Cientistas descobrem “aranhas voadoras” no Peru e no Panamá

Esta pode não ser uma boa notícia para quem tem medo de aranhas, mas trata-se de uma grande descoberta para a ciência.

Pesquisadores identificaram uma espécie de aranha capaz de “voar”. Segundo estudo publicado no periódico científico The Royal Society Interface, as aranhas Selenop banksi podem planar e orientar sua trajetória.

Foi um achado inesperado, segundo os autores do estudo, porque não havia até então registros desse comportamento em aranhas.

“Não existem aranhas com asas. Aranhas não podem voar”, escreve o cientista-chefe da pesquisa, Steve Yanoviak, da Universidade de Louisville, nos Estados Unidos.

“Estas aranhas representam uma impressionante aventura evolucionária na conquista do ar pelos animais.”

Habilidade

Os cientistas acreditam que a espécie Selenop banksi adquiriu essa habilidade por habitar os troncos de árvores de florestas tropicais da América do Sul, locais mais seguros do que o solo da floresta, onde animais buscam se alimentar.

Dessa forma, ao cair de uma árvore, essas aranhas conseguem planar e controlar sua trajetória para chegar a outro tronco em vez de cair no chão.

Steve Yanoviak / The Royal Society

Selenop banksi, a aranha 'voadora', habita florestas tropicais da América do Sul

Selenop banksi, a aranha ‘voadora’, habita florestas tropicais da América do Sul

Yanoviak e sua equipe se dedicaram, na última década, à busca de insetos e artrópodes capazes de planar. Para isso, coletavam espécimes e os jogavam de uma grande altura.

Por meio deste método, Yanoviak já havia identificado espécies de formigas que planam e controlam sua trajetória rumo ao solo.

No entanto, nenhuma espécie de aranha havia demonstrado a mesma capacidade, até que os pesquisadores testaram as Selenop banksi.

Postura corporal

Essas aranhas têm um corpo achatado, com uma espessura equivalente à de uma moeda. Não é fácil encontrá-las, pois se camuflam quase perfeitamente nos troncos onde vivem.

Os 59 espécimes testados foram coletados nas florestas do Peru e do Panamá. Do total, 93% foram capazes de planar e controlar seu voo e 86% aparentemente estabeleceram uma trajetória direta até o local onde pousaram.

Steve Yanoviak / The Royal Society

As aranhas controlam sua trajetória de voo com ajuda das pernas dianteiras

As aranhas controlam sua trajetória de voo com ajuda das pernas dianteiras

Para isso, logo após serem jogadas de uma altura entre 20 e 25 metros, estas aranhas assumiram uma postura corporal característica, virando seu corpo para cima com grande agilidade e planando na direção apontada por suas cabeças.

Para controlar sua trajetória, essas aranhas usaram suas pernas dianteiras. Caso quisessem ir para a direita, mudavam o ângulo de sua perna dianteira esquerda, por exemplo.

Novas perguntas

Segundo Yanoviak, a descoberta desperta outras perguntas sobre as aranhas.

“Por exemplo, quão precisa é a visão delas? Como elas miram em uma árvore? Qual é o papel de seus pelos e coluna na performance aerodinâmica?”.

No entanto, antes mesmo que essas questões sejam respondidas, o cientista acredita que a habilidade dessas aranhas será de incrível valia para a ciência.

“A forma como elas mudam a posição do seu corpo em pleno ar e controlam sua trajetória apontam para novos mecanismos de movimentos corporais que podem ser relevantes para a robótica.”

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Caso de peste bubônica é confirmado na China

Enquanto o mundo vem buscando tratamentos para a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), antigas doenças e ameças podem ressurgir, como um sinal de alerta para a sociedade. É esse o caso relatado pelas autoridades da saúde …

Petição que substituir estátua de Cristóvão Colombo por uma do músico Prince

O histórico processo de revisão das estátuas, nomes de rua e outras homenagens a personagens ligados ao racismo ou outros massacres étnicos prevê a retirada de tais homenagens, mas não somente: figuras efetivamente merecedoras dos …

EUA podem proibir aplicativos chineses, incluindo TikTok, diz secretário de Estado

Mike Pompeo já acolheu uma medida semelhante da Índia, que emitiu uma ordem provisória bloqueando o TikTok e outros 58 aplicativos ligados à China em meio ao primeiro choque fronteiriço mortal em décadas. O secretário de …

Brasil tem mais de 65 mil mortes por covid-19

O Brasil superou a marca de 65 mil mortos por covid-19 nesta segunda-feira (06/07), segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde. Foram 620 óbitos registrados nas últimas …

Homem cria uma "cadeira de rodas" off-road para que sua esposa possa ir a lugares que ela nunca imaginou

Quem precisa de uma cadeira de rodas para se locomover sabe que não é nada fácil percorrer certos terrenos. Viagens a lugares nevados, trilhas tropicais, montanhas… Tudo isso parece impossível. Mas não deveria ser. Aliás, …

Samsung pode ser beneficiada por tensão entre China e Índia

Enquanto os exércitos da China e da Índia se estranham na fronteira entre os dois países, quem pode sair ganhando com a rivalidade é uma empresa sul-coreana. A Samsung deve ser a principal beneficiada com o …

Com epidemia de Covid-19 controlada, Cuba inicia retomada do turismo internacional

Enquanto o coronavírus segue se propagando pelo continente americano, Cuba garante que a epidemia está controlada no país e reabre algumas praias ao turismo internacional. No total, país registrou pouco mais de 2.300 contaminações …

Pesquisadores encontram novos dados sobre época de Genghis Khan

Grande parte da vida de Genghis Khan permanece ainda um mistério, mas um novo estudo de pesquisadores da Austrália e Mongólia fornece novos dados sobre sua época. Genghis Khan, que teria vivido entre 1162 e 1227, …

Índia vê casos explodirem e vira um dos epicentros da pandemia

Com quase 700 mil casos de covid-19, a Índia ultrapassou a Rússia e se tornou nesta segunda-feira (07/07) o terceiro país mais atingido pela pandemia de covid-19 em todo o mundo. O Ministério da Saúde indiano …

Filho interrompe ao vivo de repórter para pedir biscoitos

Em mais uma das patacoadas do home-office, a jornalista Deborah Haynes da Sky News acabou sendo interrompida por seu filho, que fez um pedido bastante singelo para a mãe: ele queria alguns biscoitos. O vídeo foi …