O.J. Simpson explica como matou a ex-mulher, mas hipoteticamente

12 anos depois, a FOX revela a confissão “hipotética” de O.J. Simpson. A fita cassete com a entrevista esteve “perdida” e foi encontrada recentemente.

Nos anos 90, o atleta e ator O.J. Simpson foi julgado pelo duplo homicídio da ex-mulher, Nicole Brow, e de Ronald Goldman, amigo dela. O julgamento acabou com a sua absolvição em 1995. Agora, 20 anos depois, o canal FOX exibe uma entrevista, datada de 2006, na qual O.J. confessa ter sido “hipoteticamente” responsável pelas duas mortes.

“O.J. Simpson: The Lost Confession” foi ao ar no domingo (11). No programa, o antigo jogador da NFL conta o que teria acontecido no dia 12 de junho de 1994, colocando-se no papel de homicida, ressalvando porém que se trata de um cenário hipotético.

Em 2006, OJ Simpson se preparava para publicar um livro, “If I Did It“, e a entrevista à FOX serviria para divulgá-lo. No entanto, a publicação acabou cancelada.

Segundo o Público, Simpson pormenoriza elementos da cena do crime, como “sangue e outras cenas”. Conta ainda que estava acompanhado por um amigo chamado Charlie, que o teria encorajado a ir à casa da ex-mulher. Além disso, refere-se a Ronald Goldman como “um cara” que não reconheceu.

“Quando as coisas ficaram mais tensas, me lembro que Nicole caiu e se machucou e este cara começou a fazer uma posição qualquer de karatê. Perguntei: acha mesmo que consegue me bater? Depois, peguei aa faca – lembro que a tirei do Charlie – e depois, para ser honesto, não lembro o que aconteceu, exceto que estava ali em pé, rodeado de todo o tipo de imagens à minha volta”, disse.

O.J. Simpson confessa nunca ter visto “tanto sangue na vida”. Contudo, passados alguns segundos riu, lembrando que “falava hipoteticamente”. “Odeio dizer isso, mas tudo isso é hipotético. Mas não acredito que duas pessoas pudessem ter sido assassinadas da maneira que foram sem terem ficado cobertas em sangue”, justifica.

Judith Regan, a jornalista que conduziu a entrevista, questionou o antigo jogador sobre uma luva encontrada no local do crime, que teria sido uma peça crucial durante o julgamento. “Não tenho lembranças de ter cometido o crime, mas obviamente devo ter tirado a luva depois do acontecido, uma vez que eles a encontraram lá”, comenta, mais uma vez, “hipoteticamente”.

Depois da transmissão da entrevista, a hashtag #DidOJConfess virazilou no Twitter.

De acordo com o Público, Christopher Darden, um dos procuradores que fez parte do julgamento de 1995, considera que o personagem “Charlie” é uma espécie de alter ego de O.J Simpson. “Isso não é hipotético. Eu acredito que ele confessou o crime”, afirmou.

A FOX afirma que a fita cassete com a entrevista estava “perdida” e que só agora foi encontrada. No entanto, na época, a rede televisiva recuou com a decisão de exibir a entrevista, em reposta às críticas que o anúncio gerou.

O.J. Simpson foi absolvido no caso de duplo homicídio, mas cumpriu mais tarde uma pena de prisão em outro caso, em que foi condenado a 33 anos por assalto à mão armada, sequestro e formação de quadrilha. Acabou sendo libertado no ano passado, após nove anos atrás das grades.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Nova descoberta pode nos ajudar a colonizar Marte (e a encontrar extraterrestres)

Cientistas conseguiram descobrir uma bactéria que seria capaz de sobreviver em Marte, e potencialmente também em outros planetas. A descoberta abre a porta à colonização de Marte e até pode facilitar a busca por sinais …

Há uma estranha relação entre o racismo e a negação das mudanças climáticas

Os motivos que estão por trás da negação das mudanças climáticas parecem ser ainda mais complexos do que pensávamos. Um estudo concluiu que há uma ligação entre atitudes racistas e o ceticismo no que toca …

Fóssil com 500 milhões de anos intriga os cientistas

Foi descoberto na China um fóssil de uma estranha criatura marinha com 500 milhões de anos, e os cientistas não sabem onde encaixá-la na “árvore da vida”. Uma equipe de cientistas descobriu um fóssil de uma …

Inteligência Artificial do Google já consegue prever quando os pacientes vão morrer

O Google tem expandido seus serviços médicos e treinado algoritmos para prever quanto tempo de vida resta a um paciente, informação que pode ajudar a salvar vidas. A rede neural do Google pode ser considerada única …

Desempenho positivo na Copa do Mundo diminui polarização política e até violência

Basta acompanhar uma Copa do Mundo para rapidamente perceber que a coisa vai muito além de uma simples competição de futebol: para além das tramoias e das negociatas que infelizmente contaminam esse evento, trata-se de …

Maduro anuncia aumento de 103% no salário mínimo da Venezuela, que agora chega R$ 250

Nicolás Maduro vai aumentar o salário mínimo em 103,7% na Venezuela, naquele que é o quarto aumento salarial este ano. No entanto, os preços dos produtos aumentam diariamente cerca de 2,4%. O presidente da Venezuela, Nicolás …

Trump impede (temporariamente) a separação de famílias imigrantes

O presidente dos EUA assinou, nesta quarta-feira (20), uma Ordem Executiva que permite resolver temporariamente o problema das famílias imigrantes no país, que foram separadas dos filhos na fronteira com o México. No entanto, ressalvou …

Portaria determina emissão de carteira de trabalho para imigrantes no Brasil

Em meio à crise migratória que atinge diversos países e a crescente entrada de venezuelanos no Brasil com o estado de Roraima, o Ministério do Trabalho publicou portaria que trata dos procedimentos para a emissão …

Temer vai cortar R$ 1 bilhão do Fies para financiar segurança pública

O governo do presidente Michel Temer deve passar parte do investimento em educação à manutenção do Fundo Nacional da Segurança Pública (FNSP). A medida provisória que destina recursos das loterias federais para o fundo representa …

49 crianças brasileiras foram separadas dos pais e enviadas a abrigos nos EUA

Quarenta e nove crianças brasileiras estão em abrigos e foram separadas dos pais ao ingressarem ilegalmente nos Estados Unidos. A informação é do cônsul-geral adjunto do Brasil em Houston, Felipe Santarosa, que concedeu entrevista à …