População de animais em florestas caiu pela metade desde 1970

Desmatamento, caça ilegal, doenças, mudança climática. Para os animais silvestres que vivem nas florestas do mundo, as últimas décadas representaram uma hecatombe. Segundo um relatório divulgado pela ONG ambiental World Wide Fund for Nature, a população desses animais diminuiu pela metade desde 1970.

O estudo analisou 455 populações de 268 espécies de mamíferos, répteis, anfíbios e pássaros que vivem em florestas e concluiu que houve um declínio de 53% na quantidade de animais vertebrados entre 1970 e 2014. A WWF aponta que a situação é particularmente crítica na Amazônia e em outras florestas tropicais. O estudo também analisou populações de florestas temperadas, boreais e mediterrâneas.

Segundo a ONG, 60% dessas perdas estão relacionadas ao desmatamento e à degradação drástica do habitat das populações de animais. O texto ainda aponta que a caça, a introdução de espécies invasoras, a disseminação de doenças e a mudança climática também contribuíram para o quadro.

No caso do Brasil, a WWF menciona a derrubada de árvores por madeireiros como principal causa da diminuição da população de animais, mas queimadas também tiveram efeitos duradouros sobre várias espécies. A ONG lembra que 20% de toda a Amazônia já foi derrubada.

Em florestas tropicais como a Amazônia, em média, a perda de população das espécies estudadas superou o crescimento de todos os grupos somados. Já nas florestas temperadas, o crescimento da população de algumas espécies, especialmente pássaros, ajudou a reverter a tendência negativa na média de todas as populações.

Ainda de acordo com a WWF, a diminuição da população tem sido especialmente dura com anfíbios e répteis, enquanto as populações de pássaros registraram mais anos positivos de crescimento do que de declínio.

A análise também menciona exemplos de como a população de algumas espécies pode ser recuperada. Entre os casos mais otimistas mencionados pela WWF está o aumento das populações de gorilas na África Central e Oriental, graças a medidas de proteção, e de macacos na Costa Rica.

No caso da Costa Rica, a WWF chama de positiva a tendência de aumento na proteção e regeneração da floresta tropical. No entanto, a ONG adverte que enquanto as florestas têm capacidade para recuperar mais rapidamente a sua cobertura vegetal, as populações de vertebrados que habitam essas matas podem precisar de muitas décadas para se recuperar totalmente.

Por fim, a WWF lembra que as florestas são essenciais para que metas globais de conservação da biodiversidade sejam atingidas e para combater as mudanças climáticas e promover o desenvolvimento sustentável.

“As florestas são importantes depósitos de carbono, e as florestas tropicais são alguns dos habitats com maior biodiversidade do mundo, contendo mais da metade das espécies terrestres do mundo. As florestas também fornecem outros serviços ecossistêmicos vitais, incluindo alimentos, medicamentos, materiais, purificação de água, controle de erosão e reciclagem de nutrientes. E mais de um bilhão de pessoas dependem das florestas para sua subsistência”, conclui o estudo.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Primeiro-ministro renuncia e coloca fim a governo na Itália

Em discurso no Senado, Giuseppe Conte anuncia que vai deixar o cargo e acusa seu vice, Matteo Salvini, por crise na coalizão de governo. Presidente deve decidir sobre convocação de novas eleições. O primeiro-ministro italiano, Giuseppe …

Governo de Hong Kong espera "volta à calma" sem ceder a demandas de manifestantes

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, disse esperar que "uma volta à calma" esteja a caminho no território, depois que a grande manifestação do último domingo (18) acabou sem violência. Depois de …

Cientista americana diz ter certeza que a Terra será atingida por um asteroide

Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após a quase colisão da …

Justiça de El Salvador absolve acusada de homicídio por suspeita de aborto

Promotoria pedia pena de 40 anos de prisão para vítima de estupro que dizia não saber da gravidez até o momento do parto. País da América Central possui uma das legislações mais rigorosas do mundo …

EUA testam míssil após deixarem tratado nuclear

Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira (19/08) que realizaram um teste com um míssil de cruzeiro. Esse é o primeiro teste feito pelo país desde que deixou oficialmente o Tratado de Forças Nucleares de Alcance …

Astrônomos descobrem 39 galáxias antigas movendo-se tão rápido que nem mesmo o Hubble consegue vê-las

Astrônomos da Universidade de Tóquio (Japão) conseguiram detectar 39 galáxias muito antigas, do início do nosso universo, utilizando dados do espectro infravermelho de telescópios submilimétricos. A luz destas estrelas viajou nada menos que 11 bilhões de …

Trump confirma ter interesse em comprar Groenlândia

O presidente dos EUA, Donald Trump, confirmou em entrevista com jornalistas que tem interesse na compra da Groenlândia. O cientista político Vladimir Shapovalov comenta a declaração do líder norte-americano em entrevista ao serviço russo da …

Brexit sem acordo: tempos duros para britânicos, confirma relatório vazado

Segundo documento do governo vazado para imprensa, Reino Unido estará sujeito a meses de caos de transportes e carência de artigos básicos, caso se separe da UE sem um acordo de transição, como propõe o …

Pesquisadores criam adesivos corporais que verificam a saúde

A universidade de Stanford anunciou um novo experimento: adesivos corporais que leem informações a respeito da saúde da pessoa. Basicamente, os adesivos captam os sinais fisiológicos que emanam da pele, e então transmitem essas leituras de …

Bolsonaro se engana e critica Noruega com vídeo dinamarquês

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar a Noruega, que anunciou na semana passada a suspensão de repasses ao Fundo Amazônia. O mandatário, cujas políticas ambientais têm sido alvo de críticas internacionais, publicou um vídeo …