Peixe com presas encontrado vivendo em vulcões submarinos da Austrália

Se você ainda não estava convencido de que a vida pode prosperar em qualquer lugar, aqui vai mais uma evidência: uma pesquisa australiana descobriu uma nova espécie de peixe que vive em vulcões submarinos ao largo da costa do continente.

O navio explorador RV Investigator, da CSIRO, Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation, a agência de ciência nacional da Austrália, encontrou quatro vulcões extintos 200 quilômetros ao largo da costa de Sydney, escondidos sob quase cinco quilômetros de oceano.

Estima-se que as caldeiras tenham mais de 50 milhões de anos. O navio criou um mapa 3D dos vulcões:

Dentro deles, uma surpresa: vários tipos de criaturas, inclusive o pequeno peixe bizarro da imagem acima, chamado pelos pesquisadores de “blackfish” (“peixe preto”).

Larvas de viveiros

A equipe ainda está tentando identificar essa espécie de peixe com presas e sem escamas. Também não está claro se é um adulto ou uma larva.

No entanto, os cientistas reconheceram outros peixes vivendo nos vulcões, principalmente porque eram versões larvais de peixes e lagostas criadas na Austrália.

Quando as larvas destes animais são “varridas” para fora dos seus viveiros para o mar aberto, seus criadores assumem que eles se perdem para sempre. De acordo com a CSIRO, o que está acontecendo é que esses animais estão prosperando e crescendo em águas ácidas quentes, perto de vulcões submarinos.

De acordo com o cientista-chefe da exploração, o biólogo marinho Iain Suthers da Universidade de Nova Gales do Sul, a equipe ficou surpresa ao descobrir um redemoinho próximo a Sydney que se revelou um ponto de moradia para larvas de lagosta e outros bichos pequenos, numa altura do ano em que tais animais não eram esperados.

“Pensávamos que peixes só se desenvolviam em estuários costeiros, e que uma vez que as larvas eram varridas para o mar, esse era seu final. Mas, na verdade, esses vórtices são viveiros para a pesca comercial ao longo da costa leste da Austrália”, explica Suthers.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Esse, vulcão submarinos pode entrar em erupção agora na aústralia porque água desse mar é muito quente e acida é a onde esse peixe Preto, vivem.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …

Maduro diz estar disposto a negociar com oposição

Declaração é feita após líder oposicionista Juan Guaidó propor diálogo mediado por comunidade internacional. Noruega já estaria em contato com regime e oposição. O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta quarta-feira (12/05) que está disposto …

CPI da Covid ouve Pfizer para entender como Brasil foi para o 'fim da fila' das vacinas

O depoimento do comando da farmacêutica Pfizer na sessão desta quinta-feira (13/5) da CPI da Covid tem o objetivo de esclarecer as circunstâncias da recusa do governo Bolsonaro à compra de vacinas da empresa, ainda …