O Santo Sudário é mesmo falso

Greg Sass / Flickr

O Santo Sudário em exposição no Museu de Turim

Um estudo recente, que utilizou técnicas forenses modernas, sugere que as manchas de sangue do Santo Sudário são completamente surreais, apoiando o argumento de que é falso.

O estudo, publicado recentemente no Journal of Forensic Sciences, foi realizado por cientistas da Universidade John Moores de Liverpool, no Reino Unido, e da Universidade de Pavia, na Itália. A equipe de peritos forenses analisou as manchas de sangue presentes no tecido que se encontra na Catedral de Turim, desde o século XIV.

A investigação não teve por base a análise do próprio sangue, mas sim as diferentes possibilidades dos locais onde as manchas surgiriam, caso o sudário estivesse cobrindo um homem crucificado, explica a revista portuguesa Visão.

“Há muitas contradições indicando que o Santo Sudário não é autêntico, mas uma representação artística ou didática“, explicam os investigadores. Isto porque a equipe descobriu que as manchas de sangue só poderiam ter sido deixadas naqueles exatos locais por alguém que conseguisse se mexer e não pelo corpo imóvel de Jesus.

Os cientistas afirmam mesmo que apenas algumas das manchas coincidem com a posição em que um corpo crucificado se encontra. A maioria não encaixa de forma nenhuma.

Para chegarem à conclusão, os especialistas utilizaram o corpo de um homem vivo e simularam sua crucificação. Através dessa simulação e do uso de sangue verdadeiro e sintético, uma metodologia utilizada para cenários de crime, os investigadores perceberam que poucas marcas poderiam ser de um homem crucificado.

“Simulamos a crucificação com cruzes de formas diferentes, de vários tipos de madeira com diversas posições do corpo: braços na horizontal, vertical, sobre a cabeça”, sustentam.

O estudo revela que as duas manchas encontradas no local do manto onde estaria a mão esquerda só podiam pertencer a alguém que se encontrasse de pé, com os braços fazendo um ângulo de 45 graus, por exemplo. Esse fato suporta a teoria do Santo Sudário.

No entanto, o mesmo não acontece com as manchas relativas ao antebraço, dado que os braços deveriam ter uma posição completamente diferente, quase verticais, acima da cabeça, explicam. Acresce ainda o fato de na região lombar as manchas serem “totalmente surreais”.

Para a equipe de cientistas forenses, o Santo Sudário não passa de um “produto artístico”, uma conclusão que vai de encontro com análises anteriores que defendiam que o manto tinha sido produzido durante a Idade Média. As manchas “parecem ter sido criadas de forma artificial, com um dedo ou um pincel“, concluem os investigadores.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Aumento do Judiciário compromete orçamento de 13 Estados

Metade dos 26 estados ligou o alerta orçamentário: o aumento que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) concederam a si mesmos – ainda depende de aprovação no Senado – pode inviabilizar a folha de …

Universidade de São Paulo abre inscrições para curso gratuito sobre Harry Potter

O universo de Harry Potter continua conquistando gerações. Desde o lançamento do primeiro romance em 1997 (A Pedra Filosofal), foram mais de 450 milhões de cópias vendidas, traduções para 73 idiomas e o surgimento de …

Polícia catalã abate homem que invadiu delegacia aos gritos de “Alá é grande”

O homem de 29 anos, de origem argelina, foi abatido, na manhã desta segunda-feira (20), depois de ter tentado invadir uma delegacia catalã armado com uma faca aos gritos de “Allahu Akbar”. Segundo o El País, …

Juiz solta empresário filmado agredindo a esposa; imagens fortes

O juiz Fabiano Ribeiro abriu mão da fiança e permitiu que o empresário Giorgio Alan Bortolin dos Santos, preso em flagrante após ser filmado por uma câmera de segurança agredindo a própria mulher, responda ao …

“Bola de fogo” 40 vezes mais brilhante que a Lua cheia atravessa os EUA

Uma bola de fogo cruzou o céu do estado norte-americano do Alabama durante a noite de sexta-feira (17). A NASA divulgou um vídeo, no qual mostra o objeto sobrevoando a cidade, com um feixe de …

Com curso gratuito, USP quer meninas cientistas

Meninas que sonham ser cientistas contam agora com o incentivo de um grupo de pesquisadoras e cientistas de São Paulo. É o projeto “Meninas com Ciência-2ª edição SP: de mulheres cientistas para meninas que sonham”, …

Ministra neozelandesa pedala até hospital para dar à luz

Titular do Ministério para Mulheres que estava grávida de 42 semanas brincou que escolheu bicicleta porque não havia "espaço suficiente no carro”. A ministra para Mulheres da Nova Zelândia deu à luz ao seu primeiro bebê …

Japão terá robôs "inteligentes" nas salas de aula para ensinar inglês

O Governo de Japão planeja introduzir nas salas de aula robôs com inteligência artificial (IA) capazes de falar inglês durante as aulas desta matéria, para ajudar as crianças a melhorar sua destreza oral, uma das …

Empresário britânico doa R$ 5 milhões para campanha contra o Brexit

O empresário britânico Julian Dunkerton, cofundador da marca de roupas Superdry, anunciou neste domingo (19) que apoia financeiramente a organização People's Vote, que milita pela realização de um novo referendo sobre o Brexit. A doação do …

Cientistas afirmam ter evidências de um universo anterior ao nosso

Cientistas afirmam que as evidências de universos passados ​​podem existir mesmo no céu noturno - sendo restos de buracos negros de outro universo. De acordo com a New Scientist, a ideia é baseada na Cosmologia Cíclica …