Em discurso, Maduro manda OEA e Luis Almagro “pal carajo”

O Presidente de Venezuela Nicolás Maduro comentava a decisão de retirar a Venezuela da Organização dos Estados Americanos, OEA.

¡La OEA, p’al carajo!”, declarou nesta quinta-feira (27) o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ao manifestar seu orgulho com a saída do país da Organização dos Estados Americanos, que chamou de “uma entidade intervencionista”.

“Tenho orgulho de dizer que tomei a decisão de retirar nossa pátria da OEA, de libertar nossa pátria do intervencionismo. Estamos livres da OEA e jamais voltaremos!”, afirmou Maduro, chamado de “ditador” pelo secretário-geral da organização, Luis Almagro.

Caracas anunciou na quarta-feira sua saída da OEA em função de o Conselho Permanente da instituição ter convocado uma reunião de chanceleres para avaliar a grave crise política que sacode o país.

“Não reconhecemos qualquer reunião, não reconhecemos qualquer decisão da OEA. La OEA, p’al carajo! Luis Almagro p’al carajo! Fora OEA da Venezuela! A Venezuela se respeita e vamos nos fazer respeitar” – afirmou Maduro diante de uma concentração de mulheres chavistas em torno do palácio presidencial de Miraflores.

“Um secretário-geral absolutamente humilhado, sem vergonha, que está a serviço da política imperial como nenhum outro secretário-geral em 70 anos de existência da OEA. Luis Almagro é uma vergonha para a América Latina”.

Segundo Maduro, a OEA promove uma campanha para “intervir na Venezuela” sob a orientação de Washington. “Digo ao imperialismo: Já basta. Não se metam mais com a Venezuela”, disse Maduro.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …

Maduro diz estar disposto a negociar com oposição

Declaração é feita após líder oposicionista Juan Guaidó propor diálogo mediado por comunidade internacional. Noruega já estaria em contato com regime e oposição. O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta quarta-feira (12/05) que está disposto …