Para ajudar colegas cegos, estudantes criam mapa acessível das regiões brasileiras na Bahia

(dv) Eduardo Souza e Laíse dos Sales / RPA

Pensando na dificuldade do aprendizado de estudantes com deficiência visual, Eduardo Souza e Laíse dos Sales, respectivamente do 1º e 2º ano do ensino médio do Colégio Estadual Luiz Viana Filho, de Irecê (BA), criaram um mapa acessível do Brasil.

Eles utilizaram materiais como retalhos de tecidos, papel camurça, cola 3D e folhas de E.V.A. O mapa possui texturas diferentes, feitas especialmente para os colegas cegos.

A ideia do projeto partiu de Eduardo, que possui um colega de sala que é cego, o Frailan. O estudante ficou curioso em saber como seria lecionar para alguém com essa deficiência. Além disso, o pai de Laise também é cego, o que a ajudou na inspiração para o projeto.

“Nosso objetivo é proporcionar uma ferramenta para que as pessoas com deficiência visual possam aprender os assuntos relacionados às regiões do Brasil”, explica Eduardo. Mas quem vê o ótimo resultado final, provavelmente não imagina como foi difícil o processo.

Primeiro, eles procuraram os professores e descobriram que não havia material específico para alunos cegos na própria escola. Após uma pesquisa, os estudantes descobriram globos terrestres que são capazes de transmitir o aprendizado. Infelizmente, esse material possui um alto custo para ser produzido.

A alternativa encontrada foi a construção um mapa tátil, com o apoio da professora Alda Freitas, professora de geografia e orientadora do projeto, intitulado de “Mapa tátil das regiões brasileiras: conhecendo o Brasil com as mãos”.

Para obter uma versão fiel dos mapas já existentes, os alunos pesquisaram e realizaram testes com integrantes da Associação de Deficientes Visuais de Irecê e Região (Adevir).

De acordo com João Cordeiro, o presidente da Adevir, a experiência de conhecer as regiões foi marcante para os membros da associação.

“Eles se surpreenderam com esse trabalho, mas principalmente as pessoas que nunca enxergaram. O mapa possibilita a noção exata de onde há terra e de onde está o mar e a Amazônia, por exemplo, que são áreas muito importantes, mas que os estudantes geralmente desconhecem pelo fato de as escolas não terem essa ferramenta para as pessoas cegas”, explica.

O projeto também causou impacto na própria professora, que relatou que ele possibilitou mudanças nas próprias práticas pedagógicas. “A ação dos alunos me causou uma inquietação e me provocou a conhecer melhor a educação inclusiva, sendo que todos os alunos têm a mesma necessidade e direito de aprender”, destaca Alda.

Apesar de muito bem-sucedido, os estudantes ainda enfrentam dificuldades para levá-lo adiante, pois não possuem recursos para produzir os próximos mapas.

Mesmo assim, o grupo pretende confeccionar novas unidades a serem distribuídas gratuitamente em outras escolas do município e associações de pessoas com deficiência visual. Eles também planejam realizar a inscrição na Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA), do próximo ano.

DEIXE UMA RESPOSTA:

A fórmula do plástico mais resistente do mundo continua perdida

Uma invenção revolucionária que poderia deixar o mundo mais seguro. Assim foi definido o starlite, material resistente ao fogo e altas temperaturas, cuja fórmula é desconhecida. O material foi criado pelo britânico Maurice Ward, um ex-cabelereiro …

Australiano vítima de atropelamento em Copacabana continua em estado gravíssimo

O quadro de saúde das pessoas atropeladas na Praia de Copacabana na última quinta-feira (18), pelo motorista Antônio de Almeida Anaquim, de 41 anos, não sofreu alterações de ontem para hoje (21), informou a Secretaria …

NASA informa sobre asteroide de tamanho de arranha-céus voando em direção à Terra

Um "asteroide potencialmente perigoso" se dirige para a Terra a uma velocidade de mais de 122.000 quilómetros por hora, informou a NASA. O asteroide 2002 AJ129 se aproximará da Terra no próximo dia 4 de fevereiro. …

Arqueólogos encontram o túmulo congelado dos “dothraki” da Eurásia

Arqueólogos russos e suíços encontraram no sul da Sibéria os restos de um monumento que pode ser um dos mais antigos e ricos túmulos dos citas, os “dothraki” da Eurásia antiga. O túmulo Tunnug-1 foi descoberto …

Empreendedoras abrem espaço para vender alimentos veganos a preços acessíveis

Facilitar o acesso a alimentos cultivados sem o uso de agrotóxicos ou livres de ingredientes de origem animal é o propósito de um novo espaço que será inaugurado em 2018, na região do bairro Butantã, …

As plantas da sua casa podem ser tóxicas para os animais de estimação

Donos de cães e gatos de estimação devem ter cuidado com as plantas decorativas ou ornamentais que têm dentro de casa ou no jardim. Muitas delas são tóxicas e podem causar graves danos aos bichos, …

Família de bebê atropelada em Copacabana quer indenização de motorista

A família da bebê Maria Louize, de 8 meses, que morreu depois de ser atropelada no calçadão da Praia de Copacabana, na quinta-feira (18), entrará com ação na Justiça pedindo que o motorista do carro …

Hotel turístico fica sob ataque de insurgentes na capital do Afeganistão

O hotel da rede Intercontinental em Cabul, no Afeganistão, sofreu um ataque por parte de insurgentes neste sábado (20), tendo ocorrido um intenso tiroteio no local. Quatro atiradores invadiram o luxuoso Hotel Intercontinental de Cabul neste …

Presidente da Huawei multa a si mesmo em R$ 510 mil por má gestão

Direção e administração da empresa têm que pagar multas no valor de R$ 1,5 milhão. Foi a própria direção da Huawei que impôs à empresa um conjunto de multas no valor de R$ 1,5 milhão (3 …

Polícia Federal confirma caso de fraude no Enem em Salvador

A Superintendência da Polícia Federal (PF) na Bahia cumpriu nesta sexta-feira (19), em Salvador, mandado de busca e apreensão na casa de um estudante para apurar denúncia de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio …