Maior organização de escoteiros dos EUA declara falência após processos de abuso sexual

O grupo Boys Scouts of America, principal movimento de escoteiros dos Estados Unidos, apresentou um pedido de falência nesta terça-feira (18), em um esforço para salvaguardar as indenizações às vítimas de abuso sexual, afirma um comunicado.

O procedimento de falência ajudará a “compensar de forma equitativa” as vítimas por meio da criação de um “fundo de compensação” e permitirá que a organização Boys Scouts of America (BSA) continue operando a nível local, indica o texto.

“A BSA se preocupa profundamente com todas as vítimas de abuso e pede sinceras desculpas a qualquer pessoa que tenha sido prejudicada durante sua permanência entre os escoteiros”, afirmou o presidente-executivo Roger Mosby no comunicado.

Com 110 anos de história e 2,2 milhões de integrantes com idades entre 5 e 21 anos, a BSA foi acusada de acobertar abusos contra milhares de jovens durante gerações e de não ter feito o suficiente para expulsar os pedófilos da organização.

Mais de 12 mil integrantes foram vítimas de abuso desde 1944, afirmou no ano passado o advogado Jeff Anderson, que citou mais de 7.800 abusadores dentro da organização.

A existência dos dados figura no que foi chamado de “arquivos da perversão”, revelados pela primeira vez em um processo judicial de 2012.

Além disso, a organização admitiu que sua resposta aos escândalo foi “claramente insuficiente, inapropriada ou equivocada”. Também indicou ter iniciado uma revisão de seus procedimentos para proteger os integrantes.

“A BSA tem hoje algumas das políticas mais sólidas de proteção aos jovens, com a assessoria de especialistas que podem ser encontrados em qualquer organização que serve aos jovens, incluindo uma capacitação obrigatória de proteção à juventude e a verificação de antecedentes para todos os voluntários e funcionários”, afirma a organização no comunicado.

“Abused in Scouting”, uma rede de escritórios de advocacia que representa as vítimas, considerou que a declaração de falência poderia significar o fim do grupo BSA.

A organização calcula passivos de até US$ 1 bilhão, de acordo com documentos apresentados ao tribunal nesta terça-feira.

O Conselho Nacional da BSA e os conselhos locais afiliados têm ativos que alcançam US$ 5 bilhões, incluindo imóveis, de acordo com uma reportagem do The Wall Street Journal publicada no mês passado.

Os conselhos locais possuem quase dois terços dos ativos da organização, que, segundo o WSJ, poderiam ser protegidos dos credores durante o processo de falência, limitando sua exposição às ações de abuso sexual.

O plano de falência foi discutido pela primeira vez em 2018, segundo o jornal, em consequências dos problemas causados pela diminuição do número de membros e o aumento dos custos.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Chantilly: em dificuldades finaceiras, um dos mais belos castelos da França pede socorro

A pandemia e o fim da ajuda de um poderoso mecenas colocam em risco o futuro de uma das propriedades mais majestosas da França, o castelo de Chantilly, ao norte de Paris. A reportagem …

Como fumantes de longa data pararam de fumar usando cogumelos mágicos apenas 3 vezes

É mais difícil largar do cigarro do que da heroína, dizem alguns. Mas pesquisadores da Johns Hopkins relataram que um pequeno número de fumantes de longa data que falharam em muitas tentativas de abandonar o …

Gangorra que uniu imigrantes no muro da fronteira dos EUA ganha prêmio

Lembra das gangorras que permitiram que famílias mexicanas brincasse de lados opostos do muro da fronteira EUA-México? O projeto das três gangorras ganhou o prêmio “Design do Ano 2020” pelo Museu de Londres. O arquiteto norte-americano …

Irã diz ter batido recorde de exportação de derivados de petróleo apesar das sanções dos EUA

O Irã bateu recorde de exportação de derivados de petróleo apesar das sanções impostas pelos Estados Unidos, declarou o ministro do Petróleo da República Islâmica, Bijan Zangeneh, nesta sexta-feira (22). Durante o 25º Show Petrolífero do …

A ameaça de epidemia que surge de nova espécie de mosquito Aedes detectada pela 1ª vez nas Américas

Durante a noite de 18 de junho de 2019, na base americana em Guantánamo, Cuba, um intruso foi pego por uma armadilha. A base é conhecida como um lugar onde os EUA aprisionam, por tempo indeterminado …

Homem é preso por tossir em policial que perguntou se ele tinha covid-19

O britânico Casey Saint foi condenado a 11 meses de prisão após tossir no rosto de um policial durante a pandemia do novo coronavírus. O morador de Bury St Edmunds, na Inglaterra, estava fazendo uma festa …

Astrônomos encontram "embrião" de planeta em formação a 330 anos-luz da Terra

Uma equipe de astrônomos encontrou algo que parece ser um planeta embrionário, girando em torno de sua estrela, bem pertinho dela, completando uma volta a cada mês. A estrela em questão é a HD 163296, que …

Físico propõe mega-satélite povoado por humanos orbitando Ceres

O físico Pekka Janhunen, do Instituto Meteorológico Finlandês, desenvolveu uma nova ideia para colonizar um lugar diferente da Terra, e não é a lua ou Marte. Em vez disso, Janhunen está sugerindo em um artigo publicado …

Biden promete "esforço de guerra" contra covid-19

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, divulgou nesta quinta-feira (21/01) o plano de resposta de seu governo à pandemia de covid-19, que inclui dez decretos. A estratégia amplia iniciativas que já haviam sido antecipadas …

'Não teremos escolha': Google adverte que pode bloquear seu mecanismo de busca na Austrália

Governo australiano trabalha em uma nova lei que deve governar as relações entre os meios de comunicação e as gigantes que dominam a Internet, entre as quais se destacam Google e Facebook. O Google anunciou nesta …