Princípio de incêndio é controlado em reator da usina de Chernobyl

Mond / Wikimedia

Monumento às vítimas do acidente de 1986 em Chernobyl, junto ao reator 4 da usina nuclear

Monumento às vítimas do acidente de 1986 em Chernobyl, junto ao reator 4 da usina nuclear

Funcionários do Ministério para Situações de Emergência da Ucrânia controlaram nesta terça-feira um princípio de incêndio no terceiro reator da usina de Chernobyl, que em 1986 sofreu a maior catástrofe nuclear da história.

“Às 15h57 (hora local; 9h57 de Brasília) recebemos a informação sobre uma coluna de fumaça no compartimento 509 do reator número 3 da central nuclear de Chernobyl”, informou a Inspeção Estatal de Regulamento Nuclear da Ucrânia em comunicado.

Segundo a nota oficial, “a fumaça foi sufocada três minutos depois,  e os níveis radioativos no reator número três e no complexo de Chernobyl não variaram”.

O terceiro reator da usina, que compartilhava com o quarto a sala de máquinas, entrou em operação em 1981, e em dezembro de 2000 foi fechado por ordem do governo.

Em 2010, as autoridades retiraram definitivamente o combustível nuclear armazenado neste reator, condição indispensável para a construção do novo sarcófago sobre o danificado quarto reator. Em novembro do ano passado, foi concluída a instalação do sarcófago, que garante a segurança do local durante os próximos cem anos.

(dr) themoskowtimes.com

O novo sarcófago gigantesco que vai cobrir definitivamente o reator 4 de Chernobyl é mais alto que a Estátua da Liberdade

O novo sarcófago gigantesco que vai cobrir definitivamente o reator 4 de Chernobyl é mais alto que a Estátua da Liberdade

O catastrófico desastre nuclear de Chernobyl aconteceu em 26 de abril de 1986, na central nuclear da então República Socialista Soviética Ucraniana. Uma explosão no reator 4 e o subsequente incêndio lançaram grandes quantidades de partículas radioativas na atmosfera, que se espalhou por boa parte da União Soviética e da Europa ocidental.

O desastre é o pior acidente nuclear da história em termos de custo e de mortes resultantes, além de ser um dos dois únicos classificados como um evento de nível 7, a classificação máxima na Escala Internacional de Acidentes Nucleares, compartilhando essa nota com o acidente nuclear de Fukushima I, no Japão, em 2011.

De acordo com estimativas oficiais, a explosão ocorrida de Chernobyl teria espalhado até 200 toneladas de material com uma radioatividade de 50 milhões de curies – uma quantidade de radiação equivalente a 500 vezes a liberada pela bomba atômica lançada em Hiroshima no final da Segunda Guerra Mundial.

Governo da União Soviética

O reator nuclear 4 de Chernobyl (ao centro) após o desastre. ao centro/direita, o reator 3

O reator nuclear 4 de Chernobyl (ao centro) após o desastre. ao centro/direita, o reator 3

A radiação continua a afetar a população da Bielorrússia, Ucrânia e Rússia, onde se encontram 70% dos quase 200 mil quilômetros quadrados de áreas contaminadas. E mais de 30 anos depois de Chernobyl, os javalis da Europa central continuam radioativos.

Daqui a 100 anos, os deliciosos javalis dos montes da região, prato típico local, não estarão propriamente brilhando no escuro; mas ainda terão cerca de 10% dos níveis de radioatividade que apresentam hoje.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …