Liu Xiaobo, nobel da Paz chinês, morre aos 61 anos

Lusa

Liu Xiaobo, Nobel da Paz em 2010, foi libertado após diagnóstico de câncer em fase terminal

Liu Xiaobo, Nobel da Paz em 2010, foi libertado após diagnóstico de câncer em fase terminal

O intelectual e nobel da Paz chinês, Liu Xiaobo, morreu nesta quinta-feira (13) sob custódia em um hospital do norte do país, após ter sido recentemente libertado condicionalmente por causa de um câncer terminal, segundo anunciou um comunicado oficial.

Liu morreu aos 61 anos após passar os nove últimos na prisão, ganhando inclusive o Prêmio Nobel da Paz em 2010 por seu ativismo a favor da democratização da China.

O dissidente morreu “por falência múltipla dos órgãos” depois de na terça-feira (11) ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de acordo com o Escritório da Administração de Justiça da cidade de Shenyang, onde o Nobel estava internado.

Hoje mesmo seus parentes já temiam que Liu tivesse morrido, pois o hospital onde estava internado não publicou informações sobre seu estado de saúde o dia inteiro.

A eminente morte de Liu ficou evidente em 26 de junho quando seu advogado Mo Shaoping anunciou que ele teve que ser hospitalizado, ainda que sob custódia policial, para tratar de um câncer terminal de fígado.

As autoridades confirmaram posteriormente que Liu tinha sido levado a um hospital universitário de Shenyang, capital da província nordeste de Liaoning, para ser tratado.

Desde então, ocorreram diversos pedidos de amigos, organizações de direitos humanos e países para que o Governo chinês permitisse que Liu fosse se tratar no exterior, o que foi ignorado por Pequim, que considerou tal fato uma ingerência nos seus assuntos internos e em seus procedimentos legais.

Perante a pressão internacional, as autoridades anunciaram no dia 5 que permitiriam que especialistas estrangeiros, concretamente dos Estados Unidos e da Alemanha, viajassem para a China para ajudar a equipe médica local e estes puderam vê-lo no fim de semana.

Os médicos estrangeiros concordaram que o diagnóstico dos especialistas chineses, mas contradisseram a versão oficial ao assegurar que Liu poderia viajar ao exterior, apesar de Pequim insistir que estava muito debilitado para fazer uma viagem de longa distância.

Após a visita, as autoridades anunciaram uma piora do seu estado de saúde.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e aposentar as baterias no futuro

O mundo já conhece os benefícios da tecnologia 5G como a alta velocidade na transmissão de dados e baixa latência. Agora, os cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, descobriram que essas redes …

Covid: como evitar a trágica marca de 5 mil mortes por dia no Brasil?

No dia 19 de maio de 2020, o Brasil atingiu pela primeira vez a marca das mil mortes diárias por covid-19. Esse número permaneceu relativamente estável, em um patamar considerado alto, durante todo o segundo semestre …

Físicos afirmam que o universo é um computador de aprendizado de máquina

Físicos teóricos que trabalham com a Microsoft lançaram um artigo na sexta-feira afirmando que o universo é essencialmente um computador de aprendizagem de máquina (machine learning, em inglês). Os pesquisadores, vários afiliados à Microsoft, pré-publicaram um …

Mundo ainda tem países sem uma única dose de vacina

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 600 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. Mas a discrepância entre países é alta: enquanto, …

Covid: site calcula quando você será vacinado. Resultados não animam

Um grupo de voluntários chamado CoronavirusBra desenvolveu uma plataforma para calcular quando você será vacinado contra a covid-19. O ‘Quando vou ser vacinado?’ utiliza dados públicos como a média de imunizados com o número de pessoas …

Rússia inicia desenvolvimento de mais uma vacina contra COVID-19

Sendo o primeiro país a registrar uma vacina contra a COVID-19, a Rússia anunciou o início do desenvolvimento de mais uma vacina contra o coronavírus. A criação do novo medicamento estará a cargo do Instituto Smorodintsev …

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …