Morre Toni Morrison, primeira mulher negra a ganhar um Nobel de literatura

“Apesar de sua morte representar uma tremenda perda, estamos gratos por ela ter tido uma vida longa e bem vivida”, afirmou a família de Toni Morrison, 88 anos, a primeira afro-americana a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura. Ela morreu após uma breve doença, informou a família em um comunicado divulgado nesta terça-feira (6).

O comunicado diz que a escritora, prêmio Pulitzer de ficção em 1988, pelo romance “Amada”, morreu após uma curta doença, sem mais detalhes. Outros livros conhecidos de Toni Morrison incluem “Jazz”, sequência de “Amada”, e “Paraíso”.

Acadêmica brilhante, Morrison escreveu 11 romances em seis décadas, além de ensaios, livros para crianças, duas peças de teatro e até um livreto de ópera. No ensaio “Playing in the Dark” (Brincando no Escuro), ela destrincha o papel do escravo, em contraste com o do branco, na construção da identidade americana. Ela ressalta que na ficção americana, os negros durante muito tempo serviram de trampolim para colocar em valor o herói branco.

Morrison ficou conhecida por dar visibilidade literária aos negros. Ela explorou a história dos afro-americanos, desde a escravidão até chegar à emancipação na sociedade atual.

Segundo o comitê da Academia Sueca, o prêmio Nobel foi dado a Morrison, uma escritora “que, em romances caracterizados por força visionária e teor poético, dá vida a um aspecto essencial da realidade americana”.

Chloé Anthony Wofford nasceu em 18 de fevereiro de 1931, em Lorain, perto de Cleveland, Ohio, em plena Grande Depressão. Wofford era o sobrenome do fazendeiro branco proprietário de seus avós escravos. Criada em um meio humilde, mas multicultural, ela afirma que nunca teve consciência da segregação até ir estudar, em 1949, na Universidade Howard, conhecida como a “Harvard negra”, em Washington.

Ela continuou seus estudos na Universidade de Cornell, onde apresentou uma tese sobre os suicídios de William Faulkner e Virginia Woolf.

Durante o período de luta pelos direitos cívicos, ela se tornou editora na Random House e militou pela causa negra, publicando as biografias de Mohammed Ali e Angela Davis.

Em 1970, ela publica “O Olho mais Azul”, sobre uma adolescente negra que sonha com bonecas de olhos azuis e que se perde na loucura após ficar grávida de seu pai adotivo. Na época, o livro vendeu apenas 700 cópias. Mas sua antologia de autores negros “O Livro Negro” (1974), tornou-se uma referência.

Em 2015, ela publicou seu último romance, o décimo primeiro, “Deus Ajude Essa Criança”. Em 2006, Toni Morrison veio ao Brasil, onde participou da 4ª Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Novo estudo aponta Uber e Lyft como responsáveis por aumento de 70% da poluição

Um novo estudo divulgado pela Union of Concerned Scientists nesta terça-feira (25) afirma que as viagens feitas em carros de apps como o Uber e o Lyft foram responsáveis por um aumento de 69% nos …

Brasil tem primeiro teste positivo para coronavírus

Pela primeira vez, o teste em um paciente no Brasil deu positivo para o novo coronavírus causador da doença Covid-19. Segundo divulgou o Ministério da Saúde nesta terça-feira (25/02), trata-se de um homem de 61 …

Tese diz que ‘Parasita’ se inspirou em filme de Sérgio Mallandro e assusta por coerência

E se toda a inspiração do mago do cinema Bong Joon Ho viesse das grandes pérolas do nosso cinema dos anos 90? O diretor e roteirista de parasita já se declarou um fã da sétima …

Cientistas: a primeira vida alienígena que encontrarmos provavelmente será inteligente

Segundo cientistas do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), é mais provável que encontremos evidências de vida extraterrestre inteligente antes de encontrarmos microrganismos aliens, por exemplo. Por quê? Se você costuma ler notícias sobre a busca científica …

'Marte está vivo': sonda da NASA registra sismos no Planeta Vermelho

Os resultados dos primeiros 10 meses de observações da sonda InSight da NASA em Marte conseguiram revelar que o Planeta Vermelho é um mundo sismicamente ativo. "Marte está vivo", comentou a missão InSight no Twitter, acrescentando …

Brasileiro cria app para ajudar conterrâneos imigrantes nos Estados Unidos

Mudar-se para outro país pode ser uma das experiências mais desafiadoras até mesmo para quem tem conhecimento da língua e da região onde vai morar. Contudo, isso pode ficar mais fácil com uma ajudinha de …

Em visita à Índia, Trump é homenageado em evento “Namaste Trump”

O presidente americano Donald Trump e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi celebraram, nesta segunda-feira, um comício para 100.000 pessoas em um estádio de críquete. O evento, chamado de “Namaste Trump”, é considerado o momento …

Harvey Weinstein é condenado por estupro e abuso sexual

O ex-produtor de cinema Harvey Weinstein foi condenado pelos crimes de estupro e abuso sexual por um tribunal em Nova York nesta segunda-feira (24/02) – um marco para o movimento #MeToo, que inspirou mulheres a …

Barbie apresenta coleção inspirada nos Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020 já estão batendo na porta. Além de novas modalidades como Baseball, Softball, Surfe, Escalada, Karatê e Skate, novos produtos licenciados do maior evento esportivo de todo o mundo já …

Pesquisadores usam inteligência artificial para descobrir novo antibiótico

Um time de pesquisadores do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) descobriu, por meio da inteligência artificial, um novo tipo de antibiótico, após um poderoso algoritmo analisar por vários dias mais de 100 milhões de compostos …