Moscas são muito mais perigosas do que imaginávamos

Cientistas descobriram que dois tipos de moscas muito comuns em ambientes urbanos podem transmitir mais doenças do que se imaginava.

A mosca doméstica (Musca domestica) e a mosca varejeira (Chrysomya megacephala) carregam cada uma mais de 300 tipos de bactérias, de acordo com um estudo feito por pesquisadores da PennState University, nos Estados Unidos.

Muitas dessas bactérias são causadoras de doenças que afetam os seres humanos, incluindo infecções no estômago, intoxicações e até pneumonia.

Os micróbios concentram-se nas pernas e nas asas dos insetos e se espalham pelo ambiente, por exemplo, cada vez que uma mosca pousa na comida. Cada movimento dos insetos pode espalhar as bactérias, afirmam os especialistas.

“As pessoas tinham alguma noção de que as moscas transportavam agentes patogênicos, mas não tinham ideia da dimensão desse fato e da escala em que essas bactérias podem ser transportadas”, destaca Donald Bryant, professor de bioquímica e biologia molecular da PennState University e um dos autores do estudo.

Surtos de doenças

Os pesquisadores analisaram 116 moscas de diversos habitats de três continentes e utilizaram técnicas de sequenciamento de DNA para identificar as bactérias que estavam sobre o corpo dos insetos.

A mosca doméstica, encontrada em todo o planeta, carrega 351 tipos de bactérias. Por sua vez, a mosca varejeira, mais comum em climas quentes, transporta 316 tipos. Muitos dos micro-organismos foram encontrados nas duas espécies.

Os cientistas, que publicaram o estudo nos Scientific Reports, destacam que as moscas podem ser subestimadas pelas autoridades de saúde pública como fontes de surtos de uma série de doenças.

“Acreditamos que isso possa demonstrar um mecanismo de transmissão patogênica que tem sido negligenciado pelas autoridades de saúde pública, que as moscas podem contribuir para a transmissão de agentes patogênicos em situações de surtos”, destacou Bryant.

Alguns pesquisadores acreditam, contudo, que as moscas podem ser úteis e funcionar como sistemas de alerta para determinadas doenças ou como “drones vivos” capazes de entrar em espaços reduzidos para procurar por micróbios.

“As moscas poderiam ser intencionalmente lançadas como drones biônicos autônomos aos menores espaços e fendas e, depois de recapturadas, fornecer informações sobre todo o material biológico que encontraram”, ilustra Stephan Schuster, diretor de pesquisa na Universidade Tecnológica de Nanyang, em Singapura.

Moscas domésticas são conhecidas pelos péssimos hábitos de higiene, entre frequentar aterros sanitários e se alimentar de todo o tipo de comida em decomposição, animais mortos e matéria fecal. São potenciais vetores de doenças para seres humanos, animais e plantas.

As varejeiras são as moscas mais comuns vistas sobre animais mortos. Habitualmente estão em áreas urbanas e são frequentemente encontradas perto de fábricas de processamento de carne, matadouros e lixeiras.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fazenda futurista planeja cultivar e servir carne “impressa” no Espaço

Se a reprodução dos sabores, da textura, da aparência e do aroma de carnes de origem animal não são mais limite para as empresas que produzem carne vegetal, muito em breve nem o próprio Planeta …

Rara cobra de duas cabeças encontrada na Florida

O que tem dois cérebros, nenhuma perna e a melhor foto de perfil no Facebook? Com certeza esta rara cobra de duas cabeças recentemente descoberta por um gato doméstico em Palm Harbor, Flórida, EUA. A família …

Segunda onda no Brasil pode vir a qualquer momento, alerta especialista

Apesar de diminuição dos casos, epidemia do coronavírus não acabou no Brasil e segunda onda da COVID-19 pode acontecer a qualquer momento, disse médica à Sputnik Brasil. Na terça-feira (27), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância …

Marido de Isabel dos Santos morreu no Dubai

Morreu nesta quinta-feira no Dubai o marido da empresária angolana Isabel dos Santos, o empresário congolês Sindika Dokolo, segundo confirmou à agência noticiosa Lusa, uma fonte ligada à família. A imprensa congolesa indicou há algumas …

Brasileira é uma das três vítimas do atentado em Nice

Uma brasileira está entre as três vítimas do atentado com faca ocorrido na cidade francesa de Nice nesta quinta-feira (29/10), segundo confirmou o Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Em comunicado, o Itamaraty afirmou que a …

Governo do Catar se desculpa por exames ginecológicos forçados feitos em aeroporto

O Catar fez nesta quarta-feira (28) um mea culpa pelos exames ginecológicos forçados a que foram submetidas várias mulheres no aeroporto de Doha. Os testes foram realizados com o objetivo de encontrar a mãe …

Sonda descobre 'duendes' e 'elfos' surgindo na atmosfera de Júpiter

Uma equipe de cientistas analisou imagens ultravioletas da sonda Juno, da NASA, no planeta gigante, e por 11 vezes surgiram luzes extremamente curtas e peculiares. A sonda espacial Juno, da agência espacial norte-americana NASA, captou uma …

Astrônomos descobrem atividade em objeto planetário distante do Sistema Solar

Uma equipe de astrônomos anunciou sua descoberta da atividade de Centaur 2014 OG392, um objeto planetário observado pela primeira vez em 2014. Centauros são planetas menores que os astrônomos pensam que se originaram no Cinturão de …

Com Google acusado de monopólio, Apple estaria agilizando seu próprio buscador

No mês de agosto, o Canaltech noticiou que a Apple poderia estar trabalhando em seu próprio motor de busca para não ter mais que utilizar os recursos do Google. Agora, novas informações divulgadas pelo jornal Financial …

Ataque com faca deixa três mortos em Nice, na França

Mulher é decapitada dentro de igreja e mais duas pessoas são mortas com golpes de faca. Segundo prefeito, agressor teria repetido "Allah Akbar". Atentado ocorre em meio a tensões devido a caricaturas do profeta Maomé. Ao …