Novo medicamento bloqueia câncer infantil com eficácia de 93%

Um novo estudo da Universidade do Texas, nos EUA, revela uma droga inédita que ataca uma fusão de genes encontrada em muitos tipos de câncer e foi eficaz em 93% dos pacientes pediátricos testados.

A maioria dos medicamentos contra o câncer é direcionada a órgãos ou locais específicos do corpo. O larotrectinibe é o primeiro remédio a receber a designação de terapia inovadora pela Administração de Drogas e Alimentos dos EUA.

O medicamento pode ser dado a pacientes com uma fusão específica de dois genes, independentemente do tipo de câncer que apresentam.

“Em alguns tipos de câncer, uma parte do gene TRK liga-se a outro gene, o que é chamado de fusão. Quando isso ocorre, o gene TRK passa a estar onde não deveria e faz com que as células cancerígenas cresçam. O que é único sobre a droga é que é muito seletiva, bloqueia apenas os receptores TRK”, disse o principal autor do estudo, Ted Laetsch.

Ou seja, o larotrectinibe tem como alvo as fusões de TRK, que podem ocorrer em muitos tipos de câncer, incluindo o de pulmão, colo do útero, tiroide e mama, assim como certos tumores pediátricos.

O TRK é um gene que desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso, mais tarde tendo um papel limitado nas suas funções, como a regulação da dor na vida adulta.

Embora as fusões de TRK ocorram em apenas uma pequena porcentagem de cânceres comuns em adultos, ocorrem com frequência em alguns casos raros de câncer pediátrico, como fibrossarcoma infantil, nefroma mesoblástico congênito celular e câncer de tiroide papilar.

“Cada paciente com um tumor sólido positivo para fusão de TRK tratado nesse estudo viu o tumor encolher. A taxa de resposta quase universal vista com larotrectinibe é sem precedentes”, afirmou o Dr. Laetsch.

Por exemplo, o caso de Briana Ayala, de 13 anos, que tinha um tumor raro no abdômen em volta da aorta, a maior artéria do corpo. Apesar de arriscada, a criança foi sujeita a uma cirurgia para remover partes da aorta e se livrar da maior parte do tumor também.

Mas o câncer voltou a crescer e nenhum outro tratamento estava disponível. Briana tinha a fusão de TRK, pelo que se inscreveu para o ensaio clínico do larotrectinibe, tomando o medicamento duas vezes ao dia.

Em poucas semanas, a dor e o inchaço no abdômen diminuíram, e os exames mostraram que o tumor tinha diminuído significativamente. Quase dois anos depois, Briana está de volta à escola.

O larotrectinibe pertence a uma classe de moléculas conhecidas como inibidores de quinase, que atuam na redução da atividade enzimática de uma reação celular chave.

A seletividade do remédio significa que não causa efeitos colaterais severos associados a muitos tratamentos tradicionais de câncer. Nenhum dos pacientes com fusões de TRK teve que abandonar os estudos por causa de um efeito colateral induzido pela droga.

Igualmente importante, a resposta foi duradoura para a maioria dos pacientes. “Para alguns dos medicamentos-alvo no passado, muitos pacientes responderam inicialmente, mas desenvolveram resistência rapidamente. Até o momento, a resposta a essa droga parece ser durável na maioria dos pacientes”, comemorou Laetsch.

O próximo passo da pesquisa é um ensaio clínico que envolve uma droga semelhante para os pacientes que de fato desenvolveram resistência.

Os resultados foram publicados em março, na revista The Lancet Oncology.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …

Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência …

OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a pandemis de Covid-19, não obstante a corrida que se verifica actualmente de forma a descobrir uma vacina …