Morales se proclama vencedor das eleições na Bolívia

Alain Bachellier / Flickr

Evo Morales, Presidente da Bolívia

Em fala contraditória, presidente disse que resultados apontam sua reeleição no primeiro turno, mas que ele acharia “lindo” disputar uma segunda rodada. Oposição acusa fraude no pleito.

O presidente Evo Morales afirmou nesta quinta-feiraque venceu o primeiro turno nas conturbadas eleições presidenciais na Bolívia, depois de alcançar, segundo os resultados oficiais, uma diferença de 10 pontos percentuais sobre seu adversário Carlos Mesa. Por outro lado, ele mandou uma mensagem contraditória ao afirmar que está aberto a disputar um segundo turno, se os resultados apontarem isso.

Boas notícias … Nós já vencemos no primeiro turno“, disse Morales em uma entrevista coletiva, baseando-se no cômputo oficial da apuração de 98,42% das urnas, que apontou que ele somou 46,83% dos votos frente aos 36,7% de Mesa.

Esse resultado permite que Morales evite uma segunda rodada. O sistema eleitoral na Bolívia considera ganhador ainda no primeiro turno o candidato que obtiver mais de 50% dos votos ou pelo menos 40%, com uma diferença de dez pontos percentuais sobre o segundo colocado.

Evo ainda disse em seguida que ainda aguarda a confirmação e a contagem dos votos restantes. “Vamos defender a democracia e os resultados. Falta apurar algo como 120 mil votos. Se o resultado final diz que vamos ao segundo turno, iremos. Que lindo seria ir ao segundo turno. Todos da direita vão se unir”, afirmou.

Enquanto a apuração prossegue, a tensão continua a crescer na Bolívia após as eleições de domingo. Setores da oposição estão convocando manifestações, e Mesa vem afirmando que houve fraude eleitoral no pleito.

As suspeitas surgiram após o Tribunal Supremo Eleitoral do país interromper a divulgação dos resultados na noite de domingo, quando os números indicavam que haveria um segundo turno. Na segunda-feira, uma nova parcial do sistema de contagem rápida apontou Morales na liderança, com 46,87% dos votos, enquanto Mesa aparecia com 36,73%, com 95,3% dos votos computados. Na terça-feira, foi a vez de a contagem interrompida no domingo ser retomada, desta vez mostrando Evo vencedor por estreita margem.

Diante do vai e vem, um relatório da Organização dos Estados Americanos (OEA) indicou “a necessidade de um segundo turno para assegurar o pleno respeito à escolha popular e democrática”.

Nesta quinta, Morales questionou o papel da missão da OEA e reclamou que ela tenha feito essa proposta antes que a apuração oficial terminasse. “Não quero acreditar que a missão da OEA esteja do lado do golpe de Estado“, disse, insistindo na tese de que a greve e os protestos são uma tentativa de levante contra ele.

Na véspera, seu adversário, Carlos Mesa, anunciou a formação de uma “Coordenação de Defesa da Democracia” para pressionar pela realização de um segundo turno.

O objetivo da aliança com os partidos da direita e com líderes centristas é “conseguir que se cumpra a vontade popular de definir a eleição presidencial no segundo turno”, destacou uma nota publicada no Twitter.

A aliança articulada por Mesa é formada pelo governador de Santa Cruz, Rubén Costas, o candidato de direita Óscar Ortiz, o empresário Samuel Doria Medina, líder da Unidade Nacional (UN, centro direita), e Fernando Camacho, executivo do Comitê Cívico Pró-Santa Cruz, da direita radical, entre outros. A Conferência Episcopal Boliviana (CEB) também defendeu a realização de “um segundo turno, com uma supervisão imparcial, como a melhor saída democrática para o momento que o país vive”.

No poder há 13 anos, Morales tornou-se no primeiro presidente indígena e de esquerda do país andino, mas diversos casos de corrupção nos círculos próximos do poder e denúncias de uma guinada autoritária também desgastaram a sua imagem. A decisão de Morales em apresentar-se a um quarto mandato, apesar do “não” no referendo de fevereiro de 2016, foi muito criticada por diversos setores da sociedade boliviana e da oposição.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …

Testes de DNA da moda não identificam indígenas brasileiros

Testes de DNA estão na moda. Se você pensou em exames para comprovar paternidade ou algo nesse sentido: não é disso que estamos falando (embora pudéssemos). A nova tendência — entre aqueles que têm condições para …

EUA e Brasil querem barrar governo Maduro na Organização Pan-Americana da Saúde

Os Estados Unidos, o Brasil e outros 11 países rejeitaram nesta segunda-feira (28) a legitimidade do governo de Nicolás Maduro na Venezuela para participar do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A …

Água líquida em Marte: descobertas mais reservas no polo sul do Planeta Vermelho

Em 2018, pesquisadores italianos anunciaram que haviam encontrado evidências da existência de água líquida em Marte, abaixo da calota polar sul. Agora, a equipe voltou em mais uma série de informações que não apenas sustentam essa …

Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para covid-19

Uma equipe de cientistas russos sugeriu tratar os pacientes gravemente afetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 da mesma maneira que são tratados alguns casos de intoxicação. De acordo com os especialistas do Instituto de Pesquisa de Medicina de …

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …