Planta gigante assustadora causa queimaduras de terceiro grau

Heracleum mantegazzianum

Se Hollywood quisesse fazer um filme sobre uma horrível invasão de plantas, a Heracleum mantegazzianum era uma ótima candidata ao papel principal. A planta, conhecida como “hogweed”, pode causar queimaduras de terceiro grau.

A gigante hogweed, listada como nociva em pelo menos oito estados norte-americanos, foi vista na Virgínia pela primeira vez na semana passada. De acordo com a Universidade Tecnológica da Virgínia, nos Estados Unidos, cerca de 30 destas plantas foram encontradas no condado de Clarke.

Os residentes locais ficaram muito assustados e foram alertados para se manterem atentos, devido à probabilidade de a hogweed voltar a fazer uma visita.

Nativa da região do Cáucaso, na Europa oriental e Ásia ocidental, a planta parece uma versão enorme da hogweed comum, que é benigna. No entanto, pelo contrário, a Heracleum mantegazzianum pode causar queimaduras graves na pele, mesmo se uma pessoa apenas encostar em seus galhos.

As cerdas presentes nos galhos da planta emitem uma seiva desagradável que irrita a pele, causando danos severos através da exposição à luz solar e aos raios ultravioleta. As pessoas que entram em contato com a hogweed ganham bolhas enormes na pele que podem deixar cicatrizes e sensibilidade à luz durante vários anos.

Essa planta é um autêntico monstro disfarçado. A aparência pode até não demonstrar que a hogweed é perigosa, mas a planta pode crescer mais de quatro metros, espalhando suas folhas gigantescas e produzindo aglomerados de flores brancas em forma de guarda-chuva.

Na Grã-Bretanha, a hogweed foi utilizada como planta “ornamental” de jardim, no século XIX. Apenas algumas décadas depois, a hogweed também foi introduzida na América do Norte, copiando assim o erro cometido pela Grã-Bretanha. Desde então, trava-se uma dura batalha para deter a invasão dessa planta terrível.

Evitar a disseminação da planta não é uma tarefa fácil. As sementes (e cada exemplar de hogweed pode ter milhares) permanecem viáveis no solo durante vários anos.

“Em alguns casos, uma infestação de hogweed gigante é melhor controlada se for feito um plano de ataque de dois, três ou mesmo quatro frentes”, explica o Departamento de Conservação Ambiental de Nova York.

Os métodos envolvem cortar as raízes da planta, remover as cabeças das sementes, destruí-las quando ainda são pequenas e usar herbicida. E é claro: nada disso é possível sem equipamentos de proteção.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas revelam nova razão que explica dependência do álcool

De acordo com um novo estudo, a dependência do álcool tem uma relação direta com as mudanças climáticas: quanto mais frio é o clima e menos incidência de sol, mais as pessoas tendem a consumir …

Cientistas encontraram pássaro que é três espécies em uma só

Cientistas encontraram um pássaro incomum na Pensilvânia, que guarda um incrível segredo genético: a toutinegra é o híbrido de três espécies diferentes de pássaros. Uma equipe de cientistas encontrou um pássaro incomum na Pensilvânia, cuja mãe …

Hitler abraçou uma menina judia; 85 anos depois, a foto foi a leilão

Uma foto de 1933 mostra o ditador nazista ao lado de uma menina de seis anos de idade cuja avó era judia. A imagem, com uma dedicatória assinada por Hitler, foi arrematada em leilão por …

No deserto mais seco do mundo, a chuva mata

No deserto mais seco e mais antigo da Terra, as coisas não funcionam da mesma maneira que em outros lugares. A água, por exemplo, não é uma bênção. No deserto do Atacama, no Chile, as …

CIA pensou em usar “soro da verdade” nos interrogatórios do 11 de setembro

O “Projeto Medicação” foi posto de lado em 2003, mas, até lá, os médicos da CIA estudaram a hipótese de substituir as violentas técnicas de interrogatório pelo uso de um “soro da verdade” que fizesse …

Distração de professora provoca ferimentos em 40 crianças na China

A distração de uma professora que se esqueceu de apagar uma luz ultravioleta em uma escola de Tianjin, perto de Pequim, causou ferimentos e queimaduras em mais de 40 crianças, informou nesta sexta-feira a imprensa …

Hábito diário pode ajudar a prever morte prematura

A velocidade com que caminhamos fornece muitas pistas sobre o nosso estado de saúde e pode mesmo ajudar a prever uma morte prematura.  Segundo um novo estudo, realizado o por cientistas da Universidade do Sul …

Assassino de John Lennon sente “mais vergonha” a cada dia que passa

Mark David Chapman, que assassinou John Lennon em 1980, disse a um conselho de condicional que se sente “mais e mais envergonhado” a cada ano que passa por ter assassinado o ex-Beatle. “Há 30 anos, eu …

Submarino argentino ARA San Juan é achado um ano após ter desaparecido com 44 tripulantes

A carcaça do submarino argentino Ara San Juan, desaparecido desde 15 de novembro de 2017 com 44 tripulantes a bordo, foi localizada no fundo do oceano Atlântico, a 800 metros de profundidade, a leste da …

Cientistas determinam qual foi o pior período na história da humanidade

Cientistas americanos chegaram à conclusão de que em 536 d.C., "um dos períodos mais terríveis" começou na história da humanidade. Segundo o historiador medieval Michael McCormick, arqueólogo da Universidade de Harvard, um "nevoeiro misterioso" caiu sobre a …