Pentágono gastou milhões com programa secreto para investigação de óvnis

Center for American Progress Action Fund / Flickr

O ex-senador Harry Reid foi o principal dinamizador da criação do programa secreto de investigação à atividade de extraterrestre

O Pentágono admitiu que manteve um programa secreto para investigar informações sobre Objetos Voadores Não Identificados (óvnis), pelo menos durante cinco anos.

Entre 2007 e 2012, o Departamento de Defesa norte-americano manteve ativo um programa de investigação de avistamentos de objetos voadores não identificados (Óvnis).

O Advanced Aviation Threat Identification Program, ou Programa de Identificação de Ameaças Aéreas (AATIP, na sigla original), recebeu um orçamento anual de 22 milhões de dólares (cerca de R$ 72 milhões).

A notícia foi avançada no sábado pelo The New York Times e confirmada pelos responsáveis do Pentágono, em resposta à Reuters. O programa foi fundado pelo ex-senador Harry Reid, democrata eleito pelo estado do Nevada, que é um entusiasta do “fenômeno óvni”.

Segundo o JN, em uma entrevista recente, o ex-senador afirmou não se sentir “envergonhado ou arrependido”. “Acho que é uma das boas coisas que fiz durante meu tempo no congresso. Algo que ninguém tinha feito antes“, disse.

No sábado, no Twitter, Harry Reild confirmou a existência do projeto e afirmou que se trata de “ciência e segurança nacional”. “Se a América não toma a dianteira na resposta a estas questões, outros tomarão”, escreveu.

Durante os cinco anos em que esteve em funcionamento, o departamento responsável pelo programa agiu em segredo, analisando casos considerados suspeitos, baseados em relatos de militares.

Embora o programa tenha sido cancelado em 2012, segundo o NYT, as pessoas envolvidas no AATIP continuam trabalhando neste tipo de situação, acumulando outras funções dentro do Departamento de Defesa do Pentágono.

Grande parte do financiamento foi entregue à empresa de tecnologia espacial Bigelow Aerospace, que constrói módulos para estações espaciais, sendo de um amigo do ex-senador, Robert Bigelow, também conhecido por ser um defensor da teoria de que há extraterrestres na Terra.

Foram vídeos, captados por pilotos norte-americanos, que levaram o Pentágono a criar o programa. O Departamento da Defesa divulgou um vídeo com um dos casos que esteve sob investigação, o encontro de um F/A-18 Super Hornet da Marinha com algo não identificado, incidente ocorrido em 2004.

Harry Reid ainda defende seu projeto, embora tenha, aparentemente, terminado. Ao NYT, garantiu que ninguém sabe o que são estes objetos voadores. “Se alguém diz que tem resposta, está enganando a si mesmo”, afirmou.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …

América Latina pode levar ‘muitos anos’ para superar impacto da pandemia, alerta FMI

Os efeitos negativos da pandemia de Covid-19 em termos de produtividade, emprego e capital humano na América Latina e Caribe podem "demorar muitos anos para serem revertidos". O alerta foi feito nesta quinta-feira (21) pelo …

Dinossauro “garça do inferno com cara de crocodilo” é descoberto

Dois dinossauros carnívoros de dentes pontiagudos com crânios de crocodilo apareceram uma vez nas margens do rio na Ilha de Wight, na Inglaterra, revelam novos fósseis. Os cientistas deram às criaturas nomes científicos que se traduzem …

As 9 acusações contra Bolsonaro no relatório da CPI - e a manobra governista para tentar blindá-lo

Após o relatório da CPI da Covid no Senado acusar o presidente Jair Bolsonaro de nove crimes durante a pandemia, um senador da bancada governista tentou uma manobra para "blindar" o chefe do Executivo e …