Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo

Forças israelense bombardeiam casa de líder extremista na Faixa de Gaza. Militantes palestinos reagem disparando dezenas de mísseis contra Israel. Autoridades pedem que população fique em casa.

Um importante comandante militar do grupo extremista palestino Jihad Islâmica foi morto na madrugada desta terça-feira (12/11) num ataque aéreo israelita na faixa de Gaza, anunciaram as autoridades israelenses.

“Um edifício na faixa de Gaza onde residia o comandante da Jihad Islâmica Baha Abu al-Ata, foi atacado”, informaram as Forças Armadas de Israel através de comunicado, acrescentando que a operação foi realizada em conjunto com o serviço de segurança interna israelense Shin Bet.

Abu al-Ata era líder das Brigadas Al-Quds, braço militar da Jihad Islâmica financiado em grande parte pelo Irã. Segundo as autoridades israelenses, ele preparava, nos últimos dias, atentados terroristas “iminentes” contra civis e militares israelenses.

No ataque contra a moradia, também foi morta a mulher do militante, e ao menos duas pessoas ficaram feridas. O grupo extremista advertiu que Israel cruzou “uma linha vermelha”, mobilizou os militantes e declarou o estado de emergência.

O governo israelense informou que a operação foi autorizada pelo primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o ministro da Defesa, Naftali Bennet, que está no cargo desde domingo.

O porta-voz militar israelense Jonathan Conricus garantiu que Israel não retornará à política de assassinatos direcionados e que a medida foi uma ação única, para impedir “uma ameaça direta”. Assassinatos direcionados são controversos, críticos acusam a prática de violar o direito internacional.

Na mesma manhã, um ataque aéreo semelhante em Damasco teria alvejado outro comandante da Jihad Islâmica, conhecido como Akram al Ajouri. O grupo extremista acusou Israel, que não confirmou o ataque. A agência de notícias estatal síria Sana afirmou que duas pessoas foram mortas no ataque aéreo israelense. A agência também noticiou outros dois ataques por foguetes israelenses em Damasco, que teriam matado seis pessoas.

Militantes palestinos reagiram ao assassinato de Baha Abu al-Ata com maciços ataques de foguetes contra numerosas aldeias do sul ao centro de Israel. Militares israelenses registraram o disparo de cerca de 50 mísseis contra Israel.

Alarmes antiaéreos tocaram em Tel Aviv pela manhã. Segundo os paramédicos, uma menina israelense de oito anos foi internada em estado crítico após um ataque de foguete.

A mídia israelense informou que o sistema de defesa Iron Dome (cúpula de ferro) conseguiu neutralizar cerca de 20 foguetes. Os militares de Israel haviam anteriormente transferido um contingente adicional de tropas para as áreas de fronteira.

As Forças Armadas de Israel pediram à população que fique em casa ou em ambientes fechados pelo menos até quarta-feira. Escolas permaneceram fechadas no sul e centro do país. Os militares preveem que os ataques e disparos de Gaza em direção a Israel continuarão “por algum tempo”.

O serviço de trem próximo à Faixa de Gaza foi parcialmente interrompido. As autoridades israelenses fecharam estradas ao trânsito em diferentes partes do país, principalmente nas proximidades de Gaza, e bloquearam o acesso ao enclave.

Enquanto isso, foi registrado outro ataque aéreo israelense na Faixa de Gaza, que matou pelo menos um palestino militante. Segundo fontes militares, dois ativistas da Jihad Islâmica foram alvejados quando se deslocavam de motocicleta no norte da Faixa de Gaza. Eles estariam preparando um ataque com foguete contra Israel quando foram atingidos por um caça israelense. O Ministério da Saúde palestino em Gaza disse que um homem foi morto e vários outros ficaram feridos.

// DW

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Lausanne, na Suíça, é a melhor cidade pequena do mundo

A cidade de Lausanne, na Suíça, foi considerada a melhor cidade pequena do mundo pela influente revista britânica “Monocle”. A publicação fez uma lista com as 25 melhores cidades pequenas do mundo, com população …

Esse organismo unicelular toma "decisões" complexas mesmo sem um cérebro

Um organismo unicelular de água fresca chamado Stentor roeseli demonstra comportamento inteligente. Ele foi descoberto em 1906, e quando estimulado no microscópio, essa criatura com formato de trompete conseguiu tomar decisões consideradas complexas para um …

Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos

Decisão deixará o país de fora dos Jogos Olímpicos de 2020 e da Copa do Mundo de Futebol de 2022. Agência Mundial Antidoping (Wada) conclui que Moscou manipulou dados laboratoriais de seus atletas. A Rússia está …

Pessoas em situação de rua viram guias turísticos na Irlanda

Olha só que iniciativa maravilhosa. Na Irlanda, o projeto ‘Secret Street Tours’ treina pessoas em situação de rua para usar seu conhecimento sobre a cidade para serem guias de turistas em tours pela cidade de …

Cientistas finalmente criam neurônios artificiais

Uma equipe internacional liderada por pesquisadores da Universidade de Bath (Inglaterra) realizou um feito inédito: conseguiu reproduzir a atividade biológica de neurônios usando chips de silicone. E o que é ainda melhor: esses “neurônios artificias” requerem …

Huawei pode lançar novos smartphones no Brasil, afirma executivo

A Huawei oficializou, nesta quinta-feira, 5, uma plataforma de auxílio aos desenvolvedores para publicarem e divulgarem seus aplicativos para os dispositivos da companhia. Chamada Huawei Ability Gallery, trata-se de uma expansão do ecossistema da App Gallery, …

Metrô de Paris ficará em greve até segunda-feira contra reforma da Previdência

A greve dos metroviários de Paris contra o projeto de reforma da Previdência francesa foi prorrogada até segunda-feira (9). Nas assembleias-gerais realizadas pela categoria na manhã de quinta-feira (5), primeiro dia da paralisação, quase todos os …

"Operação Maleta Verde", o escândalo que atinge governo e oposição na Venezuela

Com semblante mais sério que de costume, Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela pelos Estados Unidos, pelo parlamento da União Europeia e por vários países da América Latina, dirigiu-se a jornalistas reunidos em …

Sarampo causou mais de 140 mil mortes em 2018

De acordo com OMS, maioria das vítimas tinha menos de cinco anos de idade e não havia sido vacinada. No ano passado, foram registrados quase 10 milhões de casos da doença no mundo. O sarampo causou …

O que contribuiu em peso para o 'colapso maia'?

Pesquisas recentes reforçam a teoria de que o colapso de muitas das grandes cidades maias mesoamericanas estava relacionado a períodos prolongados de seca, alguns de até 200 anos. Nayelli Jiménez Cano, pesquisadora do Laboratório de Zooarqueologia …