Maior organização de escoteiros dos EUA declara falência após processos de abuso sexual

O grupo Boys Scouts of America, principal movimento de escoteiros dos Estados Unidos, apresentou um pedido de falência nesta terça-feira (18), em um esforço para salvaguardar as indenizações às vítimas de abuso sexual, afirma um comunicado.

O procedimento de falência ajudará a “compensar de forma equitativa” as vítimas por meio da criação de um “fundo de compensação” e permitirá que a organização Boys Scouts of America (BSA) continue operando a nível local, indica o texto.

“A BSA se preocupa profundamente com todas as vítimas de abuso e pede sinceras desculpas a qualquer pessoa que tenha sido prejudicada durante sua permanência entre os escoteiros”, afirmou o presidente-executivo Roger Mosby no comunicado.

Com 110 anos de história e 2,2 milhões de integrantes com idades entre 5 e 21 anos, a BSA foi acusada de acobertar abusos contra milhares de jovens durante gerações e de não ter feito o suficiente para expulsar os pedófilos da organização.

Mais de 12 mil integrantes foram vítimas de abuso desde 1944, afirmou no ano passado o advogado Jeff Anderson, que citou mais de 7.800 abusadores dentro da organização.

A existência dos dados figura no que foi chamado de “arquivos da perversão”, revelados pela primeira vez em um processo judicial de 2012.

Além disso, a organização admitiu que sua resposta aos escândalo foi “claramente insuficiente, inapropriada ou equivocada”. Também indicou ter iniciado uma revisão de seus procedimentos para proteger os integrantes.

“A BSA tem hoje algumas das políticas mais sólidas de proteção aos jovens, com a assessoria de especialistas que podem ser encontrados em qualquer organização que serve aos jovens, incluindo uma capacitação obrigatória de proteção à juventude e a verificação de antecedentes para todos os voluntários e funcionários”, afirma a organização no comunicado.

“Abused in Scouting”, uma rede de escritórios de advocacia que representa as vítimas, considerou que a declaração de falência poderia significar o fim do grupo BSA.

A organização calcula passivos de até US$ 1 bilhão, de acordo com documentos apresentados ao tribunal nesta terça-feira.

O Conselho Nacional da BSA e os conselhos locais afiliados têm ativos que alcançam US$ 5 bilhões, incluindo imóveis, de acordo com uma reportagem do The Wall Street Journal publicada no mês passado.

Os conselhos locais possuem quase dois terços dos ativos da organização, que, segundo o WSJ, poderiam ser protegidos dos credores durante o processo de falência, limitando sua exposição às ações de abuso sexual.

O plano de falência foi discutido pela primeira vez em 2018, segundo o jornal, em consequências dos problemas causados pela diminuição do número de membros e o aumento dos custos.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coronavírus poderia ser a 1ª de muitas outras pandemias futuras, adverte cientista

Apesar do registro de mais de um milhão de infectados à escala mundial, a doença poderia ser suplantada por patologias bem mais perigosas. Comparando com as doenças que poderiam reaparecer como resultado do aquecimento global, o …

Pesquisadores portugueses revelam que os neandertais foram pioneiros na exploração de recursos marinhos

Um novo estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Lisboa (Portugal) descobriu que a familiaridade dos hominídeos com o mar e os seus recursos é muito mais antiga do que se pensava – ao que …

Filipinas: presidente Duterte diz que polícia deve matar quem perturbar confinamento

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse que as forças de ordem podem abater qualquer pessoa que provoque “transtornos” nas regiões onde o confinamento da população foi decretado. As autoridades do país tentaram minimizar as declarações …

Evangélicos fazem coro com Bolsonaro e negam riscos do coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro gosta de copiar o seu ídolo americano, Donald Trump – da suposta inofensividade do coronavírus até os poderes de cura de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina, passando pela teoria da conspiração …

'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália

Os dois países se envolveram em uma disputa diplomática depois que parte das máscaras com destino a outros países vindas da China foram retidas em cidades francesas. As autoridades francesas apreenderam milhões de máscaras que uma …

Sobrevivente da 2ª Guerra e Gripe Espanhola se cura do coronavírus ao 104 anos

Depois da Segunda Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola, a nova inimiga do soldado aposentado William ‘Bill’ Lapschies, nascido em Salem em 1916, foi a Covid-19 – e ele venceu a batalha! Aos 104 …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

UE teme que política autoritária adotada na Hungria por causa do coronavírus tenha efeito dominó no bloco

Em nome da luta contra o novo coronavírus, a Hungria estabeleceu estado de emergência e concedeu poderes ilimitados ao governo de Viktor Orbán. A Europa condena o uso político da pandemia da Covid-19 e …

Grécia põe campo de refugiados em quarentena após infeção

Autoridades confirmam ao menos 20 infecções, todas sem sintomas. Exames foram feitos após uma mulher que deu à luz ter testado positivo para o novo coronavírus no hospital. A Grécia colocou em quarentena o campo de …

Bactérias em rochas a 6 km de profundidade no Pacífico reacendem esperanças de vida em Marte

Bactérias unicelulares recém-descobertas nas profundezas marinhas deram aos investigadores pistas sobre como podem encontrar vida em Marte. A novidade científica foi anunciada hoje (2) no portal SciTechDaily em um artigo da Universidade de Tóquio, Japão. Estas …