Situação no Brasil mostra necessidade de liderança na luta contra pandemia, afirma OMS

Alberto Morante / EPA

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) no continente americano, chamou a atenção nesta quarta-feira (17) para a evolução da pandemia de Covid-19 no Brasil. Para a entidade, a situação brasileira é preocupante e deve servir de lição para o mundo sobre a necessidade de liderança para conter o avanço da doença.

A situação no Brasil é um alerta de que manter este vírus sob controle requer atenção contínua das autoridades e líderes de saúde pública para proteger as pessoas e os sistemas de saúde do impacto devastador deste vírus”, declarou a diretora da OPAS, Carissa Etienne. Ela lembrou que “várias áreas do país estão vivenciando um nível recorde de infecções e os leitos dos hospitais estão quase em sua capacidade máxima em mais da metade dos estados brasileiros”.

Os representantes da OPAS não citaram explicitamente problemas de gestão do governo, que vem sendo apontados inclusive pela comunidade internacional. Mas enfatizaram a importância de responder ao aumento dos casos com a implementação imediata de medidas para desacelerar a transmissão do vírus.

Efeito dos feriados e do carnaval

Sylvain Aldighieri, gerente de incidentes da OPAS, observou que a situação atual no Brasil é o resultado de uma nova disseminação do vírus durante os feriados de final de ano e carnaval. Segundo ele, durante esses períodos, a implementação de medidas de saúde pública no Brasil foi abaixo do esperado na maior parte do país, “desencadeando o aumento da transmissão e expansão geográfica”.

Aldighieri explicou que, ao contrário da onda pandêmica de 2020, “o que temos agora é um aumento simultâneo em todas as regiões do Brasil”. Ele insistiu que mesmo no contexto da circulação de cepas mais contagiosas do vírus, “as medidas de saúde pública, quando aplicadas estritamente, funcionam contra as variantes. É muito importante”, martelou.

O Brasil é o segundo país do mundo com mais vítimas mortais da pandemia depois dos Estados Unidos, com um total acumulado de 282.127 mortes e 11,6 milhões de casos desde que a doença foi registrada pela primeira vez em dezembro de 2019 na China.

Especialistas apontam que o rápido aumento da pandemia no país poderia deixar em breve cerca de 3.000 mortes diárias e elevar o balanço total de mortos pra 500.000 ou 600.000 antes da generalização das vacinas.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vacina EpiVacCorona tem eficácia de mais de 90%, segundo desenvolvedor

Especialista do centro desenvolvedor da EpiVacCorona informou que os estudos aleatórios em grupos imunizados mostram uma eficácia de mais de 90%. Os anticorpos contra o novo coronavírus, após a vacinação com o imunizante russo EpiVacCorona, se …

Covid: 5 motivos que explicam por que Índia recebe mais ajuda do mundo que Brasil

Hospitais em colapso. Pacientes sem vagas nas UTIs. Falta de oxigênio para quem precisa. O cenário devastador que assola a Índia agora durante a pandemia de covid-19 foi o mesmo do Brasil de algumas semanas atrás. …

Google tem sistema para busca de postos de vacinação contra covid

A partir de agora, o Google vai te ajudar a encontrar o lugar mais próximo para você tomar aquela dose tão sonhada da vacina contra a covid-19. A ferramenta se baseia em buscas do tipo ‘como …

Pessoas vacinadas serão isentas de restrições sanitárias na Alemanha

A Alemanha pretende suspender algumas restrições para as pessoas que já foram vacinadas contra o coronavírus. Quem já foi imunizado não será mais obrigado a apresentar um teste negativo para entrar em lojas que …

Com a tecnologia atual não teríamos nenhuma chance contra esse asteróide

Um asteróide fictício vindo em direção a Terra se mostrou mais poderosos que todos os cientistas. Um grupo de especialistas de agências espaciais dos EUA e da Europa participou de um exercício de uma semana liderado …

Divórcio de Bill e Melinda Gates: as dúvidas sobre o destino de fortuna de US$ 124 bilhões

Bill e Melinda Gates anunciaram na segunda-feira (03/05) que vão se divorciar após 27 anos juntos, pondo fim a um dos casamentos mais famosos do mundo dos negócios. Eles se conheceram na década de 1980, quando …

Atraso para tomar 2ª dose não prejudica imunização contra a COVID-19, explica infectologista

Pelo menos nove capitais brasileiras suspenderam a aplicação da segunda dose da vacina contra a COVID-19 fabricada pelo Instituto Butantan, a CoronaVac. Os municípios alegam que as mudanças nas regras do Ministério da Saúde prejudicaram …

Viaduto de metrô desaba no México e deixa mais de 20 mortos

Colapso de estrutura sobre movimentada avenida deixa 70 feridos na Cidade do México. Linha de metrô que trafegava pelo viaduto foi inaugurada há menos de dez anos. Ao menos 23 pessoas morreram e 70 ficaram feridas …

Converse abre loja virtual na famosa Ilha de Lixo do Pacífico

A Converse quer ajudar a limpar a ilha de Lixo do Pacífico por meio de uma campanha de conscientização que uniu criativos de todo o mundo. A marca de calçados juntou um grupo de jovens artistas …

Ameaças de Biden contra Rússia terão consequências 'desastrosas' para EUA, diz NI

As recentes declarações hostis do presidente dos EUA, Joe Biden, contra a Rússia estimulam Moscou e Pequim a estabelecer aliança que acabaria sendo desastrosa para Washington, escreve The National Interest. Durante discurso ao Congresso dos EUA …