Descoberta nova espécie de peixe-lua gigante – e “ilusionista”

Marianne Nyegaard / Murdoch University

Pesquisadora marinha Marianne Nyegaard com nova espécie de peixe-lua gigante que é batizada de peixe-lua ilusionista

Com cerca de 3 metros de comprimento e quase duas toneladas de peso, é espantoso como esta nova espécie de peixe-lua gigante só foi descoberta agora.

O peixe-lua ilusionista, assim batizado por ter se “escondido” durante séculos, é nativo do Oceano Pacífico e foi descoberto pela bióloga marinha Marianne Nyegaard, da Universidade Murdoch, em Perth, na Austrália.

A pesquisadora começou a analisar amostras de DNA de peixes-lua para a sua tese, em 2013. Na época, havia apenas três espécies conhecidas, mas suas análises indiciaram que poderia haver uma quarta, explica a Universidade Murdoch em comunicado.

Marianne Nyegaard passou os quatro anos seguintes a viajar pelos mares em busca dessa nova espécie enigmática.

“Encontrar este peixe e armazenar espécimes para estudos é um pesadelo logístico devido à sua natureza elusiva e ao enorme tamanho, por isso a pesquisa do peixe-lua é difícil”, constata a pesquisadora citada pela Universidade, admitindo também que foi uma “aventura desafiante, mas fantástica“.

Batizada Mola tecta ou peixe-lua ilusionista, a nova espécie encontra-se nas águas da Nova Zelândia, ao longo da costa sudeste da Austrália e no mar da África do Sul e no sul do Chile, explica o artigo publicado no Zoological Journal of the Linnean Society.

A espécie é parecida com as Mola mola e Mola ramsayi, mas sem as protuberâncias, inchaços e saliências que surgem nas cabeça destas.

“Sua barbatana traseira está separada em uma parte superior e em outra inferior, com um pequeno pedaço de pele flexível que denominamos de ‘dobra traseira’, a ligar as partes”, explica Marianne Nyegaard num artigo no The Conversation, onde conta a sua “aventura” científica.

A pesquisadora divulga no artigo um vídeo feito em águas chilenas que mostra o peixe-lua ilusionista, mas que é indevidamente identificado como a espécie Mola mola.

“Esta nova espécie é a primeira adição ao gênero Mola em 130 anos“, acrescenta ainda Marianne Nyegaard.

A pesquisadora revela que o processo de confirmação de que se trata mesmo de uma nova espécie levou os pesquisadores a consultar publicações que reportam aos anos de 1950, “algumas das quais incluíam descrições de tritões e monstros marinhos fantásticos”.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA. "Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à …

Evo recua e diz que não pretende mais criar milícias

Em carta pública divulgada nesta quinta-feira (16/01), o ex-presidente da Bolívia Evo Morales, que está refugiado na Argentina há mais de um mês, recuou da ideia de promover a formação de milícias no país. "Há alguns …