Irma chega à Flórida, faz 3 mortos, “mostra a cara” e cria o caos

NASA

O olho do furacão: Irma mostra a cara

As chuvas intensas e as rajadas de vento poderosas do furacão Irma deixaram Miami, no estado norte-americano da Florida, em uma situação caótica, com milhares de pessoas sem eletricidade, ruas inundadas e árvores caídas.

Várias ruas de Miami Beach, Brickell e Downtown são incapazes de drenar a chuva que cai com intensidade desde sexta-feira (8) à tarde, em uma cidade que, todavia, respira de alívio por já não estar na trajetória do olho do furacão, como inicialmente estimaram os serviços meteorológicos.

O impacto do Irma é tão grande que, apesar dos 200 quilômetros que separam Miami do olho do furacão, a água chegou à altura da cintura em algumas zonas do sétimo condado mais populoso do país, com mais de 2,6 milhões de habitantes.

O outro perigo é o aumento do nível do mar, que entrou em algumas zonas da cidade e podem se ver alguns barcos, normalmente ancorados nas marinas, navegando sem rumo nas ruas. Em Coral Gables, a força do vento fez cair muitas árvores, muitas delas centenárias.

O furacão tocou o solo neste domingo (10) em Cayos, no extremo sul do estado, como categoria 4 e ventos de 215 km/h, com rajadas ainda superiores. Também caíram pelo menos vinte grandes guindastes utilizados na construção de torres de apartamentos e escritórios do centro de Miami.

A cidade, bem como grande parte do estado, encontra-se sob alerta de tornados perigosos, que já começaram a ocorrer na sexta-feira à tarde no sul da Florida.

Na Florida, mais de 2,1 milhões de pessoas estão sem eletricidade e a companhia estatal já avisou que serão necessárias semanas, e não apenas dias, para restabelecer a luz, apesar do reforço das equipes, que contam com mão de obra de outros estados, incluindo distantes, como a Califórnia ou Massachusetts.

Neste estado, o furacão já causou três mortes, mas deixou um rastro de destruição e provocou pelo menos 30 mortes.

O furacão baixou, entretanto, para a categoria 2, mas permanece “extremamente violento”, segundo os serviços meteorológicos norte-americanos.

O furacão mostra a cara

Imagens captadas neste domingo por um satélite da NASA, divulgadas online pela agência espacial norte-americana mostraram a ferocidade do Irma e revelaram inesperadamente uma figura impressionante no interior do “olho do furacão”.

Segundo salientaram diversos internautas no Twitter, a imagem divulgada parece “tremendamente” um rosto humano assustador – para alguns, o “rosto da morte”.

Já o meteorologista Stu Ostro compartilhou no Twitter outra imagem de satélite do Irma, que também se assemelha a um rosto, mas de perfil, colocando-a lado a lado com a famosa imagem da Caveira da Morte, o “rosto” do furacão Mathew, que em outubro reclamou quase 900 vidas no Haiti. E as semelhanças são assustadoras.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bolsonaro reforça que brasileiro não será obrigado a tomar vacina contra a COVID-19

Declaração do presidente acontece três dias depois de o governador João Doria informar que vacinação será obrigatória no estado de São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro reforçou hoje (19) na saída do Palácio da Alvorada o …

Engenheiros criam sabre de luz real de plasma retrátil de 2.200°C que corta aço

Os engenheiros por trás do canal do YouTube “The Hacksmith” criaram o sabre de luz de “Star Wars” no mundo real que é quente o suficiente para derreter aço e até titânio em segundos. James Hobson, …

Evo Morales comemora vitória de seu candidato, Luis Arce, à presidência na Bolívia

De La Paz, na Bolívia, o candidato a presidente Luis Arce e, de Buenos Aires, na Argentina, o ex-presidente Evo Morales comemoram vitória nas eleições tanto para presidente quanto para o Congresso, realizadas neste …

Síndrome provoca mudança na coloração dos olhos em população nativa da Indonésia

Em um país cujo a vasta maioria da população possui cabelos e olhos escuros, uma rara síndrome genética ofereceu aos membros de uma tribo nativa da Indonésia uma impressionante condição: os mais impactantes e profundos …

Aula de spinning em academia no Canadá contaminou 61 pessoas com a COVID-19

Academias não são locais recomendados neste momento de pandemia, mesmo que alguns estabelecimentos estejam reabrindo com todas as medidas de segurança adequadas. Prova disso aconteceu recentemente em Hamilton, na província de Ontario, no Canadá, quando uma …

Estrela supergigante vermelha Betelgeuse é menor e está mais próxima da Terra

A estrela supergigante vermelha Betelgeuse, uma das mais brilhantes, é menor e está mais próxima da Terra do que se acreditava. "Estudos anteriores sugeriram que poderia ser maior que a órbita de Júpiter. Nossos resultados dizem …

Ao tentar desativar uma bomba imensa a Marinha da Polônia acidentalmente a explode

Uma enorme bomba da Segunda Guerra Mundial explodiu durante uma delicada operação na terça-feira para desativar o dispositivo de cinco toneladas em um canal perto do Mar Báltico, mas ninguém foi ferido, afirmaram autoridades polonesas. O …

Candidato a vereador vai plantar uma árvore para cada voto que receber em Dourados

O combate às mudanças climáticas e ao desmatamento para Franklin Schmalz, candidato pelo PSOL a vereador na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, é um compromisso direto e concreto, a ser posto em …

Líder nacionalista manobra para chegar ao poder após renúncia de presidente do Quirguistão

O presidente do Quirguistão, Sooronbai Jeenbekov, cedeu à pressão de manifestantes nacionalistas e anunciou sua renúncia nesta quinta-feira (15), após dez dias de uma crise política aberta pela vitória de dois partidos governistas nas …

Planetas semelhantes à Terra parecem ser "protegidos" por gigantes como Júpiter

A organização dos planetas rochosos não é aleatória e, ainda, parece depender de algumas condições iniciais — é o que indica um novo estudo feito por uma equipe internacional de astrônomos e liderado por Martin …