Rosetta registrou imagens do cometa 67P pouco antes do impacto

C. Carreau / ATG medialab / ESA

Depois de dois anos adormecidas, a nave Rosetta lançou a sonda Philae para pousar no cometa 67P

Depois de dois anos adormecida, a nave Rosetta acordou e se dirigiu ao encontro do cometa 67P, no qual lançou a sonda Philae.

A Agência Espacial Europeia (ESA) informou nesta quinta-feira que nas últimas horas de vida da sonda da nave europeia Rosetta, pouco antes de aterrissar no cometa ‘Chury’, foram capturadas imagens geologicamente “incríveis” do astro.

“Foram registradas várias fotografias da fossa contígua (do lugar do pouso), com incríveis detalhes das paredes estratificadas que podem ajudar a decifrar a história geológica do cometa”, explicou a ESA em comunicado.

A agência revelou que “a última imagem” foi tomada a 20 metros antes do ponto de impacto. O comunicado detalha como transcorreram as últimas horas desta sonda, cuja missão começou em 2004 e terminou no último dia 30 de setembro com sucesso, pois colheu dados para conhecer melhor a origem da Terra e do Sistema Solar.

O aparelho se desviou a 33 metros do local programado para o impacto – uma fossa na região Ma’at, situada na cabeça de ‘Chury’ – e após o pouso coletou pó, gás e plasma realizaram suas últimas captações.

A temperatura foi outro dos detalhes interessantes coletados perto do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, uma massa de gelo, pedra e pó de 10 bilhões de toneladas e 25 quilômetros cúbicos de volume.

“Os diferentes rastreamentos revelaram temperaturas entre 190 e 110 graus Celsius abaixo de zero poucos centímetros abaixo da superfície. É muito provável que esta variação se deva a sombras e à topografia local quando a Rosetta sobrevoava o cometa”, afirmou a ESA.

A última medição da emissão de vapor de água do cometa foi realizada no dia 27 de setembro. A ESA calculou que o cometa “estava emitindo o equivalente a duas colheres de água por segundo”, embora, em seu período mais ativo, em agosto de 2015, as estimativas chegaram ao equivalente “a duas banheiras de água por segundo”.

Perto da superfície, acrescentou a ESA, também foi detectado “um aumento” de grãos de pó “muito pequenos”, “possivelmente de um milionésimo de milímetro”.

No entanto, não foram encontradas provas óbvias de pequenas acumulações de gelo perto do ponto de aterrissagem, e foi constatada a emissão de dióxido de carbono do cometa, “inclusive a maiores distâncias do que quando o cometa se aproximava do Sol”.

“Durante as últimas medições do campo magnético interplanetário e do vento solar as condições eram estáveis, com valores de fundo ‘tranquilos’, que serão importantes para a calibragem” dos dados obtidos, concluiu a ESA.

Com um orçamento de 1 bilhão de euros, a missão da sonda Rosetta é considerada uma das mais importantes da história da indústria aeroespacial europeia e na exploração do Sistema Solar e foi reconhecida em 2014 pela revista “Science” como um dos dez descobrimentos do ano.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

'É cada vez mais difícil acreditar que Bolsonaro chegue ao final do mandato', vê historiador José Murilo de Carvalho

A gravidade da crise causada pelo novo coronavírus no Brasil ficou mais evidente quando o país atravessou pela primeira vez, na terça-feira (19/05), a barreira de mil mortes por covid-19 registradas em 24h, segundo dados …

Estudo indica razão bizarra para a existência de barba nos homens

Humanos são bastante diferentes dos outros grandes primatas no que se refere ao pelo corporal: de forma geral temos bem menos que eles, especialmente as mulheres. Os homens, por outro lado, conseguem produzir uma barba longa, …

EUA querem fechar brecha em regra que bloqueia fornecimento de chips para Huawei

Reguladores dos EUA querem fechar uma brecha na nova regra que bloqueia o fornecimento global de chips para a Huawei. Recentemente, a fabricante chinesa também teve a sua presença prorrogada por mais um ano na …

Objetos escondidos por prisioneiros são descobertos em Auschwitz

Talheres e outros itens encontrados num duto de chaminé de um dos blocos daquele que foi o maior campo de extermínio nazista podem revelar detalhes sobre a vida no local, onde mais de um milhão …

Troca de ministros é exemplo de 'simplificação da política' de Bolsonaro

Constantes mudanças de ministro feitas por Jair Bolsonaro têm "impacto político importante", mas "simplificação da política" praticada pelo presidente o "mantém no cargo", disse sociólogo à Sputnik Brasil. Para Dario Sousa e Silva, professor da Universidade …

Pinguins fazem tour exclusivo em museu fechado por causa do coronavírus

Por todo o mundo a pandemia do novo coronavírus e a quarentena fecharam as portas dos museus, deixando as obras de arte solitárias nos corredores esvaziados das instituições, que já há meses não recebem visitantes. Enquanto …

Esse pode ser o único sintoma de Covid-19 em alguns pacientes

De acordo com publicação da Universidade de Utah, o coronavírus pode causar conjuntivite em casos raros e não parece ser o único sintoma de Covid-19, sendo acompanhada de febre, tosse e falta de ar. Mas …

Spotify reforça ambição de expandir para além do streaming de música

O Spotify teve uma alta em suas ações nessa terça-feira (19), depois de anunciar que terá, com exclusividade, um dos maiores podcasters do mundo na sua plataforma. "The Joe Rogan Experience", um podcast no estilo …

Israel é alvo de ciberataques generalizados

Vários websites de Israel foram atingidos nesta quinta-feira (21) por um ataque cibernético coordenado, com suas páginas principais sendo substituídas por imagens da capital, Tel Aviv, e de outras cidades israelenses em chamas. De acordo com …

Para imprensa europeia, cloroquina se tornou "arma política" no Brasil

A imprensa europeia demonstra surpresa e preocupação com a decisão do governo brasileiro de ampliar o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina para o tratamento de doentes com sintomas leves do coronavírus no SUS. Sites de …