Espanha multa Facebook em 1,2 milhão de euros por usar dados sem permissão

A Agência Espanhola de Proteção de Dados (AEPD) multou o Facebook em 1,2 milhão de euros por violar as normas locais, ao constatar que a rede social recopila, armazena e usa dados com fins de publicidade sem o consentimento dos usuários.

A AEPD informou nesta segunda-feira (11) que os dados sobre ideologia, sexo, crenças religiosas, gostos pessoais e navegação são recolhidos diretamente, mediante a interação dos usuários com os serviços da rede social ou a partir de páginas de terceiros sem informar claramente sobre o uso e a finalidade dada a essas informações.

O Facebook não obtém um consentimento “inequívoco, específico e informado” dos usuários para tratar seus dados, já que as informações que oferece não são adequadas, diz a agência.

Além disso, a rede social filtra informações “especialmente protegidas” com fins de publicidade sem obter o consentimento expresso dos usuários e esses dados não são cancelados totalmente quando deixam de ser úteis ao fim para o qual foram recolhidos, nem quando o usuário solicita explicitamente sua eliminação.

A agência determinou que foram cometidas duas infrações graves e uma muito grave da Lei de Proteção de Dados e impôs ao Facebook duas sanções que somam um total de 1,2 milhão de euros.

Segundo a AEPD, a rede social recolhe outros dados derivados da interação dos usuários na plataforma e em sites de terceiros sem que estes percebam claramente as informações que o Facebook recolhe sobre eles nem com que finalidade vai utilizá-las, além de outras irregularidades.

O órgão confirmou que os usuários não são informados que suas informações serão obtidas mediante o uso de “cookies” quando navegam por páginas que não são do Facebook e que contêm o botão “curtir”.

Esta situação também ocorre quando os usuários não são membros da rede social, mas visitaram alguma vez uma de suas páginas, bem como quando usuários que estão registrados no Facebook navegam por páginas de terceiros, inclusive sem iniciar sessão no Facebook.

Segundo a AEPD, a rede social faz referência de forma imprecisa ao uso que faz dos dados que recolhe, de modo que um usuário do Facebook com um conhecimento médio sobre as novas tecnologias não chega a ser consciente da coleta de dados, nem do seu armazenamento e posterior tratamento.

Por isso, a agência concluiu que o Facebook não solicita de forma adequada o consentimento nem dos seus usuários nem daqueles que não o são, o que constitui uma infração considerada “grave”.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Autoridade de saúde da administração Trump rejeita hidroxicloroquina como tratamento para COVID-19

O responsável por coordenar a aplicação de testes de COVID-19 nos EUA afirmou neste domingo (2) que não há evidências de que a hidroxicloroquina seja um tratamento eficaz contra o novo coronavírus. O secretário assistente do …

Julho foi mês mais fatal da pandemia de covid-19 no Brasil

Com quase 33 mil vítimas, julho foi o pior mês desde as primeiras infecções com o coronavírus no país. Em São Paulo, estado mais atingido, Instituto Butantan oferece testes grátis da doença respiratória na capital. O …

Ouvidos poderiam esconder coronavírus, descobre estudo

Uma equipe de cientistas da Universidade Johns Hopkins, EUA, encontrou vestígios do novo coronavírus nos ouvidos humanos, alertando que agora as autoridades médicas precisam tomar mais cuidado. Chamado de SARS-CoV-2, o novo coronavírus poderia se esconder …

Quase humano: cérebro artificial ajuda robô a realizar tarefas complexas

Pegar uma lata de refrigerante pode ser uma tarefa simples para os seres humanos, mas isso pode ser muito complexo para um robô. Isso porque ele precisa localizar o objeto, deduzir sua forma, determinar a …

Se você fizer isso, dificilmente terá câncer por toda a vida

A Sociedade Americana de Câncer acaba de atualizar o guia de dieta e atividades físicas com o objetivo de reduzir o risco de se ter câncer ou, possivelmente não ter câncer durante toda a vida. …

Nos hospitais, 70% dos profissionais se sentem despreparados para pandemia

O conhecimento sobre a covid-19 ainda é tão pouco que os médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde estão com medo e se sentindo despreparados. Ao mesmo tempo, por conta da pandemia ainda descontrolada no …

Este chef é um verdadeiro herói no lar de idosos onde trabalha

A admiração conquistada pelo chef Kevin na casa de repouso onde trabalha em Perthshire, na Escócia, não vem apenas do sabor e da beleza de cada prato montado por ele. Cozinheiro profissional desde 1995, Kevin se …

Desafio para Starlink? Rússia prepara sua própria rede de satélites Sfera

A futura rede de conexão de alta velocidade Sfera terá mais de 200 satélites destinados à Internet das Coisas e mais de 250 aparelhos para sondar a Terra, revelou a corporação russa Roscosmos. A rede Sfera …

Mark Zuckerberg comprou Instagram por medo de ele ameaçar o Facebook

“Caso eles cresçam em grande escala, isso pode acabar sendo disruptivo para nós”, afirma Mark Zuckerberg em um e-mail enviado em fevereiro de 2012 ao então diretor financeiro do Facebook, David Eberman. Eles discutiam a compra …

Japão: vítimas da chuva radioativa de Hiroshima são finalmente reconhecidas pela Justiça

Um tribunal de Hiroshima ampliou a definição de sobreviventes de bombas atômicas para incluir na lista novas vítimas do fenômeno que ficou conhecido como "chuva negra" radioativa, que se seguiu ao bombardeio nuclear da …