Cientistas identificam proteína que pode ser a chave para a cura do alcoolismo

Uma equipe de cientistas identificou um tipo de proteína que poderia desempenhar um papel fundamental para combater o alcoolismo.

De acordo com o Science Daily, os pesquisadores da Universidade de Linköping, na Suécia, chegaram à conclusão depois de uma experiência em que ofereciam a um grupo de cobaias duas opções: um recipiente com álcool ou outro que tinha água com açúcar.

A maior parte dos animais escolheu a água adoçada, mas 15% optou pelo álcool, mesmo levando pequenas descargas elétricas como consequência da escolha.

“Temos que entender que uma característica fundamental desse tipo de vício é que as pessoas sabem que isso vai prejudicá-las, potencialmente até podem levar à morte e, no entanto, há algo de errado com o controle motivacional porque continuam fazendo o que faz mal”, explica Markus Heilig, professor do Departamento de Medicina Clínica e Experimental e diretor do Centro de Neurociências Sociais e Afetivas.

Posteriormente, os cientistas detectaram um gene nos animais que preferiam o recipiente com álcool, que se expressava em níveis muito mais baixos do que o habitual.

O gene em causa se baseia na proteína GAT-3, um prótido de transporte que faz com que os níveis da substância inibidora do sinal do ácido gama-aminobutírico (GABA) se mantenham baixos, produzindo assim uma mudança molecular no cérebro que afeta os comportamentos relacionados com o vício.

“Diminuir a expressão desse chamado ‘transportador’ teve um efeito significativo no comportamento dessas cobaias. Os animais que preferiram a água doce reverteram sua preferência e começaram também a escolher o álcool”, diz Eric Augier, cientista que coordenou a pesquisa.

Para entender se os resultados se refletiam em humanos, os pesquisadores contaram com a ajuda de uma equipe de cientistas da Universidade do Texas, em Austin, que analisaram os níveis de GAT-3 no tecido cerebral de pessoas já falecidas.

Nos indivíduos que tinham tido problemas com álcool, os níveis de GAT-3 também foram mais baixos quando comparado com os restantes.

“Esse é um daqueles momentos relativamente raros em que vemos uma mudança interessante nos nossos modelos animais e encontramos a mesma mudança nos cérebros dos humanos”, afirma Dayne Mayfield, pesquisador da Universidade do Texas e coautor do novo estudo publicado na revista Science.

“É uma indicação muito boa de que o nosso modelo animal está correto. E se o nosso modelo animal estiver correto, podemos usar a terapêutica e ter mais confiança nos resultados”, acrescenta.

Atualmente, os cientistas trabalham com uma empresa farmacêutica com o objetivo de desenvolver uma molécula de segunda geração que se destinará a fármacos para combater a doença.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Obama faz campanha para Biden e tenta ganhar votos republicanos com evento drive-in na Pensilvânia

Em seu primeiro evento presencial do ano, o ex-presidente Barack Obama vai participar de uma campanha drive-in na noite desta quarta-feira (21) na Pensilvânia. A expectativa é que Obama conquiste eleitores negros no sul …

Cientistas acabam de descobrir um órgão misterioso escondido no centro da cabeça humana

Cientistas fizeram uma descoberta anatômica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana que de alguma forma passaram despercebidas até agora. Essa “entidade misteriosa” foi identificada acidentalmente …

Estudo revela por que formigas são excepcionalmente fortes

Neste trabalho, os pesquisadores conseguiram obter imagens detalhadas do que ocorre no tórax de uma formiga, tirando raios-X e criando modelos 3D para analisar os músculos e o esqueleto interno. Pesquisadores de universidades do Japão e …

Hackers russos são acusados de planejarem ataques contra as Olímpiadas do Japão

Hackers russos estariam planejando uma nova onda de ataques contra a organização das Olímpiadas de 2020, que aconteceriam neste ano, no Japão, e foram transferidas para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus. Mais uma …

Pais de 545 crianças separadas na fronteira dos EUA não foram localizados

Famílias foram separadas como parte da política anti-imigração de Trump a partir de 2017. Muitos dos pais podem ter sido deportados sem os filhos. Os pais de 545 crianças migrantes que foram separadas deles nos Estados …

ONG Repórteres Sem Fronteiras denuncia deterioração da liberdade de imprensa no Brasil

Um novo relatório publicado nesta terça-feira (20) pela ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF) denuncia o aumento de ameaças a jornalistas e veículos de comunicação no Brasil em 2020. Para a organização civil, sediada em …

Empreendedor mineiro cria vassoura mágica que também é meio de transporte

A sensação de voar em uma vassoura mágica se tornou possível em Belo Horizonte, Minas Gerais, pelas mãos do empreendedor Alexandre Russo, de 28 anos. Fundador da empresa Nuvem Vassouras, o mineiro criou a “Real Flying …

Bebês ingerem 1,5 milhão de partículas de microplástico por dia, diz estudo

Um bebê de 12 meses ingere, em média, mais de 1,5 milhão de partículas de microplástico por dia que são liberadas da mamadeira, revelou um estudo divulgado nesta segunda-feira (19/10). O impacto destas micropartículas para …

Aumento na densidade do espaço fora do sistema solar é descoberto pela sonda espacial Voyager

Em novembro de 2018, após uma viagem épica de 41 anos, a Voyager 2 finalmente cruzou a fronteira que marcava o limite da influência do Sol e entrou no espaço interestelar. Mas a missão da …

Polícia Federal faz operação de busca e apreensão na 77ª fase da Lava Jato

São sete mandatos no Rio de Janeiro e em Niterói contra suspeita de propina na Petrobras envolvendo pouco mais de três bilhões de litros de combustíveis. Por determinação da 13ª Vara Federal em Curitiba (PR), a …