Nobel da Paz premia agência alimentar da ONU

Maior agência humanitária do planeta é premiada por seu trabalho no combate à fome no mundo. Comitê destaca necessidade da cooperação multilateral nos dias de hoje.

O Programa Alimentar Mundial da ONU, maior agência humanitária do planeta, foi agraciado nesta sexta-feira (09/10) com o Prêmio Nobel da Paz por seu empenho para combater a fome no planeta, anunciou o Comitê do Nobel da Paz, em Oslo.

A organização foi reconhecida pelo seu trabalho durante a pandemia de covid-19, que “contribuiu para um forte aumento no número de vítimas da fome no mundo”, afirmou o comitê.

Segundo a agência, mais de 821 milhões de pessoas no mundo sofrem de fome crônica, enquanto outros 135 milhões enfrentam fome severa ou inanição e outros 130 milhões podem se juntar a esse grupo no final de 2020 devido à pandemia. A América Latina foi especialmente atingida pelo coronavírus, com o número de habitantes que precisam de assistência alimentar quase triplicando.

A organização destacou a necessidade de cooperação multilateral nos dias de hoje e os esforços da agência da ONU para “melhorar as condições para a paz em áreas afetadas por conflitos”, disse o comitê Nobel. “A agência atua como uma força motriz no esforço para prevenir o uso da fome como arma de guerra e conflito”, acrescentou.

A organização, baseada em Roma, ajuda cerca de 97 milhões pessoas em cerca de 88 países a cada ano. Segundo ela, uma em cada nove pessoas no mundo ainda não têm o suficiente para comer.

“A necessidade de solidariedade internacional e cooperação multilateral é mais clara do que nunca”, disse Berit Reiss-Andersen, presidente do Comitê do Nobel.

O Programa Alimentar Mundial foi criado em 1962 a pedido do então presidente americano Dwight Eisenhower, como um experimento para fornecer ajuda alimentar por meio do sistema da ONU. No ano seguinte a sua criação, desenvolveu seu primeiro projeto de merenda escolar, e, em 1965, se tornou um programa das Nações Unidas de pleno direito.

Atualmente, dois terços dos trabalhos da agência são realizados em países afetados por conflitos, onde as populações têm três vezes mais chances de estarem subnutridas do que em qualquer outra região do mundo. Há poucos lugares do mundo onde a agência nunca atuou. Sua maior resposta de emergência, no entanto, tem sido no Iêmen, onde tenta alimentar 13 milhões de pessoas por mês.

O programa é financiado inteiramente por doações voluntárias, a maioria vinda de governos. Em 2019, a agência arrecadou 8 bilhões de dólares, usados para fornecer mais de 4,2 milhões de toneladas métrica de alimentos e 2,1 bilhões de dólares em benefícios em espécie e vouchers. Ela possui mais de 17 mil funcionários, do quais 90% estão em países onde a agência oferece assistência.

O porta-voz da agência, Tomson Phiri, afirmou que este é “um momento de orgulho”. “Uma das belezas das atividades do programa é que não apenas fornecemos alimentos para hoje e amanhã, mas munindo as pessoas com conhecimento, os meios para se sustentar no próximo dia e os nos dias seguintes”, acrescentou.

O Nobel vale 10 milhões de coroas suecas, ou seja, cerca de 1,1 milhão de dólares. O programa normalmente receberia o prêmio do rei Carl Gustaf 16º numa cerimônia formal em Estocolmo no dia 10 de dezembro, aniversário da morte do cientista Alfred Nobel. Mas a cerimônia presencial foi cancelada neste ano devido à pandemia do coronavírus, e será substituída por uma cerimônia televisionada, com os laureados recebendo os prêmios em seus países de origem.

Seguindo a tradição, o prêmio de paz é o quinto anunciado todos os anos, após o de medicina, o de física, o de química e o de literatura. Neste ano, o Nobel de Medicina premiou o trio de cientistas Harvey Alter, Charles Rice e Michael Houghton pela descoberta do vírus da hepatite C, enquanto o Nobel de Física foi para os pesquisadores Roger Penrose, Reinhard Genzel e Andrea Ghez por estudos sobre a formação de buracos negros.

Já Emmanuelle Charpentier e Jennifer Doudna foram laureadas com o Nobel de Química pela descoberta de um método para a edição do genoma conhecido como CRISPR-Cas9 ou “tesoura genética”. O Nobel de Literatura ficou com poeta americana Louise Glück. Ainda falta o anúncio do laureado no campo de economia, que ocorre na próxima semana.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Análogo de Buraco negro de laboratório se comporta como Stephen Hawking previu

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia Technion-Israel tentaram confirmar duas das previsões mais importantes de Hawking, que a radiação hawking surge do nada e que não muda de intensidade ao longo do tempo, o que significa …

SP concentra 40% dos feminicídios com 200 mortes, diz estudo do Observatório de Segurança

A Rede de Observatórios da Segurança publicou seu relatório de dados sobre a violência contra a mulher do ano de 2020. O boletim, que traz números de cinco estados (SP, RJ, PE, CE e BA), mostrou …

Em pior momento da pandemia, Bolsonaro critica 'mimimi' e diz que brasileiro tem que enfrentar vírus

Um dia após o registro de novo recorde diário de mortes pela covid-19 no país, o presidente Jair Bolsonaro deu uma série de declarações dando a entender que o choro pelas vítimas é "frescura" e …

89% dos norte-americanos veem a China como inimiga ou concorrente

A maioria dos norte-americanos não vê a China como parceira e expressa preocupações crescentes sobre o histórico de direitos humanos e as práticas econômicas de Pequim, revelou uma nova pesquisa do Pew Research Center nesta …

Governadores pedem a Bolsonaro maior esforço por vacinas

Em meio ao pior momento da epidemia de covid-19 no Brasil, os governadores de 14 estados brasileiros enviaram nesta quinta-feira (04/03) uma carta ao presidente Jair Bolsonaro pedindo um maior esforço para a compra de …

Nova Zelândia lança alerta de tsunami e ordena retirada de habitantes da costa nordeste

Um alerta de tsunami foi emitido após um forte terremoto de magnitude 7,8 nas remotas ilhas Kermadec, na Nova Zelândia, no oceano Pacífico. As autoridades determinaram a retirada de todos os habitantes do litoral …

União Europeia começa exame contínuo da vacina russa Sputnik V

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) deu início ao exame contínuo do dossiê de registo da vacina Sputnik V para verificar sua conformidade com as normas europeias de eficácia, segurança e …

Afrouxar uso de máscaras é "pensamento neandertal", diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou nesta quarta-feira (03/03) a decisão dos estados do Texas e do Mississippi de suspender a obrigatoriedade do uso máscaras para conter a propagação do coronavírus. O democrata …

Argentina só vai habilitar motoristas que fizerem curso sobre igualdade de gênero

A partir de março e 2021 quem quiser tirar carteira de habilitação na Argentina terá de estudar mais do que somente as leis de trânsito, o funcionamento do automóvel e a própria condução de um …

ONGs denunciam grupo Casino na Justiça francesa por desmatamento na Amazônia

Organizações de defesa do meio ambiente e dos povos indígenas denunciaram nessa quarta-feira (3) o grupo Casino na Justiça francesa. A empresa é acusada de responsabilidade no desmatamento da Amazônia através da venda de …