Polícia encontra 39 corpos dentro de caminhão em Essex na Inglaterra

Corpos de 39 pessoas foram encontrados na madrugada desta quarta-feira dentro de um caminhão em Essex, na Inglaterra.

A polícia foi acionada pelo serviço de ambulância pouco antes de 1h40 (horário local), logo após a descoberta dos corpos no Parque Industrial de Waterglade. A polícia de Essex está transferindo o caminhão para um local seguro, para que os corpos — que permanecem dentro do contêiner — possam ser recuperados.

As vítimas — 38 adultos e um adolescente — ainda não foram identificadas. Fazer isso “continua a ser nossa prioridade número um”, afirmou Pippa Mills, subchefe de polícia, em entrevista coletiva. Mas ela afirmou que isso será um “longo processo”.

O motorista do caminhão, Mo Robinson, de 25 anos, da Irlanda do Norte, foi preso por suspeita de assassinato.

“Prendemos o motorista do caminhão por conexão com o incidente, ele permanecerá sob custódia da polícia enquanto damos prosseguimento às investigações”, afirmou Andrew Mariner, superintendente-chefe da polícia de Essex.

Ainda de acordo com a polícia, o caminhão teria saído da Bulgária e entrado no Reino Unido por Holyhead, maior cidade do condado de Anglesey no País de Gales, no sábado. A polícia de Essex disse que a balsa que transportava o caminhão atracou na área de Thurrock logo após as 00:30 e saiu cerca de 35 minutos depois.

A subchefe de polícia fez um apelo para que qualquer pessoa que tenha informações sobre a rota do caminhão ou que tenha visto o veículo entre em contato com a polícia.

O Parque Industrial de Waterglade é enorme e abriga várias empresas multinacionais. Glen Freeland, que trabalha na GSF Car Parts, perto de onde os corpos foram encontrados, afirmou que os funcionários da companhia não puderam acessar as instalações da empresa na manhã desta quarta-feira.

“O gerente chegou no trabalho nesta manhã e o local estava isolado, fomos transferidos para uma área diferente”, contou Freeland.

A Agência Nacional de Crimes disse que enviou oficiais para ajudar e identificar quaisquer “grupos do crime organizado que possam ter participado”.

Richard Burnett, presidente da Associação de Transporte Rodoviário, entidade de classe que represneta o setor no Reino Unido, disse que o contêiner parecia ser uma unidade refrigerada, onde as temperaturas podiam chegar a -25 °C. Ele descreveu as condições em seu interior como “absolutamente horrendas”.

Um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Bulgária confirmou que o caminhão foi registrado no país, “em Varna (na costa leste) sob o nome de uma empresa de propriedade de um cidadão irlandês”.

“A polícia disse ser altamente improvável que [as vítimas] sejam búlgaras“, acrescentou.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou que estava “chocado com este trágico incidente”.

“Estou sendo atualizado regularmente, e o Ministério do Interior vai trabalhar em estreita colaboração com a Polícia de Essex, à medida que determinamos exatamente o que aconteceu. Meus pensamentos estão com todos aqueles que perderam a vida e seus entes queridos”.

A ministra do Interior, Priti Patel, disse estar “chocada e triste com esse incidente totalmente trágico”. “Colocar 39 pessoas trancadas em um contâiner demonstra um desprezo pela vida humana. A melhor coisa que podemos fazer em nome dessas vítimas é encontrar os responsáveis e levá-los à Justiça.”

O líder trabalhista Jeremy Corbyn disse ser uma “tragédia humana inacreditável”. “Deve ter sido obviamente uma situação desesperadora e perigosa sufocar até a morte em um contâiner.”

Jackie Doyle-Price, parlamentar de Thurrock, em Essex, considerou a “notícia nauseante”. “O tráfico de pessoas é um negócio vil e perigoso”, tuitou Doyle-Price, acrescentando que espera que a polícia de Essex possa “levar os assassinos à justiça”.

Desde que os campos de imigrantes de Calais, na França, foram fechados há três anos e as medidas de segurança foram ampliadas em Dover e no túnel do Canal Mancha, contrabandistas de pessoas se mudaram cada vez mais para outras rotas, diz o jornalista da BBC Mark Easton.

Questionada sobre quais portos estão sendo utilizados, a Agência Nacional de Crimes disse: “Todos eles”.

Métodos mais perigosos estão sendo usados para transportar carga humana. O mais comum é esconder-se na parte de trás de um caminhão, mas cada vez mais estão sendo usados contêineres comerciais, às vezes até mesmo refrigerados.

“Os riscos são substanciais para os migrantes, que podem pagar £10.000 (R$ 52,3 mil) ou mais por um espaço nesses veículos”, diz Easton.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Este é o único restaurante possível em tempos de coronavírus

Um restaurante sueco encontrou uma maneira criativa de promover o isolamento social sem fechar as portas. No meio do campo, o estabelecimento serve apenas um cliente por vez em uma experiência que contrasta com opções …

'É cada vez mais difícil acreditar que Bolsonaro chegue ao final do mandato', vê historiador José Murilo de Carvalho

A gravidade da crise causada pelo novo coronavírus no Brasil ficou mais evidente quando o país atravessou pela primeira vez, na terça-feira (19/05), a barreira de mil mortes por covid-19 registradas em 24h, segundo dados …

Estudo indica razão bizarra para a existência de barba nos homens

Humanos são bastante diferentes dos outros grandes primatas no que se refere ao pelo corporal: de forma geral temos bem menos que eles, especialmente as mulheres. Os homens, por outro lado, conseguem produzir uma barba longa, …

EUA querem fechar brecha em regra que bloqueia fornecimento de chips para Huawei

Reguladores dos EUA querem fechar uma brecha na nova regra que bloqueia o fornecimento global de chips para a Huawei. Recentemente, a fabricante chinesa também teve a sua presença prorrogada por mais um ano na …

Objetos escondidos por prisioneiros são descobertos em Auschwitz

Talheres e outros itens encontrados num duto de chaminé de um dos blocos daquele que foi o maior campo de extermínio nazista podem revelar detalhes sobre a vida no local, onde mais de um milhão …

Troca de ministros é exemplo de 'simplificação da política' de Bolsonaro

Constantes mudanças de ministro feitas por Jair Bolsonaro têm "impacto político importante", mas "simplificação da política" praticada pelo presidente o "mantém no cargo", disse sociólogo à Sputnik Brasil. Para Dario Sousa e Silva, professor da Universidade …

Pinguins fazem tour exclusivo em museu fechado por causa do coronavírus

Por todo o mundo a pandemia do novo coronavírus e a quarentena fecharam as portas dos museus, deixando as obras de arte solitárias nos corredores esvaziados das instituições, que já há meses não recebem visitantes. Enquanto …

Esse pode ser o único sintoma de Covid-19 em alguns pacientes

De acordo com publicação da Universidade de Utah, o coronavírus pode causar conjuntivite em casos raros e não parece ser o único sintoma de Covid-19, sendo acompanhada de febre, tosse e falta de ar. Mas …

Spotify reforça ambição de expandir para além do streaming de música

O Spotify teve uma alta em suas ações nessa terça-feira (19), depois de anunciar que terá, com exclusividade, um dos maiores podcasters do mundo na sua plataforma. "The Joe Rogan Experience", um podcast no estilo …

Israel é alvo de ciberataques generalizados

Vários websites de Israel foram atingidos nesta quinta-feira (21) por um ataque cibernético coordenado, com suas páginas principais sendo substituídas por imagens da capital, Tel Aviv, e de outras cidades israelenses em chamas. De acordo com …