Polícia encontra 39 corpos dentro de caminhão em Essex na Inglaterra

Corpos de 39 pessoas foram encontrados na madrugada desta quarta-feira dentro de um caminhão em Essex, na Inglaterra.

A polícia foi acionada pelo serviço de ambulância pouco antes de 1h40 (horário local), logo após a descoberta dos corpos no Parque Industrial de Waterglade. A polícia de Essex está transferindo o caminhão para um local seguro, para que os corpos — que permanecem dentro do contêiner — possam ser recuperados.

As vítimas — 38 adultos e um adolescente — ainda não foram identificadas. Fazer isso “continua a ser nossa prioridade número um”, afirmou Pippa Mills, subchefe de polícia, em entrevista coletiva. Mas ela afirmou que isso será um “longo processo”.

O motorista do caminhão, Mo Robinson, de 25 anos, da Irlanda do Norte, foi preso por suspeita de assassinato.

“Prendemos o motorista do caminhão por conexão com o incidente, ele permanecerá sob custódia da polícia enquanto damos prosseguimento às investigações”, afirmou Andrew Mariner, superintendente-chefe da polícia de Essex.

Ainda de acordo com a polícia, o caminhão teria saído da Bulgária e entrado no Reino Unido por Holyhead, maior cidade do condado de Anglesey no País de Gales, no sábado. A polícia de Essex disse que a balsa que transportava o caminhão atracou na área de Thurrock logo após as 00:30 e saiu cerca de 35 minutos depois.

A subchefe de polícia fez um apelo para que qualquer pessoa que tenha informações sobre a rota do caminhão ou que tenha visto o veículo entre em contato com a polícia.

O Parque Industrial de Waterglade é enorme e abriga várias empresas multinacionais. Glen Freeland, que trabalha na GSF Car Parts, perto de onde os corpos foram encontrados, afirmou que os funcionários da companhia não puderam acessar as instalações da empresa na manhã desta quarta-feira.

“O gerente chegou no trabalho nesta manhã e o local estava isolado, fomos transferidos para uma área diferente”, contou Freeland.

A Agência Nacional de Crimes disse que enviou oficiais para ajudar e identificar quaisquer “grupos do crime organizado que possam ter participado”.

Richard Burnett, presidente da Associação de Transporte Rodoviário, entidade de classe que represneta o setor no Reino Unido, disse que o contêiner parecia ser uma unidade refrigerada, onde as temperaturas podiam chegar a -25 °C. Ele descreveu as condições em seu interior como “absolutamente horrendas”.

Um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Bulgária confirmou que o caminhão foi registrado no país, “em Varna (na costa leste) sob o nome de uma empresa de propriedade de um cidadão irlandês”.

“A polícia disse ser altamente improvável que [as vítimas] sejam búlgaras“, acrescentou.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou que estava “chocado com este trágico incidente”.

“Estou sendo atualizado regularmente, e o Ministério do Interior vai trabalhar em estreita colaboração com a Polícia de Essex, à medida que determinamos exatamente o que aconteceu. Meus pensamentos estão com todos aqueles que perderam a vida e seus entes queridos”.

A ministra do Interior, Priti Patel, disse estar “chocada e triste com esse incidente totalmente trágico”. “Colocar 39 pessoas trancadas em um contâiner demonstra um desprezo pela vida humana. A melhor coisa que podemos fazer em nome dessas vítimas é encontrar os responsáveis e levá-los à Justiça.”

O líder trabalhista Jeremy Corbyn disse ser uma “tragédia humana inacreditável”. “Deve ter sido obviamente uma situação desesperadora e perigosa sufocar até a morte em um contâiner.”

Jackie Doyle-Price, parlamentar de Thurrock, em Essex, considerou a “notícia nauseante”. “O tráfico de pessoas é um negócio vil e perigoso”, tuitou Doyle-Price, acrescentando que espera que a polícia de Essex possa “levar os assassinos à justiça”.

Desde que os campos de imigrantes de Calais, na França, foram fechados há três anos e as medidas de segurança foram ampliadas em Dover e no túnel do Canal Mancha, contrabandistas de pessoas se mudaram cada vez mais para outras rotas, diz o jornalista da BBC Mark Easton.

Questionada sobre quais portos estão sendo utilizados, a Agência Nacional de Crimes disse: “Todos eles”.

Métodos mais perigosos estão sendo usados para transportar carga humana. O mais comum é esconder-se na parte de trás de um caminhão, mas cada vez mais estão sendo usados contêineres comerciais, às vezes até mesmo refrigerados.

“Os riscos são substanciais para os migrantes, que podem pagar £10.000 (R$ 52,3 mil) ou mais por um espaço nesses veículos”, diz Easton.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fumar aumenta o risco de depressão e esquizofrenia?

De acordo com um novo estudo da Universidade de Bristol (Reino Unido), fumar pode aumentar o seu risco de desenvolver depressão ou esquizofrenia. Os pesquisadores queriam estudar a relação conhecida entre tabagismo e doenças mentais. Muitas …

Prisões não vão abrir as portas após decisão do STF, dizem especialistas

Segundo especialistas ouvidos pela Sputnik Brasil, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o momento da execução da pena não vai fazer com que as "portas dos presídios sejam abertas para criminosos perigosos". Na quinta-feira …

EUA acusam China de exportar drones autônomos letais para o Oriente Médio

O exército hi-tech de autômatos letais, antes uma visão do futuro, já é uma realidade e está em pleno curso, inclusive com comércio dessa nova tecnologia em andamento. Isso é o que diz o secretário de …

Um simples exame de sangue já pode prever câncer de mama 5 anos antes de se manifestar

O câncer de mama é o segundo mais comum no mundo, e também o que mais mata mulheres. No entanto, o grande paradoxo é que, enquanto a doença é a responsável por uma das principais …

Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

Após convocar novas eleições, líder esquerdista cede à pressão das Forças Armadas e da polícia, entregando o cargo "para que meus irmãos não sejam ameaçados". Vice e outras autoridades também se demitem. O presidente da Bolívia, …

Pesquisadores descobrem a primeira nova cepa de HIV em quase duas décadas

Um estudo dos Laboratórios Abbott e da Universidade do Missouri (EUA) detectou a primeira nova cepa de HIV em 19 anos, desde que as diretrizes para classificação de subtipos foram estabelecidas em 2000. A cepa faz …

Google, Facebook e Microsoft propõem que Pentágono controle inteligência artificial

Microsoft, Google e Facebook estão pedindo para que Washington assuma controle sobre o desenvolvimento da inteligência artificial. Dois gigantes do Vale do Silício do GAFAM, Google e Facebook, juntos com a Microsoft, exortam, através de seu …

Georg Elser, o lobo solitário que quase matou Hitler

Em 8 de novembro de 1939, um carpinteiro alemão por pouco não mudou o rumo da história. Mas ditador nazista escapou do atentado preparado por ele em Munique. Passaram-se décadas até Elser ser reconhecido. Consta que …

Pela primeira vez, Brasil apoia embargo dos EUA a Cuba na ONU

Pelo 28º ano consecutivo, o embargo dos EUA imposto a Cuba há quase seis décadas foi condenado nesta quinta-feira (7) por uma esmagadora maioria na Assembleia Geral da ONU, onde a resolução cubana obteve 187 …

Inteligência artificial resolveria problema de Isaac Newton do século XVII

Um algoritmo astronômico descoberto por pesquisadores no Reino Unido resolveu um dos problemas que ninguém conseguiu solucionar desde Newton. A inteligência artificial (IA) poderia permitir que cientistas britânicos encontrassem uma solução em menos de um segundo …