FMI anuncia previsões menos pessimistas para a economia do Brasil

Marcos Santos / USP Imagens

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou nesta terça-feira (13) suas previsões para a economia mundial. Segundo a instituição, a recessão causada pela pandemia de Covid-19 será menos severa do que o esperado em 2020. Os números para o Brasil são menos pessimistas do que as estimativas anteriores.

O FMI espera uma contração do PIB mundial de 4,4% neste ano, abaixo da estimativa de 5,2% avançada em junho. A revisão em alta reflete dados econômicos melhores do que o esperado no segundo trimestre, particularmente em economias desenvolvidas da Europa, nos Estados Unidos e na China, onde teve início a pandemia.

A economia chinesa, aliás, é um das que apresentam as melhores perspectivas. O fundo praticamente dobrou a previsão para o crescimento chinês para 2020, passando de 1% anunciado em junho para 1,9%, e apostando na recuperação do país que ficou praticamente paralisado no auge da pandemia.

No caso dos Estados Unidos, a economia vai sofrer uma contração de 4,3% (contra os 8% anunciados nas previsões anteriores). Mesmo assim, lembra Gita Gopinath, economista-chefe do FMI, “essa continua sendo a pior recessão vivida pelos norte-americanos desde a grande Depressão” dos anos 1930.

“O mundo se adapta” apesar de panorama “precário”

“Viver com o novo coronavírus é um desafio inédito, mas o mundo se adapta”, pondera a economista. Mesmo assim, aponta o Fundo, o panorama continua “precário“, principalmente nas economias emergentes, “com muitos países latino-americanos gravemente afetados pela pandemia enfrentando recessões muito profundas”.

A entidade cita como causas de precariedade a disseminação contínua da Covid-19, o impacto da crise da saúde em setores-chave, como o turismo, e uma maior dependência de financiamento externo.

O fundo lembra que, com mais de 10,1 milhões de casos e quase 370.000 mortes, a região da América Latina e Caribe é a mais afetada pela pandemia, reunindo mais de um quarto das infecções e mais de um terço de todas as mortes por covid-19 do planeta.

Colapso na Venezuela e esperança para Brasil e México

Porém, alguns dados menos pessimistas mostram que o mundo, inclusive os países latino-americanos, podem se recuperar da crise econômica provocada pela crise sanitária. Para Brasil e México, principais economias da região, e ambos entre os cinco países com mais óbitos pelo novo coronavírus, o FMI registrou quedas do PIB menores do que o esperado em meados do ano.

Para o Brasil, o fundo estimou uma contração substancialmente menor, de 5,8% (melhora de 3,3 pontos percentuais em relação a junho), e para o México, de 9,0% (+1,5%). As projeções do FMI também são ligeiramente melhores para o Chile (-6,0% em comparação aos -7,5% em junho). No entanto, pioraram para Argentina (-11,8% em comparação aos -9,9%) e Colômbia (-8,2% em comparação aos -7,8%).

De longe, o maior colapso da América Latina ainda é o da Venezuela, mergulhada em um desastre econômico desde 2013. Para este país caribenho, o Fundo prevê uma contração de 25% do PIB, acima dos 20% estimados em junho.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Enorme monolito misterioso descoberto no deserto de Utah

Uma ocorrência totalmente comum. Você está em um helicóptero sobrevoando uma região remota do sul de Utah contanto cabras e bodes selvagens, quando de repente avista um monolito inexplicável saindo do solo. A KSL TV, relatou …

Funcionário de funerária é demitido após tirar selfie com corpo de Maradona

Foi demitido o funcionário da funerária responsável pelo velório do ex-jogador Diego Armando Maradona que tirou uma foto ao lado do caixão com o corpo do astro, enterrado nesta quinta-feira, dia 26, na Grande Buenos …

Museu de Londres reunirá relatos de sonhos de britânicos na pandemia

Projeto visa documentar mudanças no sono causadas pelo confinamento e pela crise gerada com a covid-19, além de coletar narrativas sobre o período para gerações futuras. Mudanças no sono aparentemente têm sido comuns durante a pandemia …

'O Gambito da Rainha': série da Netflix ignora sexismo no xadrez, diz ex-campeã

Existem várias cenas comoventes em O Gambito da Rainha, a série da Netflix que conta a história fictícia de Beth Harman, uma jovem prodígio do xadrez da década de 1960. Em uma delas, um jogador experiente …

Detectada "partícula fantasma" no Sol que confirma teoria da década de 1930

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu, pela primeira vez, detectar diretamente a presença do ciclo carbono-nitrogênio-oxigênio (CNO) na fusão nuclear do Sol. Este ciclo representa uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio …

Musk acertou? Tesla se aproxima dos US$ 500 bilhões de valor de mercado

Nesta segunda-feira (23), a Tesla atingiu o valor de mercado de US$ 498 bilhões. E isso em um momento em que não se sabe se a empresa vai conseguir atingir a sua meta de entregar …

Papai Noel é considerado 'trabalhador essencial' na Irlanda

Na mesma semana em que novas restrições de viagem foram colocadas em prática no Reino Unido e na Irlanda diante dos estragos causados pela segunda onda da pandemia de covid-19 na Europa, a Irlanda fez …

Especialistas da ONU advertem sobre viés racista em algoritmos

Os países devem fazer mais para combater o racismo, principalmente nos algoritmos de inteligência artificial utilizados para reconhecimento facial e controles policiais. Essas ferramentas podem reforçar discriminações, alertam especialistas da ONU. Segundo a especialista jamaicana …

Estudo de dentes de megalodonte revela segredos do tubarão de 18 metros

Especialistas em tubarões revelaram mais informações sobre um dos maiores predadores dos mares – o megalodonte. Nova pesquisa de dentes fossilizados da espécie Odotus megalodons, chamada também de megalodonte, sugere que os tubarões fêmeas desta espécie …

Escritor é alvo de censura e terá conta no Twitter suspensa por críticas contra Igreja Universal

O escritor J. P. Cuenca foi censurado por uma decisão judicial e terá sua conta do Twitter suspensa após o juiz da comarca de Campos dos Goytacazes (RJ), Ralph Machado Manhães Junior, acatar um pedido …