Polícia identifica terrorista de Londres como Khalid Masood, de 52 anos

O terrorista que ontem matou três pessoas e deixou 40 feridos em Londres, antes de ser abatido pela polícia, foi identificado como Khalid Masood, de 52 anos, informou nesta quinta-feira a Scotland Yard.

A Polícia Metropolitana de Londres afirmou que Masood, britânico nascido no condado de Kent, no sudeste da Inglaterra, já tinha sido condenado por agressões violentas e posse de armas, mas não por questões relacionadas com o terrorismo.

Masood não estava atualmente sob investigação policial e não existia informação de inteligência que apontasse que estava preparando um ataque terrorista.

Sua primeira condenação remonta a 1983, por “danos criminosos”, e o último antecedente que aparece nas fichas da polícia é de 2003, por posse de uma arma branca.

As forças de segurança acreditam que Masood era o motorista que se lançou ontem a bordo de um veículo 4×4 contra a multidão que caminhava pela ponte de Westminster e apunhalou depois um policial que protegia o parlamento britânico.

Masood vivia atualmente em West Midlands, o condado do centro da Inglaterra onde se encontra a cidade de Birmingham, segundo a Scotland Yard.

Durante a noite passada, a polícia revistou diversos domicílios em Londres, Birmingham e outros pontos do país, em uma investigação que envolve centenas de agentes e na qual foram detidas oito pessoas até o momento.

A empresa de aluguel de veículos Enterprise confirmou hoje que o veículo usado no atentado de ontem contra o parlamento de Westminster foi alugado em Solihull, ao sudeste de Birmingham.

As três vítimas mortais do ataque de ontem são o policial britânico Keith Palmer, a mulher de origem espanhola Aysha Frade e o turista americano Kurt Cochran.

Dos 29 feridos no atentado, 12 foram hospitalizadas e sete estão em estado crítico. Os feridos são 12 britânicos, três crianças francesas, dois romenos, quatro sul-coreanos, dois gregos, um alemão, um polonês, um irlandês, um chinês, um italiano e um americano.

Estado Islâmico assume autoria do atentado

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do atentado de ontem em Londres, por meio de um comunicado divulgado pela agência de notícias “Amaq”, ligada aos jihadistas.

O comunicado, divulgado através das redes sociais e cuja veracidade não pode ser comprovada, identificou o autor do ataque como um “soldado” do EI.

A agência, que cita “uma fonte de segurança”, afirmou que o agressor realizou a operação “em resposta” à chamada do grupo jihadista para cometer ataques contra os cidadãos dos países que fazem parte da “aliança” contra o terrorismo.

A nota da “Amaq”, que costuma divulgar comunicados do EI reivindicando a autoria de atentados, não forneceu mais detalhes sobre o agressor de Londres, entretanto identificado como o britânico Khalid Masood.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Preço para voar em nave da Boeing será 60% mais caro do que na da SpaceX

O inspetor-geral da NASA divulgou nesta quinta-feira (14) um relatório sobre o Programa Commercial Crew, com detalhes sobre os problemas técnicos enfrentados pelas empresas SpaceX e Boeing no desenvolvimento de suas espaçonaves - Crew Dragon …

A corrida para salvar 33 marinheiros e 1 cachorro da ilha onde missionário foi morto por nativos há 1 ano

"Homens selvagens, provavelmente mais de 50, com armas caseiras, estão fazendo dois ou três barcos. Temo que eles nos alcancem no pôr do Sol. A vida de todos os tripulantes está em risco." A corrida contra …

Gigante chinesa do comércio eletrônico vende U$ 1 bilhão em 1 minuto

Sessenta e oito segundos. Esse foi o tempo que consumidores chineses levaram para gastar seu primeiro bilhão de dólares em vendas pela internet numa tradicional liquidação do país. O resultado surpreendente de vendas foi alcançado …

“A Tumba”: depósito de lixo nuclear está começando a se romper e afundar nas Ilhas Marshall

Antes de lançar a primeira bomba atômica do mundo, os EUA fizeram vários testes de detonações em locais remotos. O problema é que toda a radiação está até hoje nesses lugares, sendo que um desses …

Brasil dá 'sinal positivo' e valoriza participação no BRICS, diz especialista

Contrariando estimativas de que o governo de Jair Bolsonaro reduziria a importância do BRICS na sua política externa, o Brasil demonstra empenho e compromisso com o bloco, segundo especialista ouvido pela Sputnik. Em entrevista à Sputnik, …

Elon Musk fala em "curar o autismo" com as inovações da Neuralink

Participando de um podcast voltado à discussão da inteligência artificial (IA), o CEO da Neuralink, Elon Musk, erroneamente afirmou que sua empresa será capaz de curar distúrbios neurológicos como a esquizofrenia e o Alzheimer, além …

Bomba-H da Coreia do Norte seria 17 vezes mais poderosa que a de Hiroshima

Dados de satélite japonês forneceram detalhes do teste de uma arma termonuclear, realizado em 2017, indicando que sua explosão teria sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou …

Aquecimento global afetará saúde das novas gerações, diz relatório

Um relatório publicado nesta quinta-feira na revista científica The Lancet, a poucas semanas da conferência internacional para o clima (COP25), alerta para os riscos sanitários relacionados ao aquecimento global e às emissões de gás carbônico. O …

Estudante abre fogo em escola na Califórnia

Ao menos duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas depois que um aluno abriu fogo nesta quinta-feira (14/11) numa escola secundária no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, causando pânico entre estudantes e funcionários. …

Governo italiano deve decretar estado de catástrofe natural em Veneza

Metade da cidade está debaixo d’água, atingida pela pior cheia em 53 anos. O nível subiu 187 cm na terça-feira (12), o segundo mais alto desde 1966. A situação levou o governo a decidir decretar …