Oposição pressiona e impede leitura de relatório da reforma trabalhista no Senado

Waldemir Barreto / Agência Senado

O senador Paulo Paim, presidente da CPI da Previdência

O senador Paulo Paim, presidente da CPI da Previdência

O senador Paulo Paim (PT-RS) comemorou, nesta quinta-feira (8), mais uma vitória da oposição ao adiar a leitura do relatório da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado. A intenção do governo era ler o relatório, mas a oposição impediu a manobra da base aliada que pretendia apressar a tramitação da matéria.

O motivo foi o fato de a presidente da CAS, a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), ter pautado o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 38/2017 sem respeitar o prazo regimental de 48 horas e em um dia que a comissão nunca se reúne.

Como a reunião da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) foi encerrada na terça-feira (6) depois das 19h, a reunião da CAS para apresentação do novo relatório favorável teria de ser depois desse horário, em respeito ao Regimento Interno do Senado.

Logo na abertura da sessão da CAS, a oposição reagiu à tentativa do governo de que ler o texto da reforma trabalhista, o que levou a nova discussão entre os senadores. Ao comentar o desentendimento com a senadora Marta Suplicy, Paulo Paim se emocionou.

“Porque isso que estão votando aqui envolve a vida de milhões de trabalhadores. Eu sempre estive dentro das fábricas, e estou aqui porque o destino quis. Como eu disse, aqui tem que prevalecer o bom senso, ninguém é melhor do que ninguém, mas alguns defendem com alma, com coração e às vezes com a própria vida”, disse chorando.

Nesta quarta-feira (7), da tribuna do plenário, Paim já havia demostrado indignação e chamou de “molecagem” a atitude dos governistas.

Por fim, após muitas discussões, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), foi obrigado a recuar e fazer um acordo com os oposicionistas, que garantiram não só o respeito aos prazos regimentais como a ampliação do prazo para análise do projeto.

Pelo acerto, o relatório e os votos em separados da oposição serão lidos na próxima terça-feira na CAS. A previsão é que a votação do relatório aconteça em 20 de junho. O texto ainda precisa passar pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) antes de seguir para votação no plenário do Senado.

O governo quer votar a matéria no plenário no dia 28 de junho, às vésperas da greve geral marcada para o dia 30. A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), no entanto, afirmou que o calendário acertado vale até a votação na CCJ. No plenário, não há acordo.

Não existe acordo sobre regime de urgência para votação em plenário no mesmo dia”, destacou. Nesta terça (6), a reforma foi aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), por 14 votos a 11.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Com 14 prêmios no Oscar do turismo, Portugal tenta se reinventar na pandemia de COVID-19

Portugal conquistou 14 prêmios no World Travel Awards 2020, considerado o Oscar do turismo mundial, na noite de sexta-feira (27). Lisboa, Madeira e Algarve foram os destaques como melhores destinos do mundo na premiação, feita …

Um traumatizado veterano SEAL da Marinha dos EUA disse que uma viagem "mágica" de cogumelo pôs fim à sua depressão

Antes de sua primeira viagem guiada de cogumelos “mágicos”, Chad Kuske era prisioneiro de sua própria raiva no trânsito. Se um carro parasse na frente dele, ele ficava consumido pela raiva, ultrapassando todos os veículos em …

Esta espécie rara de uva é maior que um ovo de galinha

Não, as fotos de uvas gigantes (do tamanho de ovos de galinha) não são falsas. Se você passa um tempo considerável na internet, deve ter visto imagens dessas frutas atípicas por aqui. Para a surpresa …

Reino Unido anuncia novas restrições após fim do lockdown para tentar conter segunda onda de covid-19

O Reino Unido sai na próxima semana de um novo lockdown, mas, diante do aumento de casos de covid-19 no país, não entra em um período de flexibilização das medidas de distanciamento social. Nesta quinta-feira (26/11), …

Neandertais podem ter usado as mãos de maneira diferente à dos humanos modernos

Os neandertais podem ter feito um uso diferente das mãos em comparação à forma como os humanos modernos as usam, para eles seria difícil repetir muitos gestos normais para nós hoje em dia. Os dedos do …

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …