Mau humor pode aumentar a produtividade

Ficar de mau humor pode ajudar a aumentar a sua produtividade. Uma pesquisa recente mostrou que, para algumas pessoas, estar de mau humor pode ajudar na concentração e a priorizar melhor as tarefas.

Tudo depende do tipo de pessoa que você é, até porque nem todas são iguais. Algumas têm temperamentos altamente reativos e suas reações emocionais são intensas e duram muito tempo. Outras são de baixa reatividade, o que significa que, mesmo que fiquem zangadas, não dura muito tempo.

Nesse recente estudo, os indivíduos de baixa reatividade não foram ajudados por estarem de mau humor. Aliás, a produtividade e eficiência chegaram mesmo a diminuir. Mas há algumas pessoas para quem o mau humor pode realmente ajudar a aprimorar o tipo de habilidades de pensamento que são cruciais na sua vida cotidiana.

Pesquisadores da Universidade de Waterloo, no Canadá, afirmam que suas descobertas oferecem mais informações sobre como o humor emocional afeta o funcionamento executivo, o grupo de habilidades que inclui a memória, o raciocínio rápido e a atenção aos detalhes.

O estudo analisou os dados de 95 participantes que foram solicitados a completar nove tarefas distintas e responder a algumas perguntas sobre seu humor e seu tipo de personalidade. Nos indivíduos altamente reativos, o mau humor foi associado a um melhor desempenho.

Por sua vez, um humor mais positivo não parece ter qualquer impacto no desempenho cognitivo tanto dos indivíduos altamente reativos quanto dos indivíduos pouco reativos.

O estudo, publicado este mês na Personality and Individual Differences, não especifica por que isso acontece, mas os pesquisadores sugerem que pessoas de alta reatividade são mais acostumadas a emoções negativas e, por isso, podem estar mais aptas a lidar com o mau humor.

Ainda assim, a pesquisadora Tara McAuley diz que as pessoas não devem interpretar os resultados de forma errônea, como adotar reações exageradas para o benefício da vida cotidiana, por exemplo. “A reatividade emocional difere de pessoa para pessoa desde muito cedo e essas diferenças individuais têm implicações para a saúde mental no desenvolvimento”.

No entanto, serão precisas pesquisas futuras para entender melhor essa relação, muito devido ao número relativamente pequenos de participantes no estudo.

Estudos anteriores avaliaram também o poder do mau humor, com alguns psicólogos defendendo que esses sentimentos, apesar de temporários, podem nos ajudar a lidar melhor com os nossos desafios diários e situações difíceis.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …