Massacre em presídios no Amazonas tem mais de 50 mortos

Wilson Dias / Agência Brasil

O governo do Amazonas informou que 42 detentos foram encontrados mortos em presídios de Manaus nesta segunda-feira (27/05). Com outras 15 mortes de presos anunciadas na véspera, sobe para 57 o número de óbitos em cadeias do estado em menos de 24 horas.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Amazonas, as mortes desta segunda foram causadas por enforcamento e ocorreram em quatro presídios da capital.

A maioria dos corpos, um total de 27, foi encontrada no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat). Outras seis mortes ocorreram na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP); cinco no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM 1), onde houve ainda quatro feridos; e quatro no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

Ainda de acordo com a secretaria estadual, agentes do Grupo de Intervenção Prisional (GIP) e do Batalhão de Choque da Polícia Militar estiveram nas unidades revistando e recontando os detentos. “Neste momento a situação está controlada, e os presos estão na tranca”, disse o Seap. Um inquérito será aberto para investigar os homicídios.

No Ipat, um agente de socialização agredido por presidiários foi levado a um hospital de Manaus, informou a Umanizzare, empresa de gestão prisional. Ele teve escoriações e não corre risco. Com a crise, o Ministério da Justiça afirmou que membros da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária serão enviados ao Amazonas. O grupo atuará para “controlar distúrbios e resolver outros problemas”, segundo um comunicado do governo federal.

O governador amazonense, Wilson Lima, descreveu a crise no sistema penitenciário como um problema nacional e afirmou ter conversado com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, sobre o assunto na tarde desta segunda-feira.

“Acabei de falar com o ministro Sérgio Moro, que já está mandando uma equipe de intervenção prisional para o estado do Amazonas, para que possa nos ajudar neste momento de crise e um problema que é nacional: o problema dos presídios. A qualquer momento a equipe de intervenção do Ministério da Justiça desembarca no estado para nos ajudar”, disse Lima.

O massacre desta segunda-feira ocorre um dia após a morte de 15 outros detentos no Compaj. Segundo a Seap, os óbitos de domingo decorreram de uma “briga entre presos” dos pavilhões 3 e 5, que teria começado durante o horário de visitação.

Após o acionamento do batalhão de choque da Polícia Militar, a situação no complexo penitenciário ficou sob controle, informou a secretaria. Nenhuma fuga foi registrada, e nenhum agente penitenciário foi ferido durante a confusão.

Nesta segunda-feira, a Seap confirmou que todos os mortos foram identificados e seus corpos, liberados para as famílias. Em função do ocorrido, a secretaria aplicou uma série de medidas administrativas em todas as unidades prisionais do estado, entre elas a suspensão das visitas. O defensor público-geral do Amazonas, Rafael Barbosa, disse que a suspensão visa a garantir a integridade dos presos e de seus parentes, e afirmou que a principal suspeita das autoridades estaduais é de que a briga entre presos esteja ligada à disputa entre facções criminosas.

Em janeiro de 2017, uma rebelião de 17 horas resultou na morte de 56 pessoas no Compaj, mesmo presídio onde um agente penitenciário foi assassinado em dezembro de 2018. O ano de 2017 foi marcado por uma crise no sistema penitenciário em vários estados, chegando a 126 o número de detentos mortos em massacres e confrontos em prisões no Amazonas, Roraima e Rio Grande do Norte.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Esta massiva galáxia antiga não deveria existir, de acordo com astrônomos

Uma galáxia massiva similar à Via Láctea desafia a compreensão da formação de galáxias por astrofísicos. Estudo publicado na Nature revela que o sistema surgiu 1,5 bilhões de anos após o Big Bang, sendo o …

Pela 1ª vez, Twitter alerta para fake news em posts de Trump

Rede social marcou dois tuítes do presidente americano com sugestão para que usuários chequem os fatos, apontando que alegações "não têm fundamento". Em reação, Trump acusou plataforma de interferir em eleições. A rede social Twitter colocou, …

Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra. O achado teve lugar em uma caverna que servia …

Costa Rica realiza primeiro casamento homoafetivo da América Central e celebra avanço social

Duas mulheres se casaram na manhã desta terça-feira na Costa Rica, que se tornou o primeiro país da América Central a legalizar o casamento entre pessoas homoafetivas. A pandemia de coronavírus restringiu as comemorações. …

Novo coronavírus não se propaga facilmente pelo contato com superfícies e objetos

Nós sabíamos que o novo coronavírus poderia sobreviver em superfícies por determinados períodos de tempo, e que há detergentes especiais para o manterem longe, mas essa não era a principal forma de transmissão. Agora o Centro …

Sistema do Twitter falha em rotular mensagens falsas

Com o propósito de ajudar seus usuários a não serem vítimas da desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Twitter investiu em mecanismos com base na inteligência artificial para rotular postagens falsas e …

EUA antecipam veto a entrada de estrangeiros que passaram pelo Brasil

Restrição passa a valer às 23h59 desta terça-feira, dois dias antes do anteriormente anunciado. Medida atinge cidadãos não americanos que estiveram em território brasileiro nos últimos 14 dias, salvo algumas exceções. O governo dos Estados Unidos …

Coronavírus: por precaução, OMS suspende ensaios clínicos com hidroxicloroquina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira, que suspendeu "temporariamente" os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em diversos países, por medida de precaução. A decisão segue a publicação na sexta-feira …

Exoplanetas habitáveis poderiam ser identificados por 'código de cores', afirma estudo

As enormes distâncias até os exoplanetas teoricamente capazes de suportar vida impedem a observação direta e a exploração dessas possibilidades, levando cientistas a procurar soluções inovadoras. Uma equipe de astrônomos da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, …

Remdesivir melhorou tempo de recuperação da covid-19

Um novo estudo envolvendo 50 pesquisadores da área da saúde descobriu que o remédio antiviral remdesivir, projetado originalmente para o tratamento do ebola, reduziu o tempo de recuperação em pacientes de Covid-19 de uma média …