No Jurássico, havia um réptil voador com a boca cheia de “dentes de vampiro”

Paleontólogos da Universidade de Portsmouth descobriram os restos fossilizados de uma nova espécie de réptil voador do Jurássico.

A nova espécie, chamada Klobiodon rochei, pertence a uma antiga ordem de criaturas voadoras conhecidas como pterossauros. O réptil alado viveu há aproximadamente 167 milhões de anos e tinha uma envergadura de dois metros.

Os restos fossilizados vieram da Formação de Calcário Taynton de Stonesfield, Oxfordshire, na Inglaterra. “Klobiodon é conhecido há séculos, arquivado em uma gaveta de museu e visto por dezenas ou centenas de cientistas, mas seu significado tem sido negligenciado porque foi confundido com outra espécie desde o século XIX”, disse o paleontólogo Michael O’Sullivan em comunicado.

“A mandíbula de Klobiodon rochei é conhecida, mas tem uma configuração dentária única que permite distingui-la de outros pterossauros”, afirmam os paleontologistas da Universidade de Portsmouth, Michael O’Sullivan e David Martill, que publicaram o estudo na Acta Palaeontologica Polonica.

Klobiodon rochei tinha presas enormes, semelhantes a dentes de vampiro, com até 2,6 centímetros de comprimento, quando poucos pterossauros tinham dentes.

“Provavelmente era uma criatura parecida com uma gaivota ou uma andorinha-do-mar – um animal costeiro que pescava peixes e lulas usando seus dentes enormes e engolindo-os inteiros”, disseram os pesquisadores. “Suas grandes presas teriam se unido para formar uma gaiola, da qual poucos conseguiriam escapar assim que Klobiodon rochei os tivesse apanhado”.

Klobiodon rochei e outros pterossauros de Stonesfield viviam ao lado de um dos mais famosos e importantes dinossauros do mundo, o megalossauro predatório, o primeiro dinossauro já descrito cientificamente.

Na época, como os níveis globais do mar eram mais altos e o mundo era muito mais quente, a Grã-Bretanha jurássica era uma série de grandes ilhas tropicais.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Há uma espiral misteriosa na atmosfera de Vênus

A nave espacial não tripulada Akatsuki, do Japão, encontrou gigantescas estruturas espirais na atmosfera de Vênus, formadas por ventos polares e pela rápida rotação do planeta. A atmosfera de Vênus ganha atenção de astrônomos há quase …

Tem “barriga de cerveja”? Seu cérebro pode estar encolhendo

Uma equipe de pesquisadores britânicos concluiu que quem acumula mais gordura na zona do abdômen apresenta uma maior probabilidade de redução do cérebro e de aparecimento de demência. Com a linha da cintura em expansão, surgem …

Até os antigos egípcios faziam tarefa de casa

Uma tarefa de casa, escrita por uma criança do Antigo Egito, ficou preservada desde o segundo século a.C. – e as palavras podem parecer familiares até nos dias de hoje. Uma lição antiga preservada em uma …

Dinamarca avança com plano ambicioso de criar 9 ilhas na costa de Copenhague

O governo dinamarquês e a prefeitura de Copenhague, em conjunto com um gabinete de arquitectura e planejamento urbano, vão avançar com um ambicioso plano de criar nove ilhas na costa da capital do país. Um grandioso …

(cv) Euronews

Submarino alemão da Primeira Guerra Mundial aparece na costa da França

Os destroços de um submarino alemão da Primeira Guerra Mundial emergiram em uma praia de Wissant, no norte da França. Há décadas enterrada na areia, a carcaça enferrujada da embarcação naufragada em 1917 agora pode …

Não somos só o que comemos, “somos o que vemos” no dia a dia

No que diz respeito à saúde física, somos o que comemos. Mas e quanto à saúde mental? Segundo o médico David Fryburg, endocrinologista, somos o que vemos. Conforme aponta Fryburg, a comida é uma mistura complicada de fontes …

Detectados misteriosos sinais de rádio de galáxia a 1,5 bilhão de anos-luz

Uma equipe de cientistas do Canadá detectou sinais de rádio provenientes de uma galáxia a 1,5 bilhões de anos-luz de distância da Terra. As rajadas rápidas de rádio, impulsos de energia com duração de apenas alguns …

Companhia aérea portuguesa é a primeira a voar sem qualquer plástico a bordo

A companhia aérea portuguesa Hi Fly tornou-se a primeira do mundo a voar sem qualquer plástico a bordo. A viagem aconteceu no dia 26 de dezembro. De acordo com o comunicado da companhia, o voo teve origem em …

Overstock é a primeira empresa norte-americana a pagar impostos com bitcoins

A Overstock é a primeira empresa norte-americana com presença nacional a anunciar que pagará os impostos no estado do Ohio com bitcoins, opção disponível desde novembro do ano passado. A Fortune informou, na semana passada, que a decisão da …

Jovem que criou plástico de maracujá será a primeira brasileira a assistir ao Nobel

Juliana Davoglio se tornou a primeira jovem brasileira da história a ser selecionada para acompanhar uma cerimônia do Prêmio Nobel. Ela foi a aluna que criou o plástico feito a partir da sobra de Maracujá. A …