Morre Toni Morrison, primeira mulher negra a ganhar um Nobel de literatura

“Apesar de sua morte representar uma tremenda perda, estamos gratos por ela ter tido uma vida longa e bem vivida”, afirmou a família de Toni Morrison, 88 anos, a primeira afro-americana a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura. Ela morreu após uma breve doença, informou a família em um comunicado divulgado nesta terça-feira (6).

O comunicado diz que a escritora, prêmio Pulitzer de ficção em 1988, pelo romance “Amada”, morreu após uma curta doença, sem mais detalhes. Outros livros conhecidos de Toni Morrison incluem “Jazz”, sequência de “Amada”, e “Paraíso”.

Acadêmica brilhante, Morrison escreveu 11 romances em seis décadas, além de ensaios, livros para crianças, duas peças de teatro e até um livreto de ópera. No ensaio “Playing in the Dark” (Brincando no Escuro), ela destrincha o papel do escravo, em contraste com o do branco, na construção da identidade americana. Ela ressalta que na ficção americana, os negros durante muito tempo serviram de trampolim para colocar em valor o herói branco.

Morrison ficou conhecida por dar visibilidade literária aos negros. Ela explorou a história dos afro-americanos, desde a escravidão até chegar à emancipação na sociedade atual.

Segundo o comitê da Academia Sueca, o prêmio Nobel foi dado a Morrison, uma escritora “que, em romances caracterizados por força visionária e teor poético, dá vida a um aspecto essencial da realidade americana”.

Chloé Anthony Wofford nasceu em 18 de fevereiro de 1931, em Lorain, perto de Cleveland, Ohio, em plena Grande Depressão. Wofford era o sobrenome do fazendeiro branco proprietário de seus avós escravos. Criada em um meio humilde, mas multicultural, ela afirma que nunca teve consciência da segregação até ir estudar, em 1949, na Universidade Howard, conhecida como a “Harvard negra”, em Washington.

Ela continuou seus estudos na Universidade de Cornell, onde apresentou uma tese sobre os suicídios de William Faulkner e Virginia Woolf.

Durante o período de luta pelos direitos cívicos, ela se tornou editora na Random House e militou pela causa negra, publicando as biografias de Mohammed Ali e Angela Davis.

Em 1970, ela publica “O Olho mais Azul”, sobre uma adolescente negra que sonha com bonecas de olhos azuis e que se perde na loucura após ficar grávida de seu pai adotivo. Na época, o livro vendeu apenas 700 cópias. Mas sua antologia de autores negros “O Livro Negro” (1974), tornou-se uma referência.

Em 2015, ela publicou seu último romance, o décimo primeiro, “Deus Ajude Essa Criança”. Em 2006, Toni Morrison veio ao Brasil, onde participou da 4ª Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Morre primeiro paciente que se curou da aids

Conhecido como "o paciente de Berlim", Timothy Ray Brown passou por um transplante de células-tronco em 2007 e se curou tanto da aids como de uma leucemia. Mas o câncer retornou nos últimos meses e …

Ausência nas eleições poderá ser justificada pelo celular

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou nesta quarta-feira (30) que a justificativa de ausência nas próximas eleições - cujas votações ocorrerão em 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno) - poderá …

"Mafalda" perde seu criador, Quino, aos 88 anos

O criador de Mafalda, o cartunista argentino Quino, morreu aos 88 anos. O icônico ilustrador e humorista marcou a vida argentina e do mundo todo com a criação da pequena menina com grandes ideias que …

Muito além de Netuno: objeto binário choca cientistas por ter partes orbitando muito perto

Um objeto transnetuniano (TNO, na sigla em inglês) binário foi detectado por uma rede de observação nos EUA. Objetos transnetunianos consistem em pequenos corpos gelados que orbitam o Sol a uma distância longínqua, para além …

Acusados de financiar terrorismo na Síria com bitcoins são detidos na França

A Procuradoria Nacional Antiterrorista (PNAT) da França anunciou a detenção nesta terça-feira (29) de 29 pessoas acusadas de transferir recursos a jihadistas na Síria graças a um circuito sofisticado no qual foram utilizadas criptomoedas. A …

Donald Trump e Joe Biden travam debate caótico

Xingamentos e interrupções marcam primeiro duelo direto. Trump se recusa a condenar racistas, e Biden chama presidente de palhaço e mentiroso. Democrata sinaliza que pretende retaliar Brasil por devastação ambiental. Faltando pouco mais de um mês …

Flight Simulator tem um bug com buraco bizarro no mapa do Brasil

Vejam só: encontraram um bug respeitável na edição 2020 de Flight Simulator, o respeitado simulador de voo da Microsoft. E, para o nosso orgulho, a falha se localiza especificamente no Brasil. Se você sobrevoar as coordenadas …

Médica fez viagem institucional para impedir aborto de criança vítima de estupro e Damares teria atuado nos bastidores

Uma reportagem da Folha de São Paulo afirmou que uma das médicas que trabalhou para impedir o aborto legal de uma criança de 10 anos que foi estuprada em São Mateus, ES, confessou, em entrevista, …

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …