Mais da metade do nosso corpo não é humano

As células humanas representam apenas 43% do total de células do nosso corpo. Os restantes 57% são microrganismos que vivem em nós.

Nosso microbioma está se tornando uma área de estudo cada vez mais importante, que, ao mesmo tempo, permite que aumentemos a nossa compreensão sobre a saúde humana. “Os micróbios são essenciais para a nossa saúde”, disse a professora Ruth Ley, do departamento de microbiologia do Instituto Max Planck, na Alemanha, à BBC.

Inicialmente, o cenário era ainda mais intimidante, já que os cientistas pensavam que apenas 10% do nosso corpo era realmente humano. “A pesquisa foi refinada e a estimativa atual é a de que sejamos 43% humanos”, explicou Rob Knight, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos.

No entanto, ao contrário do que possamos pensar, não se trata de uma questão de higiene. Quase todos os cantos do nosso corpo estão cobertos de criaturas microscópicas – bactérias, vírus, fungos e arqueias – que não desaparecem, mesmo quando tomamos banho. Aliás, a maior concentração desta vida microscópica está nos intestinos.

Geneticamente falando, estamos ainda em maior desvantagem. O genoma humano é composto por 20 mil genes e, se juntarmos os genes do nosso microbioma, temos um número entre os 2 e os 20 milhões de genes microbianos.

Não temos apenas um genoma. Os genes do nosso microbioma representam um segundo genoma que aumenta a nossa própria atividade genética. O que nos torna humanos é, na minha opinião, uma combinação de nosso DNA com o DNA dos nossos micróbios intestinais”, disse Sarkis Mazmanian, do Instituto de Tecnologia da Califórnia.

Isso significa que não carregamos material microbiano à toa, sem que interaja ou tenha algum efeito nos nossos corpos. Aliás, o microbioma é uma personagem fulcral na regulação do nosso sistema imunológico.

Muitas vezes os micróbios são nossos aliados e não rivais, como são mais comumente conhecidos. Essa é uma das maiores preocupações dos cientistas, que estão preocupados com o fato de os antibióticos e vacinas atacarem não só os “micróbios maus” como também os “micróbios bons”.

Se por um lado a medicina fez um ótimo trabalho na eliminação de doenças infecciosas nos últimos 50 anos, por outro temos observado um enorme aumento de doenças autoimunes.

Mas o microbioma é também associado a doenças inflamatórias, Parkinson, câncer, depressão, autismo e até obesidade. Rob Knight defende que uma dieta baseada em chocolate, por exemplo, afeta o risco de desenvolver essa última condição como também o tipo de micróbios que crescem no nosso trato digestivo.

Para provar, o pesquisador realizou experiências com ratos que nasceram no mundo mais higienizado possível, ou seja, toda a sua existência tinha sido completamente livre de micróbios. Knight e seus colegas inseriram nesses animais o microbioma de humanos magros e obesos e isso fez com que os ratos se tornassem mais magros ou mais gordos.

“É uma descoberta incrível. Apesar disso, estamos concentrados em saber se poderia ser traduzida em um tratamento para humanos”, avançou Knight. A nova esperança pode se tornar um passo gigantesco: transformar os micróbios que habitam nossos corpos em uma forma de medicina.

Apesar de a medicina microbiana estar na sua fase inicial, os cientistas acreditam que a parte não humana do nosso corpo poderá ser lida instantaneamente num futuro próximo e fornecer informações importantes sobre a nossa saúde.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Japão lembra 75 anos de bomba de Hiroshima e pede união contra armas nucleares

Esta quinta-feira (6) marca o 75º aniversário do primeiro ataque com bomba atômica do mundo. Cerca de 140 mil pessoas morreram no bombardeio à cidade japonesa, realizado pelo Estados Unidos no fim da Segunda Guerra …

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …

Macron visita Beirute devastada e cobra reformas no Líbano

Presidente francês visita local da explosão e ouve apelos por mudanças por parte da população, para quem o desastre é consequência de anos de corrupção, caos público e má gestão. O presidente da França, Emmanuel Macron, …

Após ser engolido, besouro consegue escapar do intestino dos sapos

Uma pesquisa mostrou que o besouro aquático Regimbartia attenuata tem a capacidade de sobreviver ser engolido por um sapo. Todos já ingerimos coisas que parecem querer sair correndo de dentro de nós, mas deve ser muito …

Disney+ chegará à América Latina em novembro

Ao divulgar que ultrapassou a marca de 60 milhões de assinantes, a Disney também reforçou uma informação que traz esperança a muita gente: o Disney+ deve mesmo chegar à América Latina em novembro. A informação foi …

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …