Facebook quer tirar fotos suas sem você saber: e, por incrível que pareça, isso é legal

O Facebook acaba de apresentar uma patente para um sistema que permitirá que a rede fotografe você sem sua permissão – e de acordo com alguns especialistas, eles têm todos os direitos legais para fazer isso.

O Facebook pediu a patente para um sistema que lhes permitiria adaptar a experiência do usuário, analisando as emoções dos usuários.

Usando a câmera frontal no laptop ou smartphone de uma pessoa, a plataforma usaria fotos temporárias do usuário para determinar sua reação emocional às histórias que vêem no site de redes sociais e ajustar o conteúdo de acordo.

A plataforma de mídia social aumentaria o conteúdo que as pessoas respondem de forma positiva e reduzem a frequência de conteúdo que eles respondem negativamente.

Mesmo que já haja tecnologia no lugar para filtrar o feed de notícias de um usuário, tomando nota de quais páginas não são seguidas e outros fatores, o novo sistema ajudaria na automação do processo.

Um porta-voz do Facebook explicou ao The Independent que a apresentação de uma patente não significa necessariamente que a tecnologia será lançada. “Muitas vezes procuramos patentes para a tecnologia que nunca implementamos e as patentes não devem ser tomadas como indicação de planos futuros”, disse.

Embora inovador, o uso de “dados de imagem passiva” coloca o Facebook em uma espécie de área cinzenta das relações públicas e da ética.

A empresa já enfrentou críticas para a segmentação de anúncios para usuários adolescentes com base em seus comentários e por produzir anúncios para determinadas condições médicas alegadamente usando histórico de busca dos usuários.

Também foi revelado em 2014 que o site realizou um experimento para ver se poderia manipular as emoções dos usuários, ajustando o feed de 700 mil usuários. À época, a rede social admitiu que “não conseguiu comunicar claramente o porquê e como nós fizemos” a pesquisa.

Houve algumas especulações sobre se o Facebook poderia enfrentar ações legais por causa da tecnologia, mas especialistas legais dizem que os regulamentos de usuários estabelecidos pela empresa podem impedir isso.

O professor de direito da Universidade de Maryland, James Grimmelmann, conversou com o International Business Times.

“Eu acho que seria muito difícil para alguém processar o Facebook com sucesso. Alguns advogados podem tentar com a esperança de negociar um acordo em dinheiro, mas o obstáculo são os próprios  termos de serviço, que dizem claramente que a rede social pode usar dados para pesquisas e não promete um feed imparcial”, afirmou o advogado.

Em sua Política de Uso de Dados, o Facebook reserva o direito de usar dados para “para operações internas, incluindo solução de problemas, análise de dados, testes, pesquisa e melhoria de serviço”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …

Macron visita Beirute devastada e cobra reformas no Líbano

Presidente francês visita local da explosão e ouve apelos por mudanças por parte da população, para quem o desastre é consequência de anos de corrupção, caos público e má gestão. O presidente da França, Emmanuel Macron, …

Após ser engolido, besouro consegue escapar do intestino dos sapos

Uma pesquisa mostrou que o besouro aquático Regimbartia attenuata tem a capacidade de sobreviver ser engolido por um sapo. Todos já ingerimos coisas que parecem querer sair correndo de dentro de nós, mas deve ser muito …

Disney+ chegará à América Latina em novembro

Ao divulgar que ultrapassou a marca de 60 milhões de assinantes, a Disney também reforçou uma informação que traz esperança a muita gente: o Disney+ deve mesmo chegar à América Latina em novembro. A informação foi …

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …