Fonte de magma do supervulcão de Yellowstone é descoberta

Análise sísmica do núcleo de vulcão de Yellowstone mostra que debaixo do vulcão se localiza uma poderosa pluma mantélica: fluxo vertical de magma que sobe rapidamente das profundezas da Terra.

“A história da formação do supervulcão, localizado dentro da placa tectônica, tem provocado já há muito tempo debates calorosos entre os cientistas“, escrevem os autores da pesquisa publicada esta semana na revista Nature Geoscience.

“Alguns especialistas acreditam que surgiu por causa da pluma, enquanto que outros acreditam que teria surgido em resultado de processos ainda desconhecidos que ocorreram nas camadas altas do manto terrestre”, acrescentaram.

O supervulcão do parque nacional de Yellowstone é agora uma caldeira gigantesca, tão grande que é vista da órbita terrestre baixa. A cratera tem 72 quilômetros de comprimento e 55 de largura e os canais contêm várias dezenas de milhares de quilômetros cúbicos de material magmático.

Há certos receios ligados ao fato de o vulcão Yellowstone, atualmente adormecido, poder entrar em erupção depois de 630 mil anos de “sono” e que a erupção poderia atingir centenas de quilômetros nos EUA.

No entanto, até o momento os especialistas não conseguiram encontrar a fonte de lava ou magma desse supervulcão. O que, por sua vez, fez os geólogos procurarem as possíveis razões para o aparecimento de um vulcão gigantesco nessa parte dos EUA.

Mas geólogos da Universidade do Texas, Peter L. Nelson e Stephen P. Grand, abriram recentemente um novo capítulo na discussão. Descobriram que por baixo de Yellowstone se encontra uma “fonte” de magma líquido e extremamente quente que sobe rapidamente para a superfície da Terra do núcleo.

Esses fluxos de magma são chamados pelos cientistas de “plumas“. Graças à velocidade e altas temperaturas, os fluxos às vezes são capazes de “romper” as camadas rochosas grossas e frias da placa tectônica e chegar à superfície do planeta, causando erupções vulcânicas extremamente fortes.

No decurso da pesquisa, os geólogos criaram um mapa tridimensional da área subterrânea abaixo do supervulcão usando sismógrafos USArray e entenderam como os fluxos de magma se movem e como sobem para a superfície.

Segundo mostram os resultados, debaixo de Yellowstone está localizado um “tubo” de magma estreito e direto que desce por até 3 quilômetros em direção às profundezas terrestres. Além disso, as estimativas científicas mostram que o supervulcão surgiu em resultado de uma pluma.

Vale ressaltar que, por um lado, a descoberta não permite prever quando ocorrerá a próxima erupção do vulcão e não a torna mais provável, segundo indicam os próprios geólogos. Mas, por outro lado, a observação posterior do comportamento da pluma permitirá saber com antecedência que o supervulcão começou a despertar.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Chinesa acorda com problema auditivo e deixa de conseguir ouvir homens

Da noite para o dia, uma chinesa deixou de conseguir ouvir vozes masculinas. Embora possa parecer invejável para alguns, a perda auditiva pode ter sérias repercussões médicas. A chinesa, identificada apenas pelo apelido Chen, se deitou …

Oásis egípcio escondia tumbas da era romana

Dois túmulos da época romana foram encontrados no complexo arqueológico de Beir Al-Shaghala, no oásis egípcio de Dakhla, anunciou esta semana o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mostafa Waziri. Construídos com diferentes estilos arquitetônicos e …

60% das espécies de café estão em risco de extinção

Pela primeira vez, o café integra a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza como espécie em vias de extinção. De acordo com um estudo publicado esta semana nas revistas ScienceAdvances e Global Change Biology, 60% …

Pela felicidade dos professores, escola cria “licença do amor”

A escola de ensino médio de Dinglan, localizada na cidade chinesa de Hangzhou, apresentou esta semana a “licença do amor”, que visa melhorar o humor dos professores e, consequentemente, o trabalho com os alunos. Segundo relata …

Parte da Antártida está encolhendo (e não deveria)

Quando os cientistas falam sobre o derretimento da Antártida, geralmente se referem à Antártida Ocidental, onde gigantescos glaciares costeiros derramam grandes quantidades de água. Mas, do outro lado das montanhas transantárticas a leste, há um manto …

Estátua de diabo “alegre demais” gera polêmica na Espanha

Uma estátua que representa o diabo foi criticada por ser “alegre demais” pelos moradores da cidade de Segóvia, na Espanha. A escultura de bronze, que ainda não foi instalada, foi criada em homenagem a uma lenda …

Deputada britânica adiou o parto para votar contra o acordo do Brexit

Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do segundo filho para poder votar contra o acordo do Brexit. A deputada trabalhista chegou ao Parlamento em uma cadeira de rodas. Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do filho por …

Sorveteria em Florença cobra R$ 106 de turista por uma bola de sorvete

Uma sorveteria cobrou 25 euros (cerca de R$ 106) por um sorvete a um turista de Taiwan. Indignado, o turista reclamou ao guia que o acompanhava, que chamou a polícia. O estabelecimento foi multado em …

McDonald’s perde direitos do Big Mac para cadeia de fast food irlandesa

A irlandesa Supermac’s conseguiu uma vitória histórica: o Big Mac deixa de ser uma marca registrada na Europa. Mas a decisão ainda é passível de recurso. “É o fim do McBully”, disse Pat McDonagh, que recebeu …

Disco de gelo giratório gigantesco "invade" rio no Maine

Um enorme círculo de gelo giratório se formou esta semana no rio de Presumpscot, na cidade de Westbrook, no estado norte-americano do Maine. Esse disco bizarro, ainda que raro, é um fenômeno natural fruto da Física. …