Pentágono gastou milhões com programa secreto para investigação de óvnis

Center for American Progress Action Fund / Flickr

O ex-senador Harry Reid foi o principal dinamizador da criação do programa secreto de investigação à atividade de extraterrestre

O Pentágono admitiu que manteve um programa secreto para investigar informações sobre Objetos Voadores Não Identificados (óvnis), pelo menos durante cinco anos.

Entre 2007 e 2012, o Departamento de Defesa norte-americano manteve ativo um programa de investigação de avistamentos de objetos voadores não identificados (Óvnis).

O Advanced Aviation Threat Identification Program, ou Programa de Identificação de Ameaças Aéreas (AATIP, na sigla original), recebeu um orçamento anual de 22 milhões de dólares (cerca de R$ 72 milhões).

A notícia foi avançada no sábado pelo The New York Times e confirmada pelos responsáveis do Pentágono, em resposta à Reuters. O programa foi fundado pelo ex-senador Harry Reid, democrata eleito pelo estado do Nevada, que é um entusiasta do “fenômeno óvni”.

Segundo o JN, em uma entrevista recente, o ex-senador afirmou não se sentir “envergonhado ou arrependido”. “Acho que é uma das boas coisas que fiz durante meu tempo no congresso. Algo que ninguém tinha feito antes“, disse.

No sábado, no Twitter, Harry Reild confirmou a existência do projeto e afirmou que se trata de “ciência e segurança nacional”. “Se a América não toma a dianteira na resposta a estas questões, outros tomarão”, escreveu.

Durante os cinco anos em que esteve em funcionamento, o departamento responsável pelo programa agiu em segredo, analisando casos considerados suspeitos, baseados em relatos de militares.

Embora o programa tenha sido cancelado em 2012, segundo o NYT, as pessoas envolvidas no AATIP continuam trabalhando neste tipo de situação, acumulando outras funções dentro do Departamento de Defesa do Pentágono.

Grande parte do financiamento foi entregue à empresa de tecnologia espacial Bigelow Aerospace, que constrói módulos para estações espaciais, sendo de um amigo do ex-senador, Robert Bigelow, também conhecido por ser um defensor da teoria de que há extraterrestres na Terra.

Foram vídeos, captados por pilotos norte-americanos, que levaram o Pentágono a criar o programa. O Departamento da Defesa divulgou um vídeo com um dos casos que esteve sob investigação, o encontro de um F/A-18 Super Hornet da Marinha com algo não identificado, incidente ocorrido em 2004.

Harry Reid ainda defende seu projeto, embora tenha, aparentemente, terminado. Ao NYT, garantiu que ninguém sabe o que são estes objetos voadores. “Se alguém diz que tem resposta, está enganando a si mesmo”, afirmou.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …

Projeto de estrada cortando parque das cataratas de Iguaçu ameaça outras áreas de proteção pelo Brasil

Uma das paisagens naturais mais impressionantes do Brasil e reconhecida pela Unesco, o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as cataratas, no Paraná, pode ser cortado ao meio por uma rodovia asfaltada – em …

Por que a imunidade de rebanho está longe de ser realidade

Embora costume ser apresentada como simples cálculo matemático, alcançar a imunidade de rebanho não é tarefa fácil. Ela não só depende da infecciosidade das variantes, como da adoção de medidas sanitárias pela população. Apesar das campanhas …

Uso de maconha na adolescência pode atrapalhar o desenvolvimento do cérebro

O consumo de maconha pode ser prejudicial ao cérebro humano durante a adolescência, de acordo com estudo publicado na última quarta-feira (16). Segundo a pesquisa, realizada em regiões da Europa, o uso recreativo da planta pode …

EUA terão feriado para comemorar fim da escravidão

Data já celebrada na maioria dos estados vai se tornar feriado federal. O "Juneteenth" lembra dia em que os últimos escravos negros foram libertados no país, em 1865. Após aprovação pelo Congresso dos Estados Unidos na …

5 perguntas sobre os denisovanos, 'parentes' extintos dos humanos modernos que viveram na Terra há 50 mil anos

Desde que os primeiros vestígios dos denisovanos foram descobertos em 2008, os cientistas não descansaram tentando obter mais informações sobre eles. A tarefa, no entanto, não tem sido fácil, porque até agora só foram encontrados pequenos …