Cientistas afirmam que os heterossexuais não existem

Afinal, a sexualidade humana não é tão simples e linear como pensávamos. Cientistas defendem que a sexualidade é uma realidade fluída, após observarem que voluntários respondiam positivamente tanto a estímulos hetero como homossexuais.

Um estudo recente, publicado no Journal of Personality and Social Psychology, apresenta uma nova perspectiva sobre a sexualidade humana. A pesquisa se concentrou na expressão ocular de participantes mulheres e homens e na resposta psicológica ao observar material pornográfico.

Liderada por Ritch C. Savin-Williams, da Universidade Cornell nos Estados Unidos, a equipe de pesquisadores descobriu que os corpos dos participantes respondiam positivamente a sinais de sexo homossexual e heterossexual, independente de como se identificavam sexualmente.

Os cientistas mediram a reação dos participantes do estudo através da dilatação da pupila, uma ação corporal que o ser humano não controla conscientemente. 

“É basicamente um estudo que avalia a orientação sexual através da dilatação ocular de uma pessoa. Essencialmente, é a isso que o projeto quer chegar: outra forma de entender a sexualidade de alguém”, explicou Savin-Williams à revista Vice, citada pela Sábado.

Os cientistas quebraram assim a ideia de que a sexualidade tem que ser vista como algo rígido e estático. Em vez disso, assumiram que a sexualidade humana é fluída, complexa e alvo de constantes mudanças.

Uma das principais conclusões do estudo é o fato de os cientistas terem percebido que a sexualidade humana é muito mais do que ser heterossexual ou homossexual.

“Não estou certamente surpreeso”, confessou o diretor do projeto. “Estamos tentando compreender quem as pessoas são. Às vezes, as pessoas são de certa forma, mas sentem que devem se assumir de outra maneira perante os outros, e isso não é bom.”

De acordo com o cientista, isso acontece como uma consequência de uma influência social restritiva no indivíduo, ou seja, a norma que determina como os indivíduos são vistos e tratados.

“Nós mostramos a um homem heterossexual uma imagem de uma mulher se masturbando e eles responderam como seria de se esperar. Depois, também apresentamos a eles uma imagem de um homem fazendo a mesma ação e as pupilas se dilataram em alguns candidatos”, acrescentou Savin-Williams.

O pesquisador crê que as fronteiras estão se dissipando. “Penso que isso esteja acontecendo para ambos os sexos, o que é provavelmente uma coisa boa, uma vez que permite que as crianças cresçam com mais diversidade, mais opções e não sintam que tenham de tentar se enquadrar a qualquer custo”, sustentou.

Assim, os cientistas defendem a sexualidade humana como uma realidade fluída e complexa e não heteronormativa. Por isso, afirmam, deve-se rejeitar a ideia de rotulação da sociedade humana.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Conclusões erradas! Imagens de sexo, sejam lá de que tipo forem, podem ativar lembranças associadas ao sexo – inclusive imagens de sexo entre animais! Claro que a intensidade varia de pessoa para pessoa, dependendo do estado emocional e físico do momento, do interesse sexual, das experiências sexuais registradas na memória, etc.
    A definição da orientação sexual ocorre em algum momento da primeira infância, quando a criança já definiu a ideia de que há dois gêneros e seu cérebro associa a um deles o objetivo sexual. Esta é a orientação inicial, que em geral explode na adolescência. Nada impede, porém, que pessoas experimentem sexo com o outro gênero, gostem e o incluam no cardápio – ou até que mudem de time, quando se dão melhor no outro lado.

  2. Exatamente o que eu pensei. Odeio peixe, simplesmente não consigo comer, mas uma foto de uma pessoa se deliciando com um salmão ou uma tainha é capaz abrir meu apetite por associação. Conclusão vergonhosa desses cientistas.

      • Putz eu li isso e descobri que “pensava” que odiava cebola. Fui logo na geladeira e apesar da horrenda sensação, eu sabia que era só minha imaginação. Mordi como se faz a uma maçã e cheguei a conclusão que pensar que não gosta substitui sem perdas o autêntico não gostar.

  3. Quer dizer que se o cara assistir o estupro, e se alterar por aquele vergonhoso, mas que contem cenas de nudez (por ex, uma mulher fisicamente atraente), então ele é fluído para o estupro? Por favor, que tipo de faculdades esses cientistas estudam? Que tipo de resultados eles querem provar com isso?

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …