Novos fones de ouvido do Google podem traduzir idiomas em tempo real

(dv) Google

O Google anunciou recentemente o Pixel Buds, seu novo fone de ouvido sem fio capaz de traduzir línguas em tempo real. Os novos fones de ouvido da Google são especificamente projetados para ser a primeira e melhor opção para pessoas que compram telefones da companhia, ou seja, com sistema Android, assim como os AirPods são projetados para iPhones.

O Pixel Buds empresta muitas ideias dos AirPods, aliás: eles têm uma maneira nova e mais fácil de emparelhar com seu telefone, vêm em uma pequena caixa de bateria, usam controles de toque e têm uma integração boa com um assistente “inteligente”.

Eles também têm preços exatamente iguais: US$ 159, com lançamento em novembro nos Estados Unidos. Preços e datas para o mercado brasileiro ainda não foram anunciados.

O que torna o Pixel Buds tão especial é que ele está um passo mais perto do Santo Graal dos dispositivos de ficção científica: o tradutor universal em tempo real. O Google demonstrou a nova tecnologia usando uma conversa, realizada ao vivo, entre uma pessoa que fala sueco e uma pessoa que fala inglês. Este recurso é oferecido em 40 idiomas.

Funciona assim: você segura o dedo no fone de ouvido e diz “me ajude a falar inglês”, e fala uma frase. Quando você tira o dedo, o aplicativo processa sua fala e exibe a tradução. Então, a pessoa com quem você está conversando segura um botão no seu próprio telefone e diz sua resposta, que você escuta traduzida no seu ouvido.

A demonstração no palco pareceu sair muito bem: a tradução de inglês para sueco ajudou o par a conversar, desde a introdução “Olá, tudo bem?” até “Que cor de fone eu deveria comprar?”, com a resposta “Acho que azul combina com você”.

Ainda não é Star Trek, mas certamente melhor do que tentar falar sueco usando um dicionário em tempo real, por exemplo.

Outras características

Pixel Buds são “fones de pescoço”, com um cabo de tecido que liga os lados esquerdo e direito, e não verdadeiros fones de ouvido sem fio. Não possuem funções como a autodetecção quando estão no seu ouvido, como os AirPods.

O cabo que os conecta é mais curto e mais flexível do que outros cabos de pescoço, e o fato de que é feito de tecido o torna um pouco mais confortável. Esse cabo também é chave para a maneira relativamente única em que os Pixel Buds são usados. Eles não são intra-auriculares, e não se encaixam no seu canal auditivo.

Em vez disso, se aninham na orelha externa e permanecem ancorados no lugar pelo cordão. O som é bastante claro e melhor do que fones de ouvido tradicionais intra-auriculares, no entanto.

Como outros fones de ouvido, ele pode ser usado para fazer e receber chamadas. Sua bateria dura até cinco horas em uma carga. Os Pixel Buds vêm em um pequeno estojo com pontos de contato para recarregá-los até quatro vezes.

Eles serão vendidos em três cores – branco, cinza e preto. O Pixel Buds pode ser controlado com alguns gestos diferentes no botão do fone direito: é possível realizar funções como tocar (play), pausar, aumentar ou diminuir o volume. Se você ouvir um sinal de notificação, pode tocar duas vezes para que ele leia em voz alta.

Não há botão para mudar de música, nem existe uma maneira de personalizar os controles. O Google disse que tais funções podem aparecer em atualizações futuras.

Por fim, vale ressaltar que há ênfase no Android, de forma que os botões de Pixel Buds podem até funcionar com um iPhone ou outros smartphones, mas só podem ser atualizados quando emparelhados com um celular Android.

Ciberia // HypeScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pesquisadores portugueses revelam que os neandertais foram pioneiros na exploração de recursos marinhos

Um novo estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Lisboa (Portugal) descobriu que a familiaridade dos hominídeos com o mar e os seus recursos é muito mais antiga do que se pensava – ao que …

Filipinas: presidente Duterte diz que polícia deve matar quem perturbar confinamento

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse que as forças de ordem podem abater qualquer pessoa que provoque “transtornos” nas regiões onde o confinamento da população foi decretado. As autoridades do país tentaram minimizar as declarações …

Evangélicos fazem coro com Bolsonaro e negam riscos do coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro gosta de copiar o seu ídolo americano, Donald Trump – da suposta inofensividade do coronavírus até os poderes de cura de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina, passando pela teoria da conspiração …

'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália

Os dois países se envolveram em uma disputa diplomática depois que parte das máscaras com destino a outros países vindas da China foram retidas em cidades francesas. As autoridades francesas apreenderam milhões de máscaras que uma …

Sobrevivente da 2ª Guerra e Gripe Espanhola se cura do coronavírus ao 104 anos

Depois da Segunda Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola, a nova inimiga do soldado aposentado William ‘Bill’ Lapschies, nascido em Salem em 1916, foi a Covid-19 – e ele venceu a batalha! Aos 104 …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

UE teme que política autoritária adotada na Hungria por causa do coronavírus tenha efeito dominó no bloco

Em nome da luta contra o novo coronavírus, a Hungria estabeleceu estado de emergência e concedeu poderes ilimitados ao governo de Viktor Orbán. A Europa condena o uso político da pandemia da Covid-19 e …

Grécia põe campo de refugiados em quarentena após infeção

Autoridades confirmam ao menos 20 infecções, todas sem sintomas. Exames foram feitos após uma mulher que deu à luz ter testado positivo para o novo coronavírus no hospital. A Grécia colocou em quarentena o campo de …

Bactérias em rochas a 6 km de profundidade no Pacífico reacendem esperanças de vida em Marte

Bactérias unicelulares recém-descobertas nas profundezas marinhas deram aos investigadores pistas sobre como podem encontrar vida em Marte. A novidade científica foi anunciada hoje (2) no portal SciTechDaily em um artigo da Universidade de Tóquio, Japão. Estas …

JK Rowling lança portal do Harry Potter e salva quarentena mundial

A saga de ‘Harry Potter’ acabou faz muito tempo e conquistou milhões de fãs ao redor de todo o mundo. E nesse momento de quarentena, quem poderia esquecer do bruxinho mais famoso da cultura pop? Quem …