Filha milionária de ex-Presidente moçambicano assassinada pelo marido

(dr) Reprodução

Valentina Guebuza, filha do ex-PR moçambicano Armando Guebuza e uma das princesas milionárias de África

Valentina Guebuza, filha do ex-PR moçambicano Armando Guebuza e uma das princesas milionárias de África

A Polícia da República de Moçambique (PRM) confirmou a morte da empresária Valentina Guebuza, filha do ex-Presidente moçambicano Armando Guebuza, e a detenção do marido, Zófimo Muiuane, por indícios de envolvimento no alegado homicídio a tiros.

“A primeira indicação que temos é de um caso autêntico de violência doméstica, que acabou desembocando, infelizmente na morte da cidadã Valentina Guebuza“, disse o porta-voz do Comando-Geral da República de Moçambique, Inácio Dina, à emissora pública Rádio Moçambique.

Segundo Inácio Dina, Valentina Guebuza, uma das mulheres mais poderosas do país, foi baleada em casa na noite de quarta-feira, em Maputo, com recurso a uma pistola e foi levada ainda com vida para o Instituto do Coração de Maputo (ICOR), mas não resistiu aos ferimentos.

“Imediatamente, o principal indiciado, que é o esposo, foi detido e neste momento está em curso todo o processo que vai culminar com a devida responsabilização, se for concluído o envolvimento deste cidadão”, afirmou o porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República.

Filha do ex-chefe de Estado Armando Guebuza, que liderou o Governo moçambicano entre 2005 e 2015, Valentina da Luz Guebuza, 36 anos, era uma das mais destacadas empresárias do país. O Dinheiro Vivo destaca que ela era conhecida como uma das princesas milionárias de África.

Em dezembro de 2013, a revista Forbes colocou-a entre as 20 jovens africanas mais poderosas de África (numa lista liderada pela toda-poderosa angolana Isabel dos Santos), à frente da holding familiar Focus 21 Management & Development, com interesses em vários setores, na banca, telecomunicações, pescas, transportes, mineração e imobiliário.

A empresária moçambicana se casou a 26 de julho de 2014 com Zófimo Muiuane, chefe do departamento de marketing da operadora de telecomunicações Mcel, numa cerimónia religiosa na Igreja Presbiteriana de Chamanculo, nos arredores de Maputo.

ZAP / Lusa

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oferta de perfuração do Ártico tem fracasso histórico por falta de interessados

O recente leilão que oferecia arrendamentos de perfuração de petróleo no Ártico foi um fracasso. Esperava-se que a chamada atraísse muitos interessados em explorar a área no Alasca, mas a realidade foi outra. A notícia é …

Palácio mais antigo da China de 5.300 anos é descoberto perto de antiga capital

Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem cerca de 5.300 anos, sendo possivelmente a …

Variante da Covid-19 no Brasil faz Reino Unido banir viajantes da América Latina e Portugal

O governo britânico proibiu, nesta quinta-feira, as chegadas de todos os países da América do Sul e do Panamá, além de Portugal, em resposta à nova variante da Covid-19, descoberta no Brasil. A decisão …

CEO do Twitter defende banimento de Trump da rede social

Jack Dorsey diz que medida resulta do “fracasso” da plataforma em mediar diálogo saudável e admite que pode abrir “precedente perigoso”. Proibição veio após presidente dos EUA insuflar apoiadores que invadiram Capitólio. O CEO da rede …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

Monocultura da soja destruiu mais de 30% do cerrado brasileiro entre 2004 e 2017, alerta WWF

Os 24 principais focos de desmatamento no mundo provocaram a perda de uma superfície equivalente ao tamanho do Paraguai em menos de uma década, aponta um relatório do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na …

Coreia do Sul eleva capacidades de combate para conter ameaça norte-coreana

A Coreia do Sul planeja elevar suas capacidades militares para conter as ameaças de mísseis de curto alcance dos norte-coreanos, declarou o Ministério da Defesa sul-coreano. A declaração ocorreu após os norte-coreanos prometerem elevar o arsenal …

Como a vacinação em massa salvou a Escócia em 1950

Em 2021, haverá uma campanha de vacinação em massa como nenhuma outra realizada no mundo. Hoje se trata de parar o covid-19, mas, em meados do século passado, um programa de vacinação se tornou a …

Em provocação a Biden, Kim Jong-un avisa que vai reforçar arsenal nuclear da Coreia do Norte

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou que vai reforçar o arsenal nuclear de seu país, em discurso de encerramento do congresso do partido no poder, anunciou nesta quarta-feira (13) a imprensa oficial, a uma …

Bolsonaro sabota combate à covid-19, diz relatório da Human Rights Watch

Estudo anual da Human Rights Watch sobre direitos humanos no mundo reserva capítulo com duras críticas ao governo brasileiro e diz que ele agiu deliberadamente para minar políticas contra a pandemia. O presidente Jair Bolsonaro agiu …