Paris vai sediar Jogos de 2024, e Los Angeles os de 2028

Greg Martin / IOC

Paris e Los Angeles sediarão Olimpíadas de 2024 e 2028

Depois de alguns meses de especulações, o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta segunda-feira que chegou a um acordo com Los Angeles para que a cidade americana sedie os Jogos de 2028. Com isso, Paris torna-se a única candidata para receber as Olimpíadas de 2024.

“O COI comemora esta decisão do Comitê de Candidaturas Olímpica e Paralímpica de Los Angeles. E temos o prazer de divulgar o contrato de cidade-sede de 2028 de forma transparente e no momento correto”, declarou o presidente do comitê internacional, Thomas Bach, em comunicado.

Los Angeles apresentou uma excelente candidatura que abrange as prioridades de sustentabilidade da Agenda Olímpica 2020, maximizando o uso das instalações existentes e incentivando o envolvimento dos mais jovens no Movimento Olímpico”, acrescentou Bach.

À espera do trâmite formal da votação do Conselho Municipal e do Comitê Olímpico Americano (USOC), o pacto, que conta com o apoio do presidente Donald Trump, prevê que Los Angeles receberá US$ 1,8 bilhão do COI.

A ratificação da escolha das sedes dessas duas edições dos Jogos, entretanto, acontecerá apenas em 13 de setembro, na Sessão de Lima do comitê. Bach confia em um acordo que, em sua visão, beneficiará Paris, Los Angeles a própria entidade.

“Estamos muito confiantes que podemos chegar a um acordo tripartido sob a liderança do COI com Los Angeles e Paris em agosto, criando uma situação ganha-ganha-ganha para as três partes. O acordo vai ser levado à Sessão do COI em Lima, em setembro, para ratificação”, esclareceu o dirigente, que deu detalhes da proposta da segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos.

“As autoridades de Los Angeles apresentaram uma forte e entusiasmada candidatura que admite as prioridades de sustentabilidade contida na Agenda Olímpica 2020. Estamos muito felizes de poder expandir o impacto do programa de esporte juvenil e apoiar o estilo de vida saudável dos ‘angelinos’ para os próximos 11 anos”, destacou.

Eric Garcetti, prefeito da cidade americana, que até agora disputava com Paris o direito de sediar os Jogos em 2024, também comemorou o anúncio e lembrou que Los Angeles recebeu o evento em 1932 e 1984.

“É um dia histórico para a cidade, para os Estados Unidos e para os movimentos Olímpico e Paralímpico no mundo todo. Hoje demos um grande passo para devolver os Jogos à cidade pela primeira vez em uma geração e começar um novo capítulo na história olímpica de Los Angeles”, declarou.

Com a escolha de Los Angeles para sediar os Jogos Olímpico de 2028, a cidade de Paris torna-se a única candidata para receber as Olimpíadas de 2024.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Pessoas criativas têm 90% mais de probabilidade de ter esquizofrenia

Um grupo de cientistas da Universidade de Cambridge encontrou uma forte ligação entre formação em artes e o transtorno bipolar, depressão e esquizofrenia. Um estudo publicado no fim de abril no British Journal of Psychiatry aponta para uma forte ligação entre uma formação …

Psicólogo cria técnica para despertar a memória das testemunhas e vítimas de crimes

Um pesquisador da Universidade do Minho, no norte de Portugal, criou uma técnica para ajudar as testemunhas a recordarem com maior precisão o que aconteceu no local do crime. A eficácia da técnica já foi …

Familiares das vítimas do voo MH17 levam Rússia a tribunal

Nesta sexta-feira (25), cerca de 270 familiares de vítimas da queda do avião da Malaysia Airlines (MH17), anunciou que vai levar a Rússia perante o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, em Estrasburgo (França). Jerry Skinner, o advogado especialista …

Brasil precisa dobrar investimento por 25 anos para ter infraestrutura de transporte com "mínimo de qualidade"

O brasileiro paga caro por energia elétrica, por uma banda larga de baixa qualidade, tem acesso precário a saneamento e um sistema de transportes insuficiente para conectar um território de dimensões continentais. A deficiência de infraestrutura …

Trump muda de ideia e retoma o “romance” com Kim Jong-un

Donald Trump diz que, afinal, a cúpula com o líder da Coreia do Norte ainda pode acontecer. Depois de ter cancelado abruptamente o encontro com Kim Jong-un, que estava previsto para 12 de junho, o …

Abastecido por balsas, Amapá passa à margem da crise dos combustíveis

Com praticamente todo o abastecimento de combustíveis feito por balsas, o estado do Amapá é das poucas unidades da federação que, até o momento, não sentiu o impacto direto da paralisação nacional dos caminhoneiros. “Temos recebido …

Japão tem bolsas de estudo para brasileiros

Quer estudar no Japão? O país oriental está com seis tipos de bolsas de estudo abertas para brasileiros em universidades japonesas. A oferta é do governo nipônico através do Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência …

Votação histórica na Irlanda acaba com a proibição do aborto

A Irlanda está pronta para acabar com a proibição do aborto. Estudos de boca de urna dão vantagem de 68% para 32% aos que votaram pela despenalização.  Esta é uma votação histórica na católica Irlanda. O país …

Ministro da Fazenda: greve dos caminhoneiros pode ter impacto relevante no PIB

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou nesta sexta-feira (25) que, a persistir o desabastecimento causado pela greve dos caminhoneiros, pode haver impacto "relevante" no crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma …

Descoberto o método mais eficaz para abandonar o cigarro

O novo estudo tentou desafiar a teoria de que os cigarros eletrônicos são a melhor solução para quem pretende parar de fumar. Segundo o Washington Post, apesar de os cigarros eletrônicos serem fervorosamente defendidos, a verdade …