Evo Morales alerta para “golpe de Estado nesta semana” na Bolívia

tvbrasil / Flickr

Evo Morales, Presidente da Bolívia

O presidente da Bolívia, Evo Morales, alertou neste domingo que seus adversários preparam um golpe de Estado “para esta semana”, a segunda advertência desse tipo em cinco dias, em meio a uma greve e a protestos contra controversa vitória eleitoral no primeiro turno.

“Alerto desde Vila Vila (povoado rural) a todo o povo boliviano: distintos setores sociais (…) se preparam para fazer um golpe de Estado na próxima semana“, disse o presidente, em um ato público. O Tribunal Eleitoral (TSE) boliviano anunciou na sexta-feira a vitória de Morales no primeiro turno com 47,08% dos votos válidos, contra 36,51% para seu principal concorrente, Carlos Mesa.

Mesa, presidente boliviano entre 2003 e 2005, disse no sábado não reconhecer a proclamação oficial de Morales para um quarto mandato em primeiro turno, por ser “resultado de uma fraude“. A oposição anunciou que, já na segunda-feira, se intensificarão as medidas de protesto, especialmente em La Paz, sede do Executivo e do Legislativo.

“Estamos em um cenário de conspiração, contra a democracia, contra as eleições“, garantiu o ministro de Governo (Interior), Carlos Romero, à rede de rádios estatais.

Anulação da eleição

Neste domingo, uma plataforma que articula os comitês cívicos regionais (Conade) pediu a anulação das eleições e a convocação de um novo pleito.

O líder do grupo, Waldo Albarracín, aliado de Mesa, disse que “diante da realidade da fraude eleitoral”, o Conade “exige a anulação das eleições“, além da formação de um novo tribunal eleitoral, “desta vez imparcial.

Morales descartou no sábado qualquer negociação política com a oposição sobre recontagem final dos votos e exigiu respeito aos resultados. O presidente já havia avisado que seus adversários estavam preparando um golpe de Estado, embora sem fornecer nenhuma prova de sua afirmação.

Nossa responsabilidade é informar, para que as pessoas também tenham a responsabilidade de defender nosso processo de mudança e a mudança que fizemos em pouco tempo em nossa amada Bolívia”, disse Morales.

Após as dúvidas levantadas pela contagem dos votos, o presidente boliviano propôs à Organização dos Estados Americanos (OEA) a realização de uma auditoria do processo, que seu secretário-geral, Luis Almagro, aceitou.

// RFI

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Esse “alerta” na verdade parece ser uma ameaça à oposição: “Se vocês fizerem algo, vamos massacrá-los e, depois, dizer que estávamos sofrendo um ataque golpista”.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Senadora se declara presidente da Bolívia

A parlamentar oposicionista e segunda vice-presidente do Senado Jeanine Áñez declarou-se presidente da Bolívia nesta terça-feira (12). Ela também afirmou que o país terá novas eleições após a formação de uma nova comissão eleitoral. "De acordo …

Bolsonaro anuncia saída do PSL

Em meio à crise por disputa de poder na legenda, presidente afirma que pretende criar novo partido. Cerca de 30 parlamentares aliados de Bolsonaro devem seguir exemplo e deixar o PSL. O presidente Jair Bolsonaro anunciou …

Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo

Forças israelense bombardeiam casa de líder extremista na Faixa de Gaza. Militantes palestinos reagem disparando dezenas de mísseis contra Israel. Autoridades pedem que população fique em casa. Um importante comandante militar do grupo extremista palestino Jihad …

Cão aprende a falar usando máquina de escrever e já sabe 29 palavras

Stella tem 18 meses e, apesar de ser um cachorro, já sabe “falar” mais do que muitos humanos da sua idade. Através de uma máquina criada por sua tutora, o animal consegue se comunicar usando …

Saída de Lula da prisão pode ser “oportunidade” para Bolsonaro, diz especialista ao Le Monde

O jornal Le Monde deste domingo e segunda-feira, feriado em que a França comemora o Armistício da Primeira Guerra Mundial, traz uma reportagem de página inteira sobre a liberação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da …

Evo Morales deixa a Bolívia rumo ao México

O agora ex-presidente Evo Morales deixou a Bolívia na noite desta segunda-feira (11) e pegou um avião em direção ao México. Em comunicado via Twitter, Evo Morales disse que estava agradecido ao México por ter lhe …

Turquia repatria jihadistas estrangeiros do "Estado Islâmico"

A Turquia começou a repatriar nesta segunda-feira (11/11) jihadistas estrangeiros do grupo terrorista "Estado Islâmico" (EI) que foram capturados no norte da Síria. Um alemão, um dinamarquês e um americano foram os primeiros deportados por …

Fumar aumenta o risco de depressão e esquizofrenia?

De acordo com um novo estudo da Universidade de Bristol (Reino Unido), fumar pode aumentar o seu risco de desenvolver depressão ou esquizofrenia. Os pesquisadores queriam estudar a relação conhecida entre tabagismo e doenças mentais. Muitas …

Prisões não vão abrir as portas após decisão do STF, dizem especialistas

Segundo especialistas ouvidos pela Sputnik Brasil, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o momento da execução da pena não vai fazer com que as "portas dos presídios sejam abertas para criminosos perigosos". Na quinta-feira …

EUA acusam China de exportar drones autônomos letais para o Oriente Médio

O exército hi-tech de autômatos letais, antes uma visão do futuro, já é uma realidade e está em pleno curso, inclusive com comércio dessa nova tecnologia em andamento. Isso é o que diz o secretário de …