EUA estão próximos de conduzir 1º voo de teste de novo míssil hipersônico, diz mídia

A emissão de alertas da Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) sugere que o primeiro teste de voo do míssil hipersônico AGM-183A, da Força Aérea dos EUA, está muito próximo de ocorrer.

Além disso, a recente chegada do navio de medições USAV Worthy e de uma aeronave WB-57F, que pode ser configurada para ajudar na coleta de dados de testes de mísseis, também indicam um lançamento iminente, segundo o portal The Drive.

No dia 27 de março, a FAA emitiu avisos aos aeronavegantes (NOTAM, na sigla em inglês), restringindo o espaço aéreo no oceano Pacífico, próximo da antiga base da aviação naval em Point Mugu. Posteriormente, novos avisos foram emitidos sobre restrições do espaço aéreo que entrariam em vigor em 1º de abril.

Tudo isso ocorreu após a Força Aérea norte-americana anunciar, no dia 5 de março, que o primeiro teste de voo do AGM-183A devia ocorrer nos próximos 30 dias em Point Mugu.

O teste, que estava previsto para ocorrer anteriormente, acabou sendo atrasado devido à pandemia e a questões técnicas.

A emissão de alertas da Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) sugere que o primeiro teste de voo do míssil hipersônico AGM-183A, da Força Aérea dos EUA, está muito próximo de ocorrer.

Além disso, a recente chegada do navio de medições USAV Worthy e de uma aeronave WB-57F, que pode ser configurada para ajudar na coleta de dados de testes de mísseis, também indicam um lançamento iminente, segundo o portal The Drive.

No dia 27 de março, a FAA emitiu avisos aos aeronavegantes (NOTAM, na sigla em inglês), restringindo o espaço aéreo no oceano Pacífico, próximo da antiga base da aviação naval em Point Mugu. Posteriormente, novos avisos foram emitidos sobre restrições do espaço aéreo que entrariam em vigor em 1º de abril.

Tudo isso ocorreu após a Força Aérea norte-americana anunciar, no dia 5 de março, que o primeiro teste de voo do AGM-183A devia ocorrer nos próximos 30 dias em Point Mugu.

O teste, que estava previsto para ocorrer anteriormente, acabou sendo atrasado devido à pandemia e a questões técnicas.

Point Mugu e regiões adjacentes do Pacífico já foram usados para testes de voo de mísseis hipersônicos em outras ocasiões e, ao que tudo indica, deverão ser palco do primeiro teste de voo do novo projétil nas próximas 24 horas, ressalta o portal.

Os planos da Força Aérea norte-americana são ter uma arma operacional até 2022. O programa é uma das prioridades da Força Aérea, já que a arma hipersônica baseada em impulso-planagem é de fácil desenvolvimento e produção.

Esta tecnologia permite o lançamento de sistemas de planadores hipersônicos de alcance tático. Em um sistema de propulsão de impulso-planagem, um foguete acelera sua carga útil para altas velocidades. A carga útil então se separa do foguete e desliza sem energia até seu destino.

O novo projétil deve ser capaz de eliminar alvos terrestres, bem como navios de superfície. Estes projéteis supostamente serão transportados por bombardeiros B-52H.

Ciberia // Sputnik

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e aposentar as baterias no futuro

O mundo já conhece os benefícios da tecnologia 5G como a alta velocidade na transmissão de dados e baixa latência. Agora, os cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, descobriram que essas redes …

Covid: como evitar a trágica marca de 5 mil mortes por dia no Brasil?

No dia 19 de maio de 2020, o Brasil atingiu pela primeira vez a marca das mil mortes diárias por covid-19. Esse número permaneceu relativamente estável, em um patamar considerado alto, durante todo o segundo semestre …

Físicos afirmam que o universo é um computador de aprendizado de máquina

Físicos teóricos que trabalham com a Microsoft lançaram um artigo na sexta-feira afirmando que o universo é essencialmente um computador de aprendizagem de máquina (machine learning, em inglês). Os pesquisadores, vários afiliados à Microsoft, pré-publicaram um …

Mundo ainda tem países sem uma única dose de vacina

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 600 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. Mas a discrepância entre países é alta: enquanto, …

Covid: site calcula quando você será vacinado. Resultados não animam

Um grupo de voluntários chamado CoronavirusBra desenvolveu uma plataforma para calcular quando você será vacinado contra a covid-19. O ‘Quando vou ser vacinado?’ utiliza dados públicos como a média de imunizados com o número de pessoas …

Rússia inicia desenvolvimento de mais uma vacina contra COVID-19

Sendo o primeiro país a registrar uma vacina contra a COVID-19, a Rússia anunciou o início do desenvolvimento de mais uma vacina contra o coronavírus. A criação do novo medicamento estará a cargo do Instituto Smorodintsev …

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …