Madrid aguarda declaração de independência da Catalunha na segunda-feira para tomar medidas

Marta Perez / EPA

O Governo espanhol deverá esperar até segunda-feira (9), quando os separatistas da Catalunha declararem a independência, para tomar novas medidas contra o processo secessionista na região, que considera estar totalmente fora da lei.

“Essa declaração de independência não tem nenhuma validade, nenhum efeito, nenhuma consequência”, disse nesta quarta-feira (4) o ministro da Justiça espanhol, Rafael Catalá, admitindo que Madrid não pode evitar que o chefe do Governo da Catalunha faça a declaração.

O responsável do Governo central insistiu “não ser possível que uma parte do território ou um governo regional decida se declarar independente. Não é possível porque não tem competências”, acrescentando que “tudo é uma falácia e não existe, porque se pretende fazer com um suporte de absoluta ilegalidade”.

Carles Puigdemont assegurou, em mensagem transmitida pela televisão na noite desta quarta, que irá manter a rota definida até a independência, sempre com “a porta aberta ao diálogo”, considerando o executivo de Madrid “irresponsável” por não aceitar uma mediação.

“Hoje estamos mais certos do que ontem do nosso desejo histórico”, de ser um Estado independente, disse Puigdemont, que também criticou o rei espanhol, Felipe VI, por ter ignorado milhões de catalães “que não pensam” como o monarca.

Puigdemont acusou ainda Felipe VI de ter assumido o discurso e as políticas do Governo de Mariano Rajoy, que considera serem “catastróficas” em relação à Catalunha.

Felipe VI tinha acusado na terça-feira (3) “determinadas autoridades” da Catalunha de “deslealdade” institucional e de terem uma “conduta irresponsável”, totalmente à margem do direito e da democracia.

“O que vamos fazer é o que outros povos já fizeram”, disse Puigdemont na sua mensagem, condenando, em seguida, a violência da polícia ao tentar impedir que os catalães votassem. Segundo as autoridades regionais catalãs, a intervenção policial para impedir a realização do referendo deste domingo fez 893 feridos.

O chefe do executivo catalão revelou na terça à BBC que iria declarar a independência daquela região “em questão de dias”, tendo calculado que “vai agir no final desta semana ou no começo da próxima”.

A coligação catalã ‘Juntos pelo Sim’, que sustenta a Generalitat, em uma reunião da Mesa no parlamento da região, propôs para a próxima segunda-feira a realização de uma sessão plenária com um único assunto na ordem do dia: a presença de Puigdemont para fazer uma avaliação do referendo de domingo.

Mas a Candidatura de Unidade Popular, partido separatista de extrema-esquerda que dá apoio parlamentar ao executivo regional afirma que nesse dia, depois de serem apresentados oficialmente os resultados do referendo de autodeterminação de domingo passado, será feita a declaração de independência.

Segundo os resultados provisórios, o “Sim” à independência ganhou com 90% dos votos. A consulta, que não teve observadores ou listas eleitorais reconhecidas por entidades independentes e foi boicotada pelos anti-separatistas, teria tido uma participação de 42% dos 5,3 milhões de eleitores, de acordo com os defensores da independência.

Entretanto, Madrid afirma estudar todas as medidas possíveis para obrigar o executivo regional da Catalunha (Generalitat) a cumprir a lei e a Constituição espanholas.

Entre essas possíveis medidas estão a ativação do artigo 155 da Constituição (que permitiria obrigar a Generalitat a cumprir a lei), usar a lei de segurança nacional ou declarar estado de emergência.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Museu de Londres reunirá relatos de sonhos de britânicos na pandemia

Projeto visa documentar mudanças no sono causadas pelo confinamento e pela crise gerada com a covid-19, além de coletar narrativas sobre o período para gerações futuras. Mudanças no sono aparentemente têm sido comuns durante a pandemia …

'O Gambito da Rainha': série da Netflix ignora sexismo no xadrez, diz ex-campeã

Existem várias cenas comoventes em O Gambito da Rainha, a série da Netflix que conta a história fictícia de Beth Harman, uma jovem prodígio do xadrez da década de 1960. Em uma delas, um jogador experiente …

Detectada "partícula fantasma" no Sol que confirma teoria da década de 1930

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu, pela primeira vez, detectar diretamente a presença do ciclo carbono-nitrogênio-oxigênio (CNO) na fusão nuclear do Sol. Este ciclo representa uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio …

Musk acertou? Tesla se aproxima dos US$ 500 bilhões de valor de mercado

Nesta segunda-feira (23), a Tesla atingiu o valor de mercado de US$ 498 bilhões. E isso em um momento em que não se sabe se a empresa vai conseguir atingir a sua meta de entregar …

Papai Noel é considerado 'trabalhador essencial' na Irlanda

Na mesma semana em que novas restrições de viagem foram colocadas em prática no Reino Unido e na Irlanda diante dos estragos causados pela segunda onda da pandemia de covid-19 na Europa, a Irlanda fez …

Especialistas da ONU advertem sobre viés racista em algoritmos

Os países devem fazer mais para combater o racismo, principalmente nos algoritmos de inteligência artificial utilizados para reconhecimento facial e controles policiais. Essas ferramentas podem reforçar discriminações, alertam especialistas da ONU. Segundo a especialista jamaicana …

Estudo de dentes de megalodonte revela segredos do tubarão de 18 metros

Especialistas em tubarões revelaram mais informações sobre um dos maiores predadores dos mares – o megalodonte. Nova pesquisa de dentes fossilizados da espécie Odotus megalodons, chamada também de megalodonte, sugere que os tubarões fêmeas desta espécie …

Escritor é alvo de censura e terá conta no Twitter suspensa por críticas contra Igreja Universal

O escritor J. P. Cuenca foi censurado por uma decisão judicial e terá sua conta do Twitter suspensa após o juiz da comarca de Campos dos Goytacazes (RJ), Ralph Machado Manhães Junior, acatar um pedido …

"Tesouro" espetacular de antigos artefatos de caça na Noruega é descoberto sob gelo derretido

Arqueólogos descobriram um “tesouro” de artefatos enquanto outra grande mancha de gelo derrete nas montanhas norueguesas, revelando um total de 68 flechas e muitos outros itens de um antigo local de caça de renas. As primeiras …

Não é mais 90%? AstraZeneca assume erro de eficácia da vacina da COVID-19

A AstraZeneca e a Universidade de Oxford, que estão desenvolvendo juntas uma vacina contra a COVID-19, revelaram na última quarta-feira (25) que houve um erro no momento da divulgação dos resultados dos testes da vacina …