Dez macacos tiveram que respirar gases diesel por horas em testes na Alemanha

Durante quatro horas, dez macacos presos em uma pequena jaula de vidro, foram expostos aos gases de motores a diesel nas experiências financiadas por três fabricantes automobilísticos alemães. A conclusão é de um relatório publicado nesta quinta-feira (1º) pelo jornal alemão Bild Zeitung.

O relatório do laboratório que realizou a experiência para a Associação Europeia de Estudos sobre a Saúde e o Meio Ambiente no Transporte (EUGT) – financiada pela Volkswagen, BMW e Daimler – mostra que os gases de escape da combustão dos motores a diesel eram introduzidos através de tubos na jaula onde estavam os animais.

Os macacos, que segundo o relatório sofriam de “estresse”, assistiam durante as experiências – realizadas em maio de 2015 – a filmes de animação para que relaxassem, segundo o jornal.

Além disso, foi introduzido neles um endoscópio especial pelo nariz ou pela boca até aos brônquios. Eles também eram submetidos a exames de sangue, de acordo com o resumo que o jornal publica do relatório de 58 páginas, ao qual assegura ter tido acesso.

Os animais foram expostos aos gases de combustão de um Volkswagen Beetle de 2013 e de uma van Ford de 1997 com o objetivo de demonstrar que os do primeiro eram mais limpos, mas os resultados não foram os esperados, segundo o jornal.

Na segunda-feira passada, dois jornais alemães, Süddeutsche Zeitung e Stuttgarter Zeitung, revelaram o escândalo das experiências com animais realizadas pela EUGT nos Estados Unidos para supostamente demonstrar que as emissões do novo diesel não eram tão nocivas para a saúde.

Os jornais asseguraram ainda que também tinham sido realizadas experiências com humanos com o mesmo propósito.

O então responsável do conselho de investigação da EUGT, Helmut Greim, declarou à revista Der Spiegel que os fabricantes automobilísticos “naturalmente sabiam das experiências” e assegurou que “não fizeram nenhuma objeção“.

O presidente da Volkswagen, Matthias Müller, afirmou na segunda-feira (29), após saber da notícia, que os testes foram “repugnantes e antiéticos” e considerou que demonstram que a sua empresa e a indústria devem enfrentar de maneira “mais séria e sensível as questões éticas”.

Müller reconheceu que alguns funcionários da Volkswagen tinham informações sobre as polêmicas experiências e anunciou uma investigação interna.

A Volkswagen afastou temporariamente o porta-voz, Thomas Steg, pela sua relação com o caso “até que se esclareça completamente o ocorrido”. “O senhor Steg declarou que assume toda a responsabilidade. Eu respeito isso”, disse Müller.

Steg tinha reconhecido em entrevista que foi informado por e-mail que a EUGT pretendia experimentar também com humanos e assegurou que rejeitou a possibilidade. No entanto, admitiu que foram realizadas experiências com macacos nos quais, segundo disse, “foram respeitados os padrões científicos internacionais”.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oceano de magma revela que a Lua surgiu milhões de anos antes do imaginado, diz estudo

O magma fundido que cobria a Lua ao se formar levou "quase 200 milhões de anos" para se solidificar em rocha de manto, 85 milhões de anos depois da data de consenso, mostra estudo alemão. Uma …

Vacina da Moderna mostra resultado e vai para fase final de testes

Candidata a vacina gera anticorpos e é bem tolerada por participantes, afirma empresa americana. A partir de 27 de julho, 30 mil pessoas vão participar da fase final e decisiva dos ensaios clínicos nos Estados …

Maior educação feminina e controle da natalidade farão população mundial crescer menos

A população mundial deve começar a encolher na segunda metade do século 21, atingindo 8,8 bilhões em 2100, cerca de 2 bilhões a menos do que previa a ONU. O estudo foi publicado nesta …

Museu da Língua Portuguesa lança projeto que usa a palavra para lidar com as dores da pandemia

A palavra não é somente nossa maior ferramenta de comunicação e um dos principais instrumentos para a criação humana – ela pode ser também um remédio. Usar a palavra para curar nossos males e dores é …

Estudo indica que imunidade ao coronavírus é temporária

Pesquisadores britânicos monitoraram os níveis de anticorpos contra a covid-19 em 90 pacientes recuperados. Resultados sugerem que o contato com o vírus só fornece imunidade por alguns meses, como no caso da gripe. Pacientes que se …

Essa é a explosão mais forte na história do universo e acabou de ser detectada

A maior explosão no Universo desde o Big Bang foi descoberta, localizada no aglomerado de galáxias Ophiuchus a milhões de anos-luz de distância de nós. O evento liberou cinco vezes mais energia do que a …

Encontradas espécies que vivem em 'deserto marinho' no oceano Pacífico

Cientistas usaram a oportunidade de visitar o sul do oceano Pacífico para retirar amostras de uma área oceânica particularmente pobre em vida, lançando luz sobre uma região marinha inóspita. Pesquisadores alemães do Instituto Max Planck de …

Polícia alemã tenta capturar "Rambo da Floresta Negra"

As autoridades de segurança do estado alemão de Baden-Württemberg estão conduzindo nesta segunda-feira (13/07) uma megaoperação para capturar um fugitivo armado com pistolas e um arco e flecha que se esconde na Floresta Negra, no …

Rio começa a implementar sistema de iluminação inteligente

O conceito de smart cities está por aí há anos e nas últimas temporadas tem se tornado cada vez mais uma realidade no Brasil, graças aos avanços tecnológicos. O Rio de Janeiro é mais uma …

Coágulos sanguíneos em “quase todos os órgãos” de pacientes que morrem de Covid-19

Pesquisas de autópsias em pacientes com Covid-19 mostraram coágulos sanguíneos presentes não exclusivamente nos pulmões, mas sim em “quase todos os órgãos”, afirmou uma patologista da Universidade de Nova York à CNN na última semana. A …