Maju Coutinho se desculpa por “choro é livre” ao noticiar lockdown para conter pandemia

Maju Coutinho causou polêmia ao dizer que o “choro é livre” durante o Jornal Hoje. A jornalista comentava medidas de restrição adotadas por governadores e prefeitos para controlar o avanço da covid-19, entre elas o lockwdown.

“Os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá para a gente reclamar, é isso que tem”, afirmou Maria Júlia Coutinho.

Maju se desculpa

A declaração não caiu bem entre os críticos das medidas, que se uniram aos negacionistas em críticas contra a âncora do telejornal vespertido da Globo. Outros enxergaram insensbilidade de Maju com as milhares de pessoas que passam fome e enfrentam uma série de dificuldades econômicas em decorrência da falta de liderança no combate à pandemia.

Maju voltou a tocar no assunto na edição seguinte do ‘Jornal Hoje’. E se desculpou. A apresentadora disse ter usado uma “expressão infeliz” para ressaltar a urgência do cumprimento de medidas sanitárias.

“Ontem, para reforçar a necessidade do isolamento social, eu usei no improviso uma expressão infeliz que precisa de um complemento para deixar bem claro o que queria dizer. Eu reitero hoje aqui esse desejo, me desculpo pela expressão que usei anteontem e vemos nessa, bola pra frente”, salientou.

“Eu quis dizer que por mais que sejam amargas as medidas de isolamento, são necessárias para evitar o colapso do sistema de saúde, mas eu também entendo perfeitamente a dor dos pequenos e médios empresários que têm que manter os negócios fechados”, completou Maju.

Para quem passa fome…

O desemonte de políticas públicas e falta de auxílio do governo federal colocou milhares de famílias brasileiras de volta ao contato diário com a fome. O Brasil está desde 2020 no ‘Mapa da Fome’ – instrumento de medida desenvolvido pela Organização para Agricultura e Alimentação (FAO) da ONU, que se debruça sobre países em que mais de 5% da população vive em estado de desnutrição.

Para conter os danos da falta de comando e os efeitos provocados pelo fechamento de comércios e da demissão em massa, setores da sociedade civil se unem em busca de medidas para amenizar os problemas de grande parte da sociedade.

Daí a importância de iniciativas como ‘Tem Gente com Fome’, que pretende doar cestas básicas para mais de 220 mil famílias em todo o Brasil. O projeto, que conta com apoio da Anistia Internacional e fio criado pela Coalizão Negra, recebe doações por meio de financiamento coletivo e já arrecabou mais de R$ 200 mil em poucos dias de vigência.

E o governo?

O presidente Jair Bolsonaro assinou duas medidas provisórias (MPs) que abrem caminho para o pagamento da nova rodada do auxílio emergencial. O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o valor da parcela ficará entre R$ 175 e R$ 375 – as quantias não se aproximam do salário mínimo, tampouco ajudam famílias a saírem da situação de fome.

Em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) anunciou que o estado irá isentar o leite pasteurizado da cobrança de impostos estaduais, bem como reduzir a cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre as carnes bovina, suína e de aves. Ambas as medidas valem a partir de abril.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …