Perdoar faz bem para a consciência – e para a saúde

Quer melhorar sua saúde? Aprenda a perdoar. Sim, perdoar fazer bem para o coração. Quem não perdoa fica com uma “ferida aberta”, liberando o tempo todo hormônios do estresse que podem fazer mal para o coração, disse o cardiologista Artur Zular ao programa Bem-Estar da TV Globo.

É verdade que pedir perdão não é fácil. Perdoar também não. Mas quando perdoamos, o estresse associado ao ressentimento diminui a ponto de suas consequências serem notáveis fisicamente, no nosso próprio corpo.

Diversos estudos mostram redução da pressão arterial, da frequência cardíaca, da tensão muscular. Quem perdoa também experimenta maior relaxamento, mais bem-estar e sensação de controle.

O perdão aumenta oxitocina, hormônio do relacionamento. Melhora a imunidade e a sensação de bem-estar, aumenta a liberação de serotonina e dopamina, neurotransmissores que melhoram o humor.

Não perdoar pode deixar o sistema de alerta sempre ligado. A constante liberação de hormônios do estresse, como adrenalina e cortisol, no nosso corpo faz mal, atrapalha o sono, aumenta a pressão arterial, a frequência cardíaca e a glicemia.

Em outras palavras, perdoar, além de deixar você mais leve, faz economizar no gasto com remédios. Mas também é preciso se livrar da raiva, que pode matar aos poucos, como lembrou o psiquiatra Daniel Barros ao Bem-Estar.

De acordo com o psiquiatra, existem dois tipos de perdão, o racional e emocional. Estudos mostram que quando a gente perdoa racionalmente, diminui um pouco a carga negativa.

Mas é o perdão emocional – abrir mão das sensações negativas – que traz o benefício real para o corpo. Isso faz diminuir do estresse, cortisol, e com isso melhora a saúde do coração.

Para o cardiologista Artur Zular, a capacidade de perdoar é muito requintada e por isso precisa ser treinada, repetida como um mantra.

Ciberia // Só Notícia Boa

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Preço para voar em nave da Boeing será 60% mais caro do que na da SpaceX

O inspetor-geral da NASA divulgou nesta quinta-feira (14) um relatório sobre o Programa Commercial Crew, com detalhes sobre os problemas técnicos enfrentados pelas empresas SpaceX e Boeing no desenvolvimento de suas espaçonaves - Crew Dragon …

A corrida para salvar 33 marinheiros e 1 cachorro da ilha onde missionário foi morto por nativos há 1 ano

"Homens selvagens, provavelmente mais de 50, com armas caseiras, estão fazendo dois ou três barcos. Temo que eles nos alcancem no pôr do Sol. A vida de todos os tripulantes está em risco." A corrida contra …

Gigante chinesa do comércio eletrônico vende U$ 1 bilhão em 1 minuto

Sessenta e oito segundos. Esse foi o tempo que consumidores chineses levaram para gastar seu primeiro bilhão de dólares em vendas pela internet numa tradicional liquidação do país. O resultado surpreendente de vendas foi alcançado …

“A Tumba”: depósito de lixo nuclear está começando a se romper e afundar nas Ilhas Marshall

Antes de lançar a primeira bomba atômica do mundo, os EUA fizeram vários testes de detonações em locais remotos. O problema é que toda a radiação está até hoje nesses lugares, sendo que um desses …

Brasil dá 'sinal positivo' e valoriza participação no BRICS, diz especialista

Contrariando estimativas de que o governo de Jair Bolsonaro reduziria a importância do BRICS na sua política externa, o Brasil demonstra empenho e compromisso com o bloco, segundo especialista ouvido pela Sputnik. Em entrevista à Sputnik, …

Elon Musk fala em "curar o autismo" com as inovações da Neuralink

Participando de um podcast voltado à discussão da inteligência artificial (IA), o CEO da Neuralink, Elon Musk, erroneamente afirmou que sua empresa será capaz de curar distúrbios neurológicos como a esquizofrenia e o Alzheimer, além …

Bomba-H da Coreia do Norte seria 17 vezes mais poderosa que a de Hiroshima

Dados de satélite japonês forneceram detalhes do teste de uma arma termonuclear, realizado em 2017, indicando que sua explosão teria sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou …

Aquecimento global afetará saúde das novas gerações, diz relatório

Um relatório publicado nesta quinta-feira na revista científica The Lancet, a poucas semanas da conferência internacional para o clima (COP25), alerta para os riscos sanitários relacionados ao aquecimento global e às emissões de gás carbônico. O …

Estudante abre fogo em escola na Califórnia

Ao menos duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas depois que um aluno abriu fogo nesta quinta-feira (14/11) numa escola secundária no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, causando pânico entre estudantes e funcionários. …

Governo italiano deve decretar estado de catástrofe natural em Veneza

Metade da cidade está debaixo d’água, atingida pela pior cheia em 53 anos. O nível subiu 187 cm na terça-feira (12), o segundo mais alto desde 1966. A situação levou o governo a decidir decretar …