Inteligência artificial cria, sozinha, nova vacina contra a gripe

USACE Europe District / Flickr

Uma inteligência artificial desenvolveu uma nova vacina para a gripe. Apelidada de “SAM”, a tecnologia criou uma medicação tão eficaz que testes em humanos já estão começando nos Estados Unidos.

Segundo o relato da própria universidade, a SAM recebeu diversas informações de agentes químicos conhecidos por ativarem o sistema imunológico humano. Em seguida, outros agentes químicos — que não trazem efeito algum sobre o nosso corpo — também foram inseridos no banco de dados da IA. A partir daí, SAM passou a trabalhar na geração de “trilhões” de compostos e combinações químicas para criar novos medicamentos. A gripe em si nem era o alvo da pesquisa.

Os pesquisadores responsáveis pelo estudo então selecionaram as combinações candidatas mais viáveis de serem reproduzidas e, veja só, uma delas deu origem a uma vacina “turbocarregada” que, segundo testes realizados em animais, mostrou-se extremamente capaz de combater diversos tipos de gripe.

“Nós tivemos de ensinar o programa de IA a ler uma série de componentes de ativação do sistema imunológico humano, bem como alguns que não o fazem. O trabalho da IA em si era o de distingui-los entre componentes que funcionavam e componentes inúteis”, disse ao Business Insider o pesquisador Nikolai Petrovsky, professor da Universidade de Flinders, líder do projeto e também diretor de pesquisas da empresa australiana de biotecnologia Vaxine.

“Então desenvolvemos outro programa, chamado de ‘químico sintético’, que gerou trilhões de diferentes combinações químicas que foram reinseridas na SAM para que ela analisasse e separasse todas até que encontrasse candidatas que pudessem resultar em boas drogas imunizantes para humanos”, explicou o professor. Ele também ressaltou que o processo via inteligência artificial tem o potencial de encurtar em vários anos o tempo de descobrimento de novas medicações, salvando milhares de vidas e economizando milhões de dólares.

“Isso confirmou que a SAM não apenas tem a habilidade de identificar bons medicamentos, mas também a de criar drogas imunizantes ainda melhores do que as que existem atualmente”, disse Nikolai. “Então pegamos essas drogas criadas pela SAM e desenvolvemos testes com céulas humanas, depois em animais, a fim de confirmar a sua capacidade de ampliar a eficácia da vacina contra a influenza”.

De acordo com a Universidade de Flinders, testes humanos já estão sendo encomendados nos Estados Unidos, dizendo que já se sabe que a nova vacina é melhor do que as atuais em animais, e agora precisam confirmar isso em humanos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …