Dono da JBS grava Temer autorizando compra de silêncio de Cunha; presidente nega

Lula Marques/ Agência PT

Michel Temer durante pronunciamento a imprensa em Brasília

Michel Temer durante pronunciamento a imprensa em Brasília

O presidente Michel Temer foi gravado por um dos proprietários da JBS, Joesley Batista, autorizando a compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, preso por participar do escândalo de corrupção revelado pela Operação Lava Jato, afirmou nesta quarta-feira o jornal “O Globo”.

Na frente de Joesley Batista, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha (PMDB-PR) para resolver um problema da holding J&F Investimentos, que controla a JBS, segundo O Globo. Posteriormente, Rocha foi filmado recebendo uma maleta com R$ 500 mil enviados pelo proprietário da JBS.

Nesse encontro, Michel Temer também ouviu do empresário que Joesley fazia pagamentos mensais a Cunha na prisão para que o ex-presidente da Câmara dos Deputados permanecesse em silêncio.

Segundo O Globo, com base na gravação, Temer disse: “Tem que manter isso, viu?

O jornal O Globo informa que Joesley Batista e seu irmão, Wesley, proprietários da JBS, tentam fechar um acordo de delação premiada com a Justiça como já fizeram 77 ex-diretores do grupo Odebrecht, também envolvido no escândalo da Lava Jato.

Temer já foi citado em vários dos depoimentos dados pelos ex-diretores da Odebrecht, mas a lei impede que o presidente seja investigado por fatos ocorridos antes de seu mandato.

Em outra das gravações feita pelos irmãos Batista, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi registrado pedindo R$ 2 milhões. O dinheiro foi entregue a um primo do ex-candidato à presidência derrotado nas últimas eleições em um jantar que foi filmado pela Polícia Federal.

O dinheiro foi rastreado e localizado em uma empresa do senador Zezé Perrella, do mesmo partido de Aécio Neves.

Joesley Batista relatou que o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, também investigado na Lava Jato, era seu contato no PT. Segundo o empresário, com Mantega eram negociados as propinas distribuídas aos petistas e aos aliados dos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Além disso, Joesley revelou que pagou R$ 5 milhões a Eduardo Cunha depois que o ex-deputado foi preso. O empresário ainda devia R$ 20 milhões a Cunha pela tramitação de uma lei de incentivo fiscal para o setor de frango.

Nota do planalto

Em nota divulgada pelo Planalto ontem, o presidente Michel Temer confirmou que esteve com o empresário da JBS, mas que “jamais” tentou evitar a delação de Eduardo Cunha.

“O presidente Michel Temer jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar”, diz trecho da nota.

“O encontro com o empresário Joesley Batista ocorreu no começo de março, no Palácio do Jaburu, mas não houve no diálogo nada que comprometesse a conduta do presidente da República”, acrescenta a assessoria de Temer.

// EFE / /

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ausência nas eleições poderá ser justificada pelo celular

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou nesta quarta-feira (30) que a justificativa de ausência nas próximas eleições - cujas votações ocorrerão em 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno) - poderá …

"Mafalda" perde seu criador, Quino, aos 88 anos

O criador de Mafalda, o cartunista argentino Quino, morreu aos 88 anos. O icônico ilustrador e humorista marcou a vida argentina e do mundo todo com a criação da pequena menina com grandes ideias que …

Muito além de Netuno: objeto binário choca cientistas por ter partes orbitando muito perto

Um objeto transnetuniano (TNO, na sigla em inglês) binário foi detectado por uma rede de observação nos EUA. Objetos transnetunianos consistem em pequenos corpos gelados que orbitam o Sol a uma distância longínqua, para além …

Acusados de financiar terrorismo na Síria com bitcoins são detidos na França

A Procuradoria Nacional Antiterrorista (PNAT) da França anunciou a detenção nesta terça-feira (29) de 29 pessoas acusadas de transferir recursos a jihadistas na Síria graças a um circuito sofisticado no qual foram utilizadas criptomoedas. A …

Donald Trump e Joe Biden travam debate caótico

Xingamentos e interrupções marcam primeiro duelo direto. Trump se recusa a condenar racistas, e Biden chama presidente de palhaço e mentiroso. Democrata sinaliza que pretende retaliar Brasil por devastação ambiental. Faltando pouco mais de um mês …

Flight Simulator tem um bug com buraco bizarro no mapa do Brasil

Vejam só: encontraram um bug respeitável na edição 2020 de Flight Simulator, o respeitado simulador de voo da Microsoft. E, para o nosso orgulho, a falha se localiza especificamente no Brasil. Se você sobrevoar as coordenadas …

Médica fez viagem institucional para impedir aborto de criança vítima de estupro e Damares teria atuado nos bastidores

Uma reportagem da Folha de São Paulo afirmou que uma das médicas que trabalhou para impedir o aborto legal de uma criança de 10 anos que foi estuprada em São Mateus, ES, confessou, em entrevista, …

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …