O.J. Simpson explica como matou a ex-mulher, mas hipoteticamente

12 anos depois, a FOX revela a confissão “hipotética” de O.J. Simpson. A fita cassete com a entrevista esteve “perdida” e foi encontrada recentemente.

Nos anos 90, o atleta e ator O.J. Simpson foi julgado pelo duplo homicídio da ex-mulher, Nicole Brow, e de Ronald Goldman, amigo dela. O julgamento acabou com a sua absolvição em 1995. Agora, 20 anos depois, o canal FOX exibe uma entrevista, datada de 2006, na qual O.J. confessa ter sido “hipoteticamente” responsável pelas duas mortes.

“O.J. Simpson: The Lost Confession” foi ao ar no domingo (11). No programa, o antigo jogador da NFL conta o que teria acontecido no dia 12 de junho de 1994, colocando-se no papel de homicida, ressalvando porém que se trata de um cenário hipotético.

Em 2006, OJ Simpson se preparava para publicar um livro, “If I Did It“, e a entrevista à FOX serviria para divulgá-lo. No entanto, a publicação acabou cancelada.

Segundo o Público, Simpson pormenoriza elementos da cena do crime, como “sangue e outras cenas”. Conta ainda que estava acompanhado por um amigo chamado Charlie, que o teria encorajado a ir à casa da ex-mulher. Além disso, refere-se a Ronald Goldman como “um cara” que não reconheceu.

“Quando as coisas ficaram mais tensas, me lembro que Nicole caiu e se machucou e este cara começou a fazer uma posição qualquer de karatê. Perguntei: acha mesmo que consegue me bater? Depois, peguei aa faca – lembro que a tirei do Charlie – e depois, para ser honesto, não lembro o que aconteceu, exceto que estava ali em pé, rodeado de todo o tipo de imagens à minha volta”, disse.

O.J. Simpson confessa nunca ter visto “tanto sangue na vida”. Contudo, passados alguns segundos riu, lembrando que “falava hipoteticamente”. “Odeio dizer isso, mas tudo isso é hipotético. Mas não acredito que duas pessoas pudessem ter sido assassinadas da maneira que foram sem terem ficado cobertas em sangue”, justifica.

Judith Regan, a jornalista que conduziu a entrevista, questionou o antigo jogador sobre uma luva encontrada no local do crime, que teria sido uma peça crucial durante o julgamento. “Não tenho lembranças de ter cometido o crime, mas obviamente devo ter tirado a luva depois do acontecido, uma vez que eles a encontraram lá”, comenta, mais uma vez, “hipoteticamente”.

Depois da transmissão da entrevista, a hashtag #DidOJConfess virazilou no Twitter.

De acordo com o Público, Christopher Darden, um dos procuradores que fez parte do julgamento de 1995, considera que o personagem “Charlie” é uma espécie de alter ego de O.J Simpson. “Isso não é hipotético. Eu acredito que ele confessou o crime”, afirmou.

A FOX afirma que a fita cassete com a entrevista estava “perdida” e que só agora foi encontrada. No entanto, na época, a rede televisiva recuou com a decisão de exibir a entrevista, em reposta às críticas que o anúncio gerou.

O.J. Simpson foi absolvido no caso de duplo homicídio, mas cumpriu mais tarde uma pena de prisão em outro caso, em que foi condenado a 33 anos por assalto à mão armada, sequestro e formação de quadrilha. Acabou sendo libertado no ano passado, após nove anos atrás das grades.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Proibição de doações empresariais não blindam política de interesses privados, afirma cientista político

Apesar da proibição do financiamento empresarial de campanhas, que vigora no país desde 2015 por força de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a classe empresarial continua engajada em diferentes candidaturas. Se, por um lado, …

Brasileiros são finalistas em Campeonato Mundial de Cubo Mágico

Criado nos anos 80, o cubo mágico é um dos brinquedos mais simples e fascinantes que existem. Quem nunca passou horas, dias, semanas ou até meses tentando acertar as cores de todas as faces ou …

Filhote de lobo da Idade do Gelo é encontrado preservado em mina de ouro

Enquanto procuravam por ouro nos solos gelados do território de Yukon, no Canadá, um grupo de mineiros descobriu um tesouro ainda mais raro: os corpos extremamente preservados de um filhote de lobo e de um …

Menino se despede do pai, e a foto já vale milhões (e muito mais em solidariedade)

A foto publicada no Twitter foi compartilhada milhares de vezes, gerando uma onda de solidariedade que já angariou mais de 7 milhões de rúpias. A maior parte do dinheiro servirá para ajudar a pagar as …

Programadores detectam falha de software que poderia ter destruído a Bitcoin

Programadores da Bitcoin descobriram uma vulnerabilidade de software que poderia permitir a inserção de um bloqueio na rede. O bloqueio seria capaz de derrubar todo o sistema mundial da moeda virtual. Frequentemente considerado como a grande …

Trump aconselha a Espanha a construir um muro no deserto do Saara

Donald Trump sugeriu ao governo espanhol uma medida para controlar os fluxos migratórios do Mediterrâneo. O presidente dos Estados Unidos quer que a Espanha construa um muro no deserto do Saara, na África. Depois de …

Altar maia revela disputa pelo poder ao estilo de “Game of Thrones”

Uma equipe internacional de arqueólogos encontrou um altar de calcário esculpido no sítio arqueológico de La Corona, localizado no norte da Guatemala, há 1500 anos. A peça, chamada Altar 5, foi descoberta no ano passado, mas …

Depois do gato, o termômetro de Schrodinger

Parecida com a teoria do gato de Schrodinger, em que o gato dentro da caixa pode estar ao mesmo tempo vivo e morto, um novo princípio de incerteza sustenta que os objetos quânticos podem ter …

Padre acusado de agressão sexual se suicida em sua igreja na França

Jean-Baptiste Sèbe, um padre de 38 anos acusado por uma mulher de "comportamento indecente" e agressão sexual contra sua filha, se suicidou na terça-feira (18) em sua igreja na Normandia, informou nesta quarta-feira (19) a …

Gato ganha na Justiça o direito de passear em shopping do Rio

Rubinho era uma figura presente no centro comercial Cidade Copacabana, no Rio de Janeiro, até ter sido proibido de circular na área comum do estabelecimento. Agora, o tribunal deu provimento a uma medida cautelar, permitindo …