Em caso raro, mulher doa órgãos e transmite câncer a quatro pessoas

Quatro pessoas que receberam órgãos da mesma doadora desenvolveram posteriormente câncer de mama, revelou um novo estudo. O caso, que remota a 2007, representa uma situação extremamente rara.

Rins, pulmões, fígado e coração foram retirados de um mesmo doador para serem implantados em quatro receptores diferentes e todos acabaram tendo câncer de mama depois da operação, segundo um estudo publicado em abril no American Journal of Transplantation.

Os quatro doentes desenvolveram metástases e três acabaram morrendo. O quarto doente conseguiu sobreviver depois de os médicos terem voltado a remover um dos rins doados e após ser submetido a múltiplos tratamentos.

A doadora, uma mulher holandesa de 53 anos que morreu na sequência de um ataque cerebral em 2007, não tinha nenhum problema médico conhecido, nem muito menos foi diagnosticado qualquer tumor maligno nos órgãos.

O autor do estudo, o professor de Nefrologia na Universidade de Amsterdã, Frederike Bemelman, qualificou o caso como “extremadamente raro“. “Há sempre um pequeno risco. [Mas] também há uma pequena probabilidade de que algo aconteça durante o  processo”, comentou o especialista.

“Esse é o primeiro caso de transmissão de câncer de mama como resultado de um transplante de órgãos de um único doador que afetou quatro pacientes. Nenhum estudo anterior detectou um intervalo tão longo entre o transplante e a manifestação do tumor”.

Um caso “excepcional”

De acordo com o El País, o primeiro receptor afetado foi uma mulher de 42 anos que recebeu ambos os pulmões e foi diagnosticada com câncer de mama com metástases já em outros órgãos, apenas 16 meses após a operação.

Uma análise de DNA determinou que as células tumorais que acabaram matando a mulher eram provenientes da doadora. Frente a isso, a Eurotrasplant reportou o caso em janeiro de 2010.

A receptora do rim esquerdo também morreu da doença em 2013. Pouco depois, em 2014, a mulher transplantada com o fígado da doadora faleceu. Ela foi alertada sobre a presença do tumor em 2011, mas se recusou a remover o órgão.

O receptor do coração morreu cinco meses depois da operação devido a uma infecção. Em todos os receptores, foram detectados nas células tumorais marcadores de DNA que coincidiam com o perfil genético da doadora.

Um homem de 32 anos, que recebeu o outro rim, também foi alertado sobre a situação. E, nesse caso, o órgão foi removido, a doença foi tratada e conseguiu sobreviver – dos quatro transplantados, ele foi o único sobrevivente.

A transmissão de uma neoplasia – câncer – após um transplante de um órgão acontece apenas cerca de cinco vezes em 10 mil transplantes e na maioria dos casos a tecnologia disponível não permite que seja detectada antes da doação.

A Diretora de Serviços Médicos da Organização Internacional de Transplantes, Elisabeth Coll, afirmou à agência EFE que “os casos infelizes acontecem excepcionalmente, porque são impossíveis de serem detectados antes”.

“Antes de se fazer um transplante de qualquer órgão, são realizados todos os testes possíveis para descartar qualquer transmissão neoplásica”, salientou a responsável.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fóssil quase completo revela segredos sobre leão marsupial que aterrorizou a Austrália

A recente descoberta do fóssil de um esqueleto quase completo de um leão marsupial extinto revelou alguns dos seus segredos. Segundo a equipe de cientistas, cujo estudo foi publicado no dia 12 de dezembro na revista …

Boris, um robô altamente avançado, era na verdade um homem disfarçado

Em um fórum dedicado à robótica, a estação televisiva Rússia 24 apresentou um robô humanoide altamente avançado. Mas Boris era apenas um disfarce. “O Boris já aprendeu a dançar e não é ruim nisso”, foi assim …

Senado dos EUA responsabiliza príncipe saudita pelo homicídio de Khashoggi

Os senadores norte-americanos aprovaram por unanimidade uma resolução que refere que o príncipe herdeiro é “responsável pelo homicídio”, solicitando ao governo da Arábia Saudita que “garanta a aplicação de medidas apropriadas”. O Senado dos Estados Unidos …

Desigualdade cria ambiente propício para extrema direita no Brasil, diz Dilma

Personificada no presidente eleito Jair Bolsonaro, a extrema direita estava latente no Brasil e aproveitou-se da desigualdade para pavimentar seu crescimento. A avaliação foi feita pela ex-presidente Dilma Rousseff, derrotada nas eleições de outubro ao …

Químicos usados em panelas e roupas tornam os pênis menores

Um novo estudo científico concluiu que a exposição a altos níveis de compostos perfluoroalquílicos, mais conhecidos por PFCs, atrofia o crescimento dos órgãos sexuais masculinos, tornando os pênis menores e afetando também a fertilidade dos …

Atriz pornô é condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump

Stormy Daniels foi condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump para cobrir os gastos do presidente dos EUA com a Justiça. A atriz pornô Stormy Daniels, cujo nome real é Stephanie Clifford, foi condenada …

McDonald's vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem se adaptar e se tornar resistentes. Quando se trata de …

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade na Alemanha

Um “rio” de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, esta semana. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade, se …

Sonda da NASA captou o som do vento em Marte

A sonda InSight da NASA pousou em Marte em 26 de novembro, tendo a missão de estudar o interior do Planeta Vermelho. Por enquanto, nos presenteou com o som do vento no nosso planeta vizinho. No …

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera – a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …