FMI prevê crescimento global menor em 2018 e 2019 devido a guerra comercial

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou nesta terça-feira (9) ter reduzido para 3,7% sua previsão de crescimento da economia global para 2018 e 2019 – em dois décimos percentuais em relação às estimativas feitas em julho.

O motivo da revisão dos números para baixo é a guerra comercial entre Estados Unidos e China, países que também tiveram suas perspectivas rebaixadas pelo FMI para o próximo ano.

“O impacto das políticas comerciais e as incertezas estão se tornando mais evidentes em nível macroeconômico, enquanto os dados que são acumulados parecem apontar para um prejuízo de empresas”, afirmou Maurice Obstfeld, economista-chefe do FMI, ao apresentar o relatório Perspectivas Econômicas Globais em Bali, na Indonésia, no evento anual da entidade.

Maior economia do mundo, os Estados Unidos crescerão em linha com o esperado em 2018 (2,9%), segundo os cálculos do Fundo, mas em 2019 sua a expansão será menor, de 2,5%, dois décimos abaixo do anunciado em julho.

Obstfeld explicou que “a projeção de 2019 dos EUA foi rebaixada devido às recentemente aplicadas sobretaxas em uma ampla categoria de importações da China”, assim como às represálias adotadas pelo país asiático.

Para a China, além disso, o crescimento de 2018 foi mantido em 6,6% pelas previsões do FMI, mas no ano que vem cairá para 6,2%, também dois décimos a menos que o calculado três meses atrás.

As revisões para baixo são generalizadas no mundo todo, segundo Obstfeld. “O crescimento mostrou-se menos equilibrado que o esperado“, frisou.

Em relação ao Brasil, o FMI também previu um crescimento menor que o estimado na última análise – de 1,4% em 2018 e 2,4% em 2019, quatro décimos e um décimo, respectivamente, abaixo dos cálculos de julho.

O Fundo justificou a revisão pelo impacto da greve dos caminhoneiros em maio, que afetou praticamente todos os setores da economia, especialmente a indústria e os serviços; e pelas condições externas do mercado financeiro.

O pessimismo dos analistas foi ainda maior em relação à Argentina, cuja economia tinha crescido 2,9% em 2017 e, segundo o FMI, sofrerá uma queda de 2,6% em 2018.

Outra redução acentuada, de acordo com o FMI, ocorrerá na Turquia, que passará de um crescimento de 3,5% no ano passado para um de 0,4% em 2018, após a forte volatilidade da lira.

O conjunto da zona do euro teve suas projeções para 2018 reduzidas em dois décimos, para 2%, devido a “um arrefecimento das exportações, a menor demanda de petróleo devido à alta dos preços e a persistente incerteza em relação ao brexit”.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mandetta diz à CPI que Bolsonaro ignorou a ciência no combate à covid-19

Ex-ministro afirma que presidente queria alterar bula da cloroquina para que fosse indicada no tratamento contra o coronavírus. Falta de unidade nas ações do governo confundiu população e afetou combate à doença, avalia. O ex-ministro da …

Vacina EpiVacCorona tem eficácia de mais de 90%, segundo desenvolvedor

Especialista do centro desenvolvedor da EpiVacCorona informou que os estudos aleatórios em grupos imunizados mostram uma eficácia de mais de 90%. Os anticorpos contra o novo coronavírus, após a vacinação com o imunizante russo EpiVacCorona, se …

Covid: 5 motivos que explicam por que Índia recebe mais ajuda do mundo que Brasil

Hospitais em colapso. Pacientes sem vagas nas UTIs. Falta de oxigênio para quem precisa. O cenário devastador que assola a Índia agora durante a pandemia de covid-19 foi o mesmo do Brasil de algumas semanas atrás. …

Google tem sistema para busca de postos de vacinação contra covid

A partir de agora, o Google vai te ajudar a encontrar o lugar mais próximo para você tomar aquela dose tão sonhada da vacina contra a covid-19. A ferramenta se baseia em buscas do tipo ‘como …

Pessoas vacinadas serão isentas de restrições sanitárias na Alemanha

A Alemanha pretende suspender algumas restrições para as pessoas que já foram vacinadas contra o coronavírus. Quem já foi imunizado não será mais obrigado a apresentar um teste negativo para entrar em lojas que …

Com a tecnologia atual não teríamos nenhuma chance contra esse asteróide

Um asteróide fictício vindo em direção a Terra se mostrou mais poderosos que todos os cientistas. Um grupo de especialistas de agências espaciais dos EUA e da Europa participou de um exercício de uma semana liderado …

Divórcio de Bill e Melinda Gates: as dúvidas sobre o destino de fortuna de US$ 124 bilhões

Bill e Melinda Gates anunciaram na segunda-feira (03/05) que vão se divorciar após 27 anos juntos, pondo fim a um dos casamentos mais famosos do mundo dos negócios. Eles se conheceram na década de 1980, quando …

Atraso para tomar 2ª dose não prejudica imunização contra a COVID-19, explica infectologista

Pelo menos nove capitais brasileiras suspenderam a aplicação da segunda dose da vacina contra a COVID-19 fabricada pelo Instituto Butantan, a CoronaVac. Os municípios alegam que as mudanças nas regras do Ministério da Saúde prejudicaram …

Viaduto de metrô desaba no México e deixa mais de 20 mortos

Colapso de estrutura sobre movimentada avenida deixa 70 feridos na Cidade do México. Linha de metrô que trafegava pelo viaduto foi inaugurada há menos de dez anos. Ao menos 23 pessoas morreram e 70 ficaram feridas …

Converse abre loja virtual na famosa Ilha de Lixo do Pacífico

A Converse quer ajudar a limpar a ilha de Lixo do Pacífico por meio de uma campanha de conscientização que uniu criativos de todo o mundo. A marca de calçados juntou um grupo de jovens artistas …