Estudante insatisfeito com apagamento racial cria guia de doenças associadas com pele negra

Um estudante de medicina negro decidiu transformar seu universo acadêmico. Desde o primeiro dia de aula na Universidade de Londres, Malone Mukwende, um zimbabuano de 20 anos que vive na Inglaterra, percebeu que a literatura médica sobre problemas de pele não incluía aspectos da cútis preta.

“Como seria a aparência disso em peles mais escuras?”, pensou por diversas vezes. A resposta veio em forma de livro com “Mind The Gap – Um manual de sinais clínicos na pele preta e marrom” (em tradução livre do original “Mind The Gap – A handbook of clinical signs in black and brown skin”), livro que ele mesmo escreveu.

A inspiração para o nome do projeto veio dos avisos sonoros do metrô londrino, que chama a atenção do usuário para o espaço entre o trem e a plataforma.

A medicina ocidental, ensinada nas universidades, foi pautada por parâmetros brancos — assim como toda a construção social que conhecemos. Por conta da opressão do povo negro, com todo tipo de segregação racial, em muitos lugares do mundo foram anos até que negros pudessem frequentar universidades, e sabemos que, até hoje, a entrada de pessoas pretos no Ensino Superior ainda é um fato a ser muito celebrado. Ainda mais em um curso tradicional como a Medicina.

Um dos resultados disso é a falta de informações específicas para o corpo negro, principalmente na área estudada por Mukwende. “Eu notei que havia uma falta de ensino sobre tons de pele mais escuros e como certos sintomas aparecem diferentemente naqueles que não são brancos”, contou o estudante, que terminou recentemente o segundo ano da graduação, ao “Washington Post”.

Ele observou que tudo aquilo que ele estava aprendendo pouco focava no tom de pessoas como ele, negro de pele escura. Um pequeno machucado ou um qualquer tipo de reação física manifestada na pele não seria visto nele da forma como pregavam os livros. “Ficou claro para mim que certos sintomas não apresentariam o mesmo em minha própria pele”, reflete.

Foi quando ele decidiu colocar o projeto “Mind The Gap” em prática. Mukwende foi conversar com amigos e expôs suas reflexões para um de suas professora, Margot Turner, responsável pelo setor de diversidade e educação médica, que não precisou se esforçar para ser convencida da necessidade de diminuir essa lacuna literária.

A obra saiu com a ajuda de outro professor, Peter Tamony. Os três assinam a autoria do trabalho, lançado pela editora da universidade.

Nossos métodos de ensino eram injustamente desvantajosos e ‘diferenciavam’ os alunos de grupos étnicos negros e minoritários. Outra questão era sobre a segurança do paciente. Estamos treinando adequadamente nossos alunos para serem profissionais de saúde competentes, capazes de detectar sinais clínicos importantes em todos os grupos de pacientes?”, questiona o professor.

Entre os problemas de saúde levados em consideração no livro estão o câncer de pele, a meningite, psoríase a doença de Kawasaki, que provoca erupções vermelhas na pele branca, dificilmente identificadas em tons de pele mais escuros.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …