Projeto oferece cursos gratuitos e ajuda a realizar sonhos de pessoas com deficiência

As melhores ideias geralmente surgem das formas mais simples. Com o empresário Antonio Veiga não foi diferente. Era 1999 e ele mantinha uma rede de escolas de informática em São Bernardo do Campo quando decidiu oferecer uma bolsa de estudos para um estudante com deficiência física.

Ao perceber o impacto do gesto na vida do jovem, Antonio notou que poderia expandir a ideia. Logo nasceu o Projeto Adote um Cidadão. A iniciativa hoje é voltada ao ensino de pessoas que, por algum motivo, ficam atrás na disputa de vagas no mercado de trabalho.

Atualmente, o projeto engloba pessoas em situação de vulnerabilidade social, portadores de deficiência e idosos, visando sua inclusão digital e capacitação profissional. São oferecidos cursos nas áreas de turismo, administração, vendas, informática, entre outros. Desde sua fundação, a iniciativa já atendeu cerca de 4 mil pessoas.

As aulas do projeto são 100% práticas e cada aluno tem um computador à sua disposição. Para manter a estrutura, o próprio Antonio investe o equivalente a R$ 5 mil mensais – suficiente para pagar dois professores e a sede da escola.

Além disso, a iniciativa também se baseia em doações de pessoas físicas e de empresas, que podem patrocinar entre 25 e 100 bolsas nos cursos mensalmente.

Ciberia // Hypeness

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA:

1 milhão de planetas habitáveis poderiam orbitar um buraco negro

De acordo com o astrofísico Sean Raymond, do Observatório de Bordéus, na França, um buraco negro supermaciço poderia, teoricamente, ter até 1 milhão de planetas potencialmente capazes de suportar vida orbitando suas proximidades.  Raymond calculou a …

Misterioso código 3D com que os incas se comunicavam é revelado

O Império Inca (1400-1532 dC) é uma das poucas civilizações antigas que falava em múltiplas dimensões. Em vez de palavras ou pictogramas, os incas utilizavam dispositivos de corda com nós, o quipo, para comunicarem complexas …

Cientistas descobrem como a água flui do sangue em direção ao cérebro

https://vimeo.com/275035420 A água não chega ao cérebro da maneira que pensávamos. Até agora, acreditava-se que a osmose regulava a forma como a água penetra o cérebro, mas o transporte de água osmótica não é suficiente para …

Mistério do animal que parecia um lobo é desvendado

O mistério chegou ao fim. Os resultados de DNA revelaram que o animal abatido em maio não é um lobo híbrido nem um lobisomem. Um fazendeiro, no estado de Montana, nos Estados Unidos, disparou sobre um …

Vício em videogame agora é um transtorno mental

A Organização Mundial de Saúde reconheceu na segunda-feira (18) o vício em videogame como um transtorno de saúde mental. Os gamers dormem pouco, pulam refeições e faltam ao trabalho. Para os peritos de classificação de doenças …

Novo estudo explica o que matou Bobby Kennedy

Robert F. Kennedy, senador e procurador-geral dos EUA, foi mortalmente baleado há precisamente 50 anos. Desde então, teorias sobre sua morte têm se multiplicado, mas um novo estudo – baseado nos cuidados médicos que recebeu …

Portugal é pressionado por Marrocos, mas vence com gol de Cristiano Ronaldo

Se Portugal for longe na Copa do Mundo, o país deverá agradecer a Cristiano Ronaldo. Nesta quarta-feira (20), logo no início do jogo, aos 4 minutos, CR7 mostrou vontade de fazer história e marcou de …

Ministro do Esporte: assédio a mulher na Rússia envergonhou o Brasil

O ministro do Esporte, Leandro Cruz da Silva, condenou nesta quarta-feira (20) o comportamento do grupo de brasileiros registrados, em vídeo, assediando uma mulher durante as comemorações da Copa do Mundo, na Rússia. O repúdio do …

Notícias falsas podem colocar as eleições em risco

A produção e a divulgação de notícias falsas, as chamadas fake news, podem colocar em risco o processo democrático, a ponto de resultarem na anulação de algum pleito, caso tenham influenciado significativamente o resultado final. A …

Homens em vídeo polêmico com mulher russa podem responder por crime no país

Brasileiros que aparecem em vídeos machistas podem responder por crime ainda na Rússia, onde foram gravadas as imagens. A jurista russa Alyona Popova fez uma denúncia e escreveu uma petição contra os atos por violência …